1. Spirit Fanfics >
  2. Izuku O herói guerreiro >
  3. Encontro e uma notícia

História Izuku O herói guerreiro - Capítulo 9


Escrita por: kevin_martis

Notas do Autor


Ha pra quem pensou que eu já iria esquecer ha estava errado otako :)

Capítulo 9 - Encontro e uma notícia


PoV narrador

Em uma manhã ensolarada com pássaros cantando uma praia limpa uma cidade calma sem ataques de vilões um ambiente ideal para se encontrar com alguém. Agora vemos uma mulher de cabelos verdes experimentando roupa, enquanto uma mulher de cabelos loiros acinzentados ajuda em suas escolhas.

Mitsuki:vamos inko se você não sair eu não vou conseguir te ajudar-exclama um pouco irritada com a demora de sua amiga

Inko: é-é m-muito v-vergonhoso-diz ela timidamente-além do mais eu não sei por que você me deu essa roupa-sai do vestiário com uma saia longa de cor azul marinho e uma camisa verde claro-eu ainda acho que está um pouco apertado-diz ela enquanto puxa a saia-e-e e-então como eu estou?-pergunta enquanto gira

Mitsuki: assovio que vai chamar atenção-fala fazendo ela corar um pouco,o que acaba sendo notado-oooohhhh será que alguém está tentando dar um novo pai pro izuku e a izumi?-fala em um tom malicioso ,fazendo a vermelhidão de aprofundar ainda mais

Inko:o-o-oque n-n-não! não! não!-exclama enquanto balança os braços de um lado para o outro muito nervosa

Mitsuki:hahahahah você tinha que ver a sua cara-começa a rir fazendo inko ter um beicinho-mas me diga como ele é?-pergunta em um tom preocupada-eu sei que você não vem tendo muita confiança desde que o hizashi te abandonou-diz ela fazendo inko cobrir os olhos com o cabelo-então não deixe que ninguém diga que você não é bonita, e se ele disser o contrário eu mesma irei quebrar a cara dele

Inko: mitsuki -derrama umas pequenas lágrimas- obrigada -diz enquanto dá um abraço nela,mas ela logo se recompõe-só que você não precisa se preocupar,ele é uma boa pessoa eu sei disso-dando um sorriso

Mitsuki: tomara que seja mesmo , então,que horas ele vem te buscar?-pergunta ela olhando para o relógio-já vai dar 14:30-fazendo inko arregalar os olhos

Inko:o que!? Vai ser em 30 minutos vamos rápido-diz voltando ao vestiário tirando a roupa e indo paga-la

Time Skip

Goku:eu podia jurar que é aqui onde o izuku mora-diz parado na frente da porta onde ninguém à abriu- hmmm deve ser em outro ca-se vira para ir procurar em outra casa,droga essa roupa está me encomodando-ele estava usando um sapato de sola branca e azul com laranja em cima uma calça longa preta e uma camisa branca com gola-por que o izuku teve que me mandar usar essa roupa-puxando a gola do pescoço-enquanto sai da porta

Inko:espere!!-exclama aparecendo pela escada com uma sacola de compras e uma mitsuki descabelada-desculpe mas, você poderia esperar mais um pouco?-pergunta com certa tristeza

Goku:oh claro-fala sorrindo-eu que deveria me desculpar pois acabei por chegar mais cedo que o combinado-diz um pouco envergonhado

Inko: obrigada não tem que se desculpar por nada eu vou me trocar e nós podemos ir-entra aliviada com a situação,entregando outra preocupação à atinge,e é dele estar sozinho com mitsuki-não,eu não acho que ela vai fazer alguma coisa com ele-descartando a ideia

Do lado de fora da casa

Mitsuki:ISSO ISSO MAIS MAIS ME DE MAIS

GOKU:EU NÃO ACHO QUE VOU AGUENTAR

(eu:ok não)

Take 2

Mitsuki:o que é isso?

Goku:sabe é como dizem, depois do Sayajin você vai precisar de uma cadeira de rodas para andar

Mitsuki: morde os Lábios hmmm então vamos botar a teste?

