1. Spirit Fanfics >
  2. Izuku Midoriya: Quirkless Hero >
  3. Proposta tentadora

História Izuku Midoriya: Quirkless Hero - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente! Tá aqui mais um capitulo de quirkless hero!
Tá saindo vários em sequencia né? é que eu tô inspirado pra ela! foi mal aqueles que tão esperando um cap de anjel or devil. O proximo capitulo dela já tá sendo escrito. dito isso
BOA LEITURA E ESPERO QUE GOSTE!
ps: perguntinha no final.

Capítulo 11 - Proposta tentadora


Narrador: três dias aviam passado desde o ataque. As aulas da U.A. tinham sido suspensas por uma semana devido aos acontecimentos, Midoriya, após disparar contra Shigaraki, desmaiou novamente e ficou assim ate poucos horas atrás quando finalmente acordou, seus ferimentos, com exceção do seu braço, estavam quase completamente recuperados, graças a algumas visitas de recovery girl, Aizawa e treze já aviam sido liberados, mas Izuku precisava ficar em observação por mais alguns dias, o braço dele poderia ser um problema. Ele agora estava em seu deitado na cama de seu quarto, olhando para o teto branco típico de hospitais, perdido em pensamentos ate que uma voz o chama de volta a realidade.

???: bom dia. Se sente melhor?

Narrador: era uma enfermeira do hospital, a mesma responsável por trocar as ataduras de Izuku.

Midoriya: sim um pouco.

Enfermeira: você tem visita quer recebe-la?

Narrador: a resposta que Izuku deu foi apenas um aceno com cabeça, após ter sua resposta, a enfermeira saiu do quarto alguns instantes depois, um homem entrou no quarto, ele magro, extremamente magro, alto e com cabelo loiro bagunçado com duas grandes mechas caídas, Midoriya sabia exatamente quem era esse homem.

Midoriya: All migth...

All migth: olá jovem Midoriya... enquanto estiver nessa forma me de Toshinori Yagi, sim?

Midoriya: certo... oque veio fazer aqui? Vai me dizer pra desistir de novo?

Narrador: Izuku falou com um tom de voz frio e isso fez All migth olhar para baixo com uma mistura de sentimentos: tristeza, raiva, arrependimento, Izuku não reparou nisso já que estava olhando na direção de uma janela de seu quarto, a qual tinha vista para a cidade.

Midoriya: no fim você não estava errado... Quando chegou a hora da batalha real contra os vilões eu não pude fazer nada...

Narrador: a ultima fala de Midoriya deixou All migth surpreso e fez voltar a olhar para o jovem deitado na cama.

All migth: bobagem... Naquele dia eu não podia estar mais errado.

Midoriya: um golpe.

All migth: o que?

Midoriya: um golpe... Eu não aguentei um nem mesmo um golpe daquele monstro...

All migth: jovem Midoriya... aquele monstro foi feito para me derrotar... e... ele quase conseguiu... depois daquela luta se eu dessa mais um passo eu iria voltar a minha forma verdadeira... a maioria das pessoas, diferentes de você, não iriam conseguir sobreviver nem mesmo a um golpe daquela criatura... ate Aizawa, um pro-hero, não pôde fazer nada contra ela... se naquele dia eu achava que não... hoje eu posso dizer com toda certeza... jovem Midoriya, você, mesmo sem uma quirk, pode sim se tornar um herói!

Narrador: Midoriya avia mudado muito desde o incidente com o vilão de lodo, ele já não era mais aquele garoto que chorava por tudo, mas, desta vez, ele não pode conter as lagrimas. All migth era a primeira pessoa, pelo menos que conhecia sua “versão anterior” que disse que ele podia ser um herói. E ele odiava admitir, mas mesmo depois do que All migth falou para ele, Izuku não conseguia adia-lo, claro ele não admirava o All migth como antes e tinha um pouco de raiva dele, mas não podia ser chamado de ódio.

All migth: mas jovem, mesmo assim, eu quero te fazer uma proposta... você gostaria de receber minha individualidade?

Midoriya: nani?

