História (Jacksley - Um mundo para dois ) - Capítulo 31


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura 😊♥

Capítulo 31 - Reencontro e sentimentos


Era noite e a reunião havia acabado e todos já estavam em casa, mas Lisa e Priscilla novamente começam a discutir.

- Eu irei para Los Angeles sim. Não tenho nada para fazer aqui em  Londres.

- Você tem sim. Ficar com sua mãe!

- Ah, até parece. Mãe, eu tenho uma vida em Los Angeles! Tenho amigos que moram lá! E aqui? O que eu tenho? Nada! Já você tem seus amigos falsos que moram aqui.

- Ninguém é falso!

- Ah não? A mulher de Elvis está em Londres, que tal a convidar para um jantar de negócios?

- Falso é seu...

- Seu o que? Namoro? Ah não, isso ta longe de ser falso.

Danny e as crianças observavam tudo. 

- Tudo bem. Quer voltar? Volte! 

- É isso que irei fazer! 

Lisa sobe para arrumar as malas. 

- Bom, eu também irei voltar. Não se importa né? 

- Não Danny. 

Danny sobe com as crianças para arrumar as malas. 

2 horas depois Danny, Lisa e as crianças descem. 

- Bom, estamos indo. Tchau. 

- Tchau Lisa. 

Priscilla diz lendo um livro. 

[…]

4 horas depois... Lisa já estava em Los Angeles mas ainda no avião. Já era noite. 

- Lulu, como vai? Olha, não está tendo como eu falar com o Michael, liga pra ele e diz que eu cheguei. 

- Claro. Mas você não viria amanhã? 

- sim, mas não da pra ficar mais nenhum minuto com minha mãe na mesma casa. 

- Ta. 

Lulu liga para Michael. Depois da terceira ligação, Michael atende.

- Alô?

- Até que enfim Michael! Olha, a Lisa já está em Los Angeles! Ela veio mais cedo. Sugiro que se arrume e vá para o restaurante que já está organizado para vocês, eu irei com a Lisa, farei de tudo para levá - la. 

- Tudo bem. Obrigado por avisar. 

Michael desliga e vai para o banho. 

Lisa ainda estava no aeroporto aguardando seu motorista. Minutos depois ele chega, até porque se ele demorasse mais um pouco, aquele aeroporto viraria um ponto para vários paparazzis. 

- Alô?  

- Lisa, vamos sair hoje? 

- Lulu, eu acabei de chegar de viagem, pode ser outro dia? 

- Ah Lisa. Mas eu já reservei o lugar! 

- Tudo bem... Você me busca? 

- Sim! Quando você chegar em casa, tome um banho e se arrume. 

- Eu sei né. Vou desligar Lulu. Tchau. 

- Tchauzinho. 

- Danny você pode ficar com as crianças pra mim hoje? Irei sair com a Lulu, não irei demorar. 

- Claro. 

[…]

Michael já estava pronto e partia para o restaurante ansioso. Após chegar ficou surpreso com a decoração e que também não havia nenhum paparazzi nas ruas. Enfim, estava ao aguardo de Lisa. 

[…]

Lisa chega em casa e se arruma. Danny e as crianças assistiam televisão. 

Depois de meia hora Lisa liga para Lulu dizendo que estava pronta. Lulu chega e partem para o restaurante. 

- Você vai amar amiga. 

- Lulu, é só um jantar, em um restaurante, porque eu iria amar? 

- Tem razão. 

Disse Lulu com um sorriso de lado. 

- Além do mais, eu teria que ver o Michael primeiro, não você. Quer dizer... Você é minha amiga, mas... 

- Já entendi senhora Lisa. 

Finalmente elas chegam ao restaurante. 

- Lulu, isso está estranho, cadê os espiões? 

Lisa se referia aos paparazzis.

- Sei lá. Vai entrando que eu vou pegar algo no carro. 

Lisa entra e se depara com Michael sentado em uma mesa toda romântica. 

- Michael!!! 

Lisa vai em sua direção. Os dois se abraçam. 

- Oie!!! 

Michael a beija e lisa retribui. 

- Saudades do seu cheiro, do seu abraço, do seu beijo, das nossas brigas. 

Lisa diz. 

- Eu também. Mas, das brigas, nem um pouco. 

Michael ri. 

Eles ficam ali abraçados alguns minutos e se sentam na mesa. 

- Que lugar lindo! 

- Foi idéia da Lulu! Eu havia pensado em uma festa mas... 

- Eu odeio festas. 

- É, fiquei sabendo. 

Os dois riem. 

- O que aconteceu que você veio mais cedo? 