(eu:foi mal é que veio a mente e eu achei engraçado)

Take 3

Goku:oi eu sou o Goku-fala acenando para mitsuki

Mitsuki: olá-diz com uma voz forte e imponente que passou despercebido por ele

Depois disso nenhum dos dois trocou uma palavra, deixando um ambiente muito desconfortável para ela já ele não deu muita importância para o silêncio. Cansada disso mitsuki descide quebra o silêncio

Mitsuki: quais são suas intenções com a inko?-com os olhos vidrados nele

Goku:inko? Esse é o nome dela? É um belo nome-diz como se fosse uma coisa qualquer

Mitsuki: você não sabe nem o nome dela e indo se encontrar com ela?-disse com uma leve irritação na voz

Goku:bom é que o izuku sempre se referia a ela como mãe então nunca soube qual era seu verdadeiro nome,e você? Qual é seu nome?

Mitsuki:bakugou... mitsuki bakugou-fala estendendo a mão o que ele responde’prazer te conhecer’e aperta a mão dela, só que ela começa fazer força no aperto o que não adianta em nada,vendo isso ela aplica mais força,mas ele parece nem sentir diferença-“droga ele tem uma peculiaridade de não sentir dor?”-solta a mão dele e vira para ir para a sua casa-é melhor você não estragar as coisas e acima de tudo proteja a inko-vai embora não antes do Goku falar

Goku:claro, não era como se eu fosse deixar alguma coisa acontecer com ela mesmo-dando de ombros-tchau-acena para ela

Mitsuki:”hum ele pelo menos não é um idiota”adeus,diga a inko tchau por mim-indo embora

.

.

.

 .

Inko: pronto desculpe a demora, agora podemos ir-com a mesma roupa que estava na loja só que agora com uma sapatilha preta-onde nós vamos?

Goku:Oh eu não pensei nisso hehe-ri coçando a parte de trás da cabeça fazendo inko ter uma gota na cabeça e perde um pouco o nervosismo

Inko:hmmm bem tem um pequeno restaurante aqui perto eles devem servir um café enquanto conversamos-recebendo um aceno dele-tufo bem, então vamos-eles seguem caminho andando em um silêncio confortável até chegar

.

.

.

Inko:bem é aqui-fala parando na frente dele-vamos nos sentar-o que ele acaba puxando a cadeira para ela sentar-oh o-obrigado hehe- agradece tímidamente-q-que c-cavalheiro-com um pequeno sorriso sem graça

Goku:de nada”a chichi e a Bulma me falaram que tinha que fazer isso sempre que uma mulher for sentar com você, então acho que é assim que se faz”bem sobre o que você quer falar?-se sentando na frente dela

Inko:bem indo direto ao assunto (eu:pq o autor não tem assunto bom pra falar sem que seja sobre quem é vc)eu quero saber por que você decidiu treinar meu filho-pergunta meio que hesitando

Goku:eh? E por que eu o não deveria treinar?ele é um bom menino e tem um coração puro, além de um grande potencial,a pergunta que deveria ser feita é por que não o deveria treinar-fazendo inko ter um nó na garganta

Inko:por por porqueee-ela hesitou em responder ele antes era peculiar,se ela falasse ele iria deixar de ajudar seu filho?ele abandonaria como os outros fizeram?seu filho a odiaria por estragar sua vida “novamente”?eram pensamentos que rondavam a sua mente,essa conversa pode não ter sido a melhor ideia, então o que dizer?

Goku:oi oi inko-chama ela balançando a mão na frente dela lhe tirando de seu transe-nossa por um momento achei que você tinha apagado-fala com uma voz aliviada-faz muito tempo que não venho aqui, parece que não mudou muita coisa-dando uma deixa para mudar de assunto

Inko:oh então o senhor já veio aqui antes?-mudando de assunto rapidamente o que pareceu dar certo para seu alívio

Goku:sim, quando eu cheguei encontrei esse lugar para comer

Inko: então o senhor não é dessa cidade? Quando chegou aqui e por que?