All migth: minha individualidade é como uma tocha sagrada, que é passada de geração e geração, alimentada pela coragem de todos aqueles que buscam um futuro melhor! Minha individualidade é o ONE FOR ALL... jovem Midoriya eu te pergunto você aceita ser o próximo portador dessa chama? Aceita ser o próximo herdeiro do one for all? O próximo símbolo da paz?!

Narrador: Midoriya estava surpreso com tudo isso, meses atrás All migth tinha dito que ele não poderia ser um herói, e agora não só ele disse que possível como está lhe oferecendo sua individualidade. Midoriya estava abismado com tudo isso, mas a resposta logo se fez em forma de palavras:

Midoriya: eu acei-

Narrador: no momento em que Midoriya iria aceitar a proposta de All migth, foi como se algo despertasse dentro dele... as memorias de sua infância voltaram em fleches.

 

Flash back on

 

Narrador: Midoriya tinha quatro anos, ele tinha acabado de voltar de uma visita ao medico, esse foi o dia em que ele descobriu que não tinha uma quirk. Ao chegar em casa ele foi direto para seu quarto, agora ele estava vendo o seu vídeo favorito onde All migth salvava mais de cem pessoas na queda de um avião, a mãe de Izuku estava na parta do quarto observando o filho, ate que Midoriya percebe a presença de sua mãe, e se vira para a mesma, ,  apontando para a tela do computador, diz entre lagrimas e soluços .

Midoriya: ele é tão legal! Mãe... será... que... mesmo sem uma individualidade, eu posso ser um herói como ele?

Narrador: a mãe de Midoriya corre ate o seu filho, ficando de joelhos e abraçada a Izuku.

Inko: me desculpe Izuku, me desculpe, desculpe.

 

Troca de cena

 

Narrador: um grupo de crianças estava brincando na caixa de areia de um parquinho.

Bakugou: olha aqui tá escrito “Izuku”.

Midoriya: que incrível kacchan você já sabe ler?

Bakugou: você não? Sabia que o kangi de “Izuku” também pode ser lido como deku? A partir de agora deku significa alguém que não consegue fazer nada, e é completamente inútil.

 

Troca de cena

 

Narrador: cinco crianças estavam embaixo de uma arvore, em um parquinho, uma delas estava caída no chão chorando, enquanto outras três estavam rindo de frente para que estava caída, entre elas estava a ultima criança em pose de luta.

Midoriya: p-para kacchan! Não vê que ele está chorando?! Se continuar com isso eu... EU NUNCA VOU TE PERDOAR!

Bakugou: então mesmo sem ter uma individualidade você tá querendo brincar de herói deku?! Eu vou te ensinar a não se meter no que não da sua conta!

Narrador: alguns minutos depois, Bakugou e seus “amigos” estavam de pé rindo de um Midoriya caído no chão sem ter forças para se levantar, e quinta criança a qual Izuku estava defendendo tinha fugido na primeira oportunidade.

 

 

 

Flash back off

 

All migth: e então jovem Midoriya você aceita?

Midoriya: eu... não.

All migth: HAHAHA era o que eu estava pensan- pera... que?!

Midoriya: eu agradeço pelo apoio, e a confiança que você depositou em mim e tal, mas... tem muitas pessoas, como eu, quirkless, que, como eu, sofrem preconceito e vivem a margem da sociedade. Nos últimos meses meu objetivo como herói era apenas provar para os que disseram que eu não conseguiria que era sim possível... mas, agora, eu quero provar para toda a sociedade e, se eu aceitar sua oferta, não poderei fazer isso. então obrigado, mas não!


Notas Finais


bom como vocês sabem o festival de esportes tá chegando, embora eu acho que essa parte entre o U.S.J. e o festival vá se estender um pouco, enfim já já o Midoriya vai precisar escolher um nome de herói e eu queria a ajuda de vocês pra escolher um. vão deixando ai nos comentários sugestões de nomes,e eu vou escolher os que eu mais gostar e ai vou publicar um capitulo de votação, então ate que a votação saia eu tô aceitando sugestões.
ps: se eu postar mais caps deixem as sugestões apenas nesse pra eu não fica procurando.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...