1. Spirit Fanfics >
  2. Izuku midoriya- o filho do rei demônio >
  3. O encontro dos dez mandamentos com izuku

História Izuku midoriya- o filho do rei demônio - Capítulo 19


Escrita por: leozinho3377

Notas do Autor


Mais um capítulo gente espero que gostem

Capítulo 19 - O encontro dos dez mandamentos com izuku


Izuku saia da parede aonde ele estava com uma expressão bastante seria para os dez demônios a sua frente

Izuku: eu quase nem vi vcs chegando - falava estalando os dedos - parece que finalmente meu pai decidiu mandar vcs me buscarem não é?

Galand: finalmente nos encontramos traidor 

Izuku: por que vcs insistem em me chamar de traidor do clã dos demônios - falava se limpando do impacto - eu nunca fui um de vcs pra ter esse título - izuku então encarou os demônios sem nenhuma expressão de que iria atacar - olha se eu fosse vcs eu iria embora daqui o mais rápido enquanto eu ainda estou de bom humor 

Melascula: a parece que temos um cavaleiro aqui pessoal - falava passando a língua em seus lábios - qual será o sabor da sua alma 

Izuku: primeiro de tudo, sai pra lá língua de serpente - falava com uma cara enjoada - segundo não é cavalheirismo da última vez que eu estive no inferno eu lutei com os antigos dez mandamentos e os matei um por um - falava puxando a lostvayne do peito - então se não quiserem acabar do mesmo jeito deem o fora 

Monspiet: e garoto mas nos somos bem diferente daquelas pessoas 

Drole: somos os dez mandamentos da época antes da tábula redonda 

Izuku arregalou os olhos de surpreso ao ouvir aquilo 

Gloxinia: o rei usou seus poderes para nos trazer de volta à vida sem nossas falhas 

Izuku: falhas? Que falhas? - perguntava extremamente irritado 

Deriere: as emoções, nossas emoções são nossas falhas. Agora somos inteiramente nossos mandamentos e não é só isso 

Fraudrin: dois dos mandamentos anteriores não foram mortos, apenas nos traíram, então o rei usou cada sentimento maligno e impuro para fazer uma surpresa para vc nosso príncipe 

Grayroad: não era seu sonho estar junto à sua família então eu apresento a vc meu príncipe seu irmãos meliodas e zeldris 

De trás de todos os demônios saiam dois jovem de cabelos pretos e com uma roupa vermelha e luvas que pareciam de uma armadura que carregava uma espada na cintura aquele era zeldris o outro jovem de cabelos loiros que usava uma roupa branca e botas de ferro que carregava uma espada enorme  em sua mão apoiada em seu ombro esse era meliodas, ambos tinham uma marca negra em suas testa mas izuku não deixou de notar que no ombro esquerdo de meliodas tinha uma tatuagem de dragão em seu ombro que nem ele 

Izuku: aquela silhueta em meu sonho era igual a ele - pensava izuku ainda perplexo pelo oque via 

zeldris: olá irmãozinho - falava com um sorriso em seu rosto - o nosso pai disse que vc anda bem levado 

Meliodas: e é nosso dever como irmãos  mais velhos....- dizia de braços cruzados e com um sorriso macabro que o deixava amedrontador -....dê ensinarmos boas maneiras a vc 

Izuku olhava para aqueles dois mais principalmente com uma expressão de ódio como se estivesse querendo explodir em raiva 

Com um certo garoto de cabelos avermelhados escutava aquilo tudo de muito longe com uma expressão assustada 

Tanjiro: droga o rei chegou ao ponto de fazer uma crueldade dessas - falava preocupado com a reação de izuku - isso não vai acabar bem 

Nezuko: oque vc escutou tanjiro? - perguntava curiosa e assustada pela expressão do irmão 

Tanjiro: aqueles são dez mandamentos os originais - falava também preocupando a nezuko - e dois deles são os irmão pô parte de pai do izuku 

Aizawa: isso é tão grave assim - perguntava sem saber direito da situação 

Nezuko: isso é catastrófico - falava alertando o professor - izuku pode realmente explodir vamos temos que ajudá-lo 

Tanjiro: espera izuku está falando algo pra mim - falava chamando a atenção dos demais a sua volta e escutando o grisalho 

Izuku: tanjiro eu sei que vc está me ouvindo eu estou lendo o seu ki e dos outros perto de vc - falava ainda olhando para os dez a sua frente - vc já deve saber quem é meus inimigos então eu quero que vcs três vão para perto dos outros e os proteja - falava num tom sério - e não venha me ajudar sem discutir 

Tanjiro apenas assentiu com a cabeça oque o grisalho notou graças a leitura de ki 

Izuku: obrigado amigo - falava para o avermelhado - eu conto com vc 

De volta à tanjiro ele apenas engoliu seco e olhou para os demais ao seu lado

Tanjiro: nós temos que voltar ao resto da turma - falava deixando os dois bravos com o pronunciamento do avermelhado

Nezuko: vc e doido ele pode acabar...- falava até ser interrompido pelo avermelhado 

Tanjiro: eu sei oque pode acontecer mas temos de proteger os demais da turma nezuko e vc sabe disso 

Aizawa: ele tem razão nezuko

Nezuko: mas....- ela suspirou sabendo que não adiantava discutir - okay vamos 

Então eles se dirigiram até o resto da turma que estava sem entender oque estava acontecendo 

Izumi: cadê o izuku? Onde ele está? 

Aizawa: ele está lutando contra o inimigo no momento 

Katsumi: sozinho? - perguntava preocupada com o grisalho - ele pode morrer 

Tanjiro: não se preocupem ele vai ficar bem - afirmava para os demais com um sorriso - ele não vai perder 

Nezuko: e confiem no nosso representante 

Izumi: espero que estejam certos

De volta ao izuku ele encarava os dez mandamentos com a raiva fazendo seu corpo tremer bastante 

Meliodas: oque foi irmãozinho venha sem resistência, eu não quero te machucar 

Izuku: irmãozinho? - falava izuku que obviamente não gostou desse comentário - não me chame disso 

Zeldris: mas é oque nós somos, vc e nosso pequeno casula 

Izuku começou a rir como um completo maluco com o comentário de zeldris, ele já não se aquentava de raiva 

Izuku: vcs machão as memórias deles sabiam? - izuku falava após parar de rir abaixar a cabeça de escondendo seus olhos vermelhos - eu nunca os conheci mas pelas histórias que eu ouvi deles, eles foram as pessoas mais incríveis que esse mundo poderia conhecer - izuku ativava seu modo demoníaco aos poucos - eles lutaram até o fim pelas pessoas que amaram sofreram por elas e também viveram por elas - raios vermelhos envolviam seu corpo e uma leve pressão de ar se formava - e ver vcs falando que esse sentimentos são imperfeitos me enchem de raiva se e esse o caso então eu sou tão imperfeito quanto eles 

Galand: vc acha mesmo que pode bater de frente com todos nós?

Izuku: acho, então cale essa boca - izuku finalmente olhou novamente para os dez com seus olhos vermelhos que claramente emanavam uma intenção assassina - eu cansei de falar, vcs estão me dando ânsia só de olhar para vcs vamos acabar com isso logo antes que eu vomite aqui 

Meliodas: esse garoto e mesmo nosso irmão

Zeldris: realmente ele é tão grosseiro quanto vc irmão 

Continua 


Notas Finais


Mais uma capítulo galera


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...