Goku:bem eu realmente não contei o tempo que passei ,mas acho que faz uns 6 anos? Não sei-só que antes de falar o por que ele entristece-bem agora eu meio que não descidi vir para cá,eu acabei caindo aqui e bom aqui fiquei- confundindo ela

Inko:como assim você caiu aqui?o senhor se feriu e acabou tendo que ficar aqui?-pergunta preocupada com sua saúde

Goku:mais ou menos, quando cheguei não tinha dinheiro para pagar nada então fui para a floresta e comecei a plantar legumes para vender-recebe um aceno dela-só que alguns meses depois tive uma grande doença no coração-fala assustando-a-mas não se preocupe já estou curado- aliviando-a-só que como não tinha muito dinheiro ainda tive que ficar por aqui mesmo até terminar de pagar”e também tinha que pagar o tratamento da nana”-pensa na quela mulher que ainda está em coma

Inko:nossa você passou por muito coisa não é mesmo?-surpresa com o trabalho que ele teve para sobreviver-mas você não tinha alguém para te ajudar?um parente ou amigo?-quando ela faz essa pergunta ela percebe a imensa tristeza no rosto de Goku-oh me desculpe por perguntar

Goku: não tudo bem você não sabia-responde ele em um suspiro,deixando um clima desconfortável para os dois,sendo diluído um pouco com a chegada do garçom

Garçom:boa tarde posso anotar o seu pedido?-pergunta com um bloco de notas nas mãos, logo eles fazem seus pedidos,inko pediu um chá verde e um katsudon e o Goku,bem ele iria pedir o cardápio todo mas ele não veio para comer em sim conversar, então pediu somente um prato de sushi-ok eu já tratei seus pedidos-volta para o balcão deixando um clima silêncioso entre eles novamente

Inko: então,dia bonito esse não é?-tentando iniciar uma conversa

Goku:sim realmente está um belo dia-responde enquanto olha para o céu-vamos inko por que você me chamou aqui-fala um pouco chateado,ele poderia estar treinando,mas ele está aqui tendo que falar com a mãe do seu aprendiz

Inko:i-i-inko?-corando por estar se dirigindo a ela de uma forma muito informal, já que só sua melhor amiga se referia assim à ela

Goku:uhm?esse não é seu nome?-pergunta confuso enquanto inclina a cabeça para o lado-foi o que aquela mulher bakugou falou, desculpe se eu errei-com um sorriso envergonhado

Inko: n-não e-esse é meu nome hehe-com uma risada sem jeito-só não estou acostumada as pessoas se referirem a mim assim, somente a mitsuki me chama dessa forma-ainda corando um pouco

Goku:hahaha é verdade,eu esqueci que vocês se referem-se uns aos outros pelo sobrenome-com uma pequena risada que dissolveu a atmosfera tensa-bem meu nome realmente é Son Goku,mas eu gosto que as pessoas me chamem de Goku-com um sorriso conquistador

Inko:b-bom e-então m-me c-chame d-de i-i-inko-gaguejando e corando,deixando um único pensamento na cabeça de Goku’definitivamente é mãe do izuku’ rindo mentalmente

Garçom:aqui está o pedido do casal aproveitem-quando inko iria falar que eles não eram um casal ela nota uma coisa peculiar no formato das comidas seu katsudon estava em formato de coração enquanto o sushi de Goku em formato de flecha cruzando o katsudon fazendo ela corar muito com a forma que estava representando o que passou despercebido por ele já que estava mais concentrado em comer sua comida

Goku:bom vamos comer antes que esfrie-comendo surpreende rápido mas comparado à sua genética Sayajin está bem mais lento que o normal

Inko:h-hai”meu deus ele está praticamente devorando a comida”-olhando para sua comida-“bom eu não posso ficar para trás”-estranhamente ela estava conseguindo acompanhar a velocidade de comer dele

Garçom:ei chefe,por que o senhor pediu para o cozinheiro fazer isso justamente para aqueles clientes

Gerente:hehe você não vai querer ouvir a história desse velho garoto,a única coisa que interessa é que eu devo uma para aquele homem então que melhor jeito de retribuir do que dar a ele um encontro romântico hehe”mas agora tá parecendo uma competição de quem come mais rápido”

Garçom:ok, se o senhor diz-então vai atender outro cliente que acaba de chegar-posso atende seu pedido?-tentando ao máximo impedir dele ver os dois comendo como animais- suspiro “vai ser um longo período”

.