- A minha mãe. Você sabe... É difícil ficar com ela na mesma casa. 

- Deve ser mesmo. Bom, ta com fome? 

- Um pouco. 

- Eu pedi a melhor comida daqui. 

Michael acena para o garçom, e traz o jantar. 

Depois de alguns minutos, Michael entrega um presente para Lisa. Era um colar de cristais. 

- Que lindo Michael! 

- Eu coloco em você. 

Michael se levanta e coloca em Lisa. Lisa se levanta e o abraça. 

- Vê se não fica tanto tempo longe de mim. 

- Não irei. Até porque minha turnê acabou. 

Os dois se beijam. Um beijo doce, calmo e de saudades. Um abraço forte, e de amor. 

2 horas depois, Michael leva Lisa até em casa, pois chegar de viagem e ir para um outro lugar era bastante cansativo. Por mais que seja, um lugar legal, Lisa estava bastante cansada. Lisa estava abraçada em Michael no carro, de olhos fechados e com a cabeça em seu peito atenta a cada batida de seu coração. Que batia totalmente diferente quando estava com Lisa. Era uma batida de um coração apaixonado, uma batida que soava como melodia e que servia como trilha sonora para os pensamentos de Lisa. Michael a acariciava enquanto olhava cada detalhe de seu rosto meigo. Era incrível para os dois ao perceberem que um pouco de distância só fortificaria o laço que havia entre eles. O motorista podia ver do espelho do carro o sorriso bobo de Michael a cada minuto. Lisa abria os olhos e sempre que olhava para Michael ele estava a olhando. Ela ria e ficava sem jeito, mas continuava ali. Michael não percebia mas a cada sorriso que ela dava, mais se hipnotizava. 

Depois de uns 45 minutos eles chegam na casa de Lisa. 

- Bom, está em casa! 

Lisa abre os olhos e o abraça forte. 

- Obrigada por hoje. Obrigada por me lembrar que ainda eu tenho momentos de paz. 

- Obrigado por fazer parte da minha vida. 

Os dois se beijam e Michael desce para abrir a porta para Lisa. 

- Bom, até mais. Te vejo amanhã? 

- Pode ter certeza que sim! Não irei a lugar nenhum. 

- Bom saber. Tchau Michael! 

- Tchau! 

Michael a acompanha com os olhos até a entrada de sua casa e entra no carro, que da a partida e some pela escuridão da estrada vazia. 

Lisa chega e vê que todos já estavam dormindo, então sobe devagar para seu quarto e da de cara com Lulu dormindo em sua cama. 

- Lulu! 

Lulu acorda. 

- Que susto Lisa. E aí como foi? 

- Foi ótimo! Obrigada. 

- Deu pra matar as saudades? 

- Sim. 

- Para tuuudooo. Que colar é esse? Lindo demais! 

- Gostou? Muito bonito mesmo. Mas, agora procura um quarto pra você dormir, que eu to super cansada. 

- Tudo bem.

Lulu sai e Lisa se joga na cama sorrindo se lembrando de cada detalhe do jantar e do quanto Michael a fazia feliz. É, não dava para acreditar que aquela mulher que o ignorava nas festas estaria com ele hoje em dia. E se sentindo a mulher mais feliz ao seu lado. 

Michael também chega em casa, com um sorriso bobo no rosto, um sorriso diferente dos de dias atrás, quando estava longe de Lisa. Ele sabia que Lisa era quem ele mais precisava em seus momentos dificeis e sempre em horas difíceis ele ligava e ela ficava ali com ele horas no telefone, ela que perdia noites e só dormia quando ele estivesse dormindo. Ele sabe que ela é a mulher que vai estar sempre do seu lado, só está esperando o momento certo para fazer um pedido. Um pedido que unirá os dois para sempre, pra ele não precisa de ficar adiando esse momento, mas ele entende que Lisa precisa de um tempo. Afinal, ela acabou de sair de uma coisa, em que o casamento era envolvido. Enfim, um tentando entender o outro. 

[…]

Era manhã, Danny já havia ido embora cedo, Lulu havia levado as crianças para a escola e Lisa foi se encontrar com Michael no estúdio. Michael havia ligado para Janet para ir até o estúdio, onde fariam uma música juntos. 

- Lisa! 

- Oi Janet! Como vai? 

- Tudo ótimo! Se importa de eu roubar essa cara um pouco? 

- Não! 

Lisa ri. 

Michael se levanta e vai com Janet até sua sala. Lisa vai atrás. 

- Então, como iremos começar? 

- Acho que eu tenho uma idéia! 

Michael diz. 


Notas Finais


O que estão achando? Me digam nos comentários. É muito importante para mim. 😊♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...