.

..

Goku:brah aahh estava muito bom-segurando sua cabeça e jogando para trás-o que você achou?-se dirigindo a inko,que estava segurando o estômago com uma certa quantidade de força-você parece comer mais do que pode, desculpe acho que acabei influênciando essa situação

Inko: não uhk eu que uhk me deixei levar suspira- tenta acalmar a respiração para diminuir o refluxo-aahh bem melhor-começa a olhar em volta e vê uma pequena quantidade de pessoas os encarando, fazendo com que sinta-se intimidada pelos olhares, então ela descidiu pedir a conta para poderem ir embora, que acabou por ser pago por ela com a justificativa de ter treinado izuku e que essa seria uma maneira de retribuir a ajuda,o que acabou por trazer devolta o assunto do por que não treinar o izuku

Goku: então inko me diga por que você acha que eu deveria ter negado à me dispôr em ajudar o izuku a alcançar seu sonho?-quando termina de falar,ela trava,olhando para o lado e veria que eles aviam chegado em na praia que antes era um depósito de lixo ilegal,e com um suspiro ela começaria a andar até uma pequena estrutura de madeira onde se ligava ao mar,ao chegar até a ponta ela começaria a divagar um pouco

Inko:é que ninguém nunca o quis realmente o ajudar-ela ficaria com os olhos cobertos pelo cabelo-ele era negado à entrar em uma academia onde ensinavam o básico de treinamento para pré heróis,as pessoas o maltratavam como se ele não fosse capaz de fazer nada-ela cai no chão de joelhos segurando o peito com a mão-ele as vezes chegava em casa machucado e ficava tentando esconder os arranhões e ficava dizendo que havia caído e se arranhado ou que estava brincando e acabou saindo de controle não sendo proposital-ela tenta terminar de falar,mas as lágrimas começam a escorrer de seus olhos sua garganta travada em soluços constantes, tentando ao máximo terminar de falar sem cair no desespero total-uma vez izumi chegou em casa sozinha,eu lhe havia perguntado onde estava o izuku,ela me disse que ele teve que ficar na escola, então eu fui ver o que tinha acontecido e sniff quando eu sniff perguntei por ele aos professores eles disseram que sniff estaria limpando os sniff banheiros da escola como punição por tentar revidar em uma briga-sem aguentar mais falar,inko ficaria em prantos ali...de... joelhos onde somente uma pessoa à estaria vendo em um estado tão frágil como aquele

E essa pessoa era Goku, que esteve ouvindo tudo com total atenção, quando ela terminou de contar um pouco da vida de izuku ele esteve com dois pensamentos em sua mente,1:ele faria com que todos daquela maldita escola pagarem muito caro e 2:uma pequena decepção com izuku por não lhe contar o que esteve acontecendo em sua vida,ele era seu aluno mas principalmente seu amigo,ele só tinha amizade com duas mulheres onde uma delas em estado de coma,mas uma decepção ainda maior e profunda consigo mesmo,ele não lhe perguntou sobre sua vida por achar que deveria respeitar seu espaço, visto que ele não perguntara sobre que ele era e de onde vem,os dois tinham uma amizade onde nenhum deles sabe realmente sobre o passado um do outro, então alí mesmo ele prometeu que iria ajudar izuku, não somente no seu sonho mas na sua vida também, como um bom amigo certo? Só que ele tem um assunto muito mais importante para cuidar no momento e era a mulher à sua frente então para ajudá-la ele vai fazer a mesma coisa que leu naquele livro com aquela mulher

Goku:-se agacha na altura de inko e a abraça lhe confortando em seu peito enquanto passa a mão nos seus cabelos- ele passou por muita coisa...e você fica se culpando por não ter lhe”dado uma peculiaridade”-acaba por receber um aceno choroso dela-bem não se culpe não sei se o izuku já lhe disse isso,mas não estava no seu poder escolher-diz para aumentar seu aperto nele-mesmo que ele sofrendo tudo isso ele continua a sorrir,ele continua a lutar,e principalmente ele continua querendo salvar as pessoas,e sabe por que? Porque ele é uma pessoa forte e uma força que ele adquiriu com a sua ajuda, então-tirando a cabeça de seu peito ficando vidrados nos olhos esmeraldas e ela nos escuros brilhantes, ele fala-para mim você é uma ótima mãe e eu tenho certeza que o izuku pensa a mesma coisa-termina sorrindo, aquele sorriso onde não te faz corar mas sim se sentir seguro ,protegido, como se essa pessoa à sua frente fosse lhe ajudar em qualquer situação de sua vida,olhando aquele sorriso ela percebeu uma coisa,que seu filho está em boas mãos,e que simplesmente um peso gigante fosse tirado de seus ombros.

 Quando acabou,ela olhou para o horizonte junto com ele apreciando um lindo pôr do sol onde ele refletia as luzes no mar, ela apoiou sua cabeça em seu ombro como se fossem dois jovens que não tivessem problemas e que nada no mundo poderia estragar aquele momento,pena que havia,o chegar do escurecer, os dois vendo que já estava tarde levantaram juntos,inko disse que poderia ir embora sozinha,mas ele disse que ele não estava com pressa e poderia lhe acompanhar até sua casa, juntos eles seguiram em direção da residência dela,em um silêncio confortável e observando as estrelas,o que pareceu passar 2 minutos de caminhada até a porta de seu apartamento foi-se 20 minutos de puro silêncio e felicidade entre eles que infelizmente teve seu fim

Inko:bem obrigada por me deixar foi realmente satisfatório estar com você-sorrindo corando um pouco-espero podermos nós encontramos novamente

Goku:hehe que bom que você gostou,eu nunca estive em um encontro então estou contente que deu tudo certo hahaha-soltando uma risada contagiante-“bem,se o que eu li isso teria que terminar com algum tipo de despedida especial? Acho que isso vai servir”-inko ainda estava rindo,mas ao terminar de rir ela abriu os olhos para ver o Goku se aproximando dela,ela abriu os braços para se despedir dele com um abraço pensando que era isso que ele queria fazer,o que acabou por ser isso ela à abraçou por longos 3 minutos, só que ela não esperava era ele erguer seu rosto até se abaixar um pouco e lhe beijar......na bochecha-tchau inko-chan até uma próxima vez-se despede e vai embora voando mesmo deixando uma inko travada para trás-hummm será que eu fiz certo?-se pergunta com a mão no queixo-não era na boca o beijo? Acho que serve assim,ela não deve ter se importado-então ele assume um rosto sério-mas agora como farei para fazer os que maltrataram izuku serem expostos..... já sei eu só tenho que me tornar famoso para minha palavra ter valor....agora como eu faço pra ter fama.... já sei é só eu me torna um herói,eles vivem aparecendo na tv,vou começar -chegando em casa ele começaria a fazer seu jantar até que ele ouve um trin trin saindo da parede,olhando para a origem do som veria que era o telefone tocando-nossa quem estará ligando essa hora da noite? ...Alô aqui quem fala é o Goku em que posso ajudar?-ao receber a notícia ele largaria o telefone correria para fora de sua casa esquecendo totalmente da comida,mas estranhamente ele tinha um sorriso-finalmente finalmente



Notas Finais


O que será ein?(eu:eu sei é bem óbvio mas eu já queria lançar o cap ok?
Próximo cap outro cap focado mais no Goku no próximo EP de autor vagabundo da porr*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...