1. Spirit Fanfics >
  2. Jalousie >
  3. O Grande Passo

História Jalousie - Capítulo 2


Escrita por: e Kyoko_Ichiga


Notas do Autor


Hiiiii angeeeels! Mais um capítulo maravigold para vocês! Nos perdoem a demora mas está bem trabalhado esse cap, espero muito que vocês gostem!!!! <3 Ass: Kyoko

KehOficial: Oi meus amores lindos :3 tudo bom com vocês? Bom, eu espero que vocês gostem desse capítulo assim como nós amamos ❤️

Obs: Cada narração de capítulo vai ser alternado pela Sakura e pelo Sasuke, ou seja, um capítulo vai ser narrado só pela Sakura e outro pelo Sasuke, vise e versa. Entenderam?

Beijos :3

Boa leitura 'pra vocês ❤️

Capítulo 2 - O Grande Passo


Fanfic / Fanfiction Jalousie - Capítulo 2 - O Grande Passo

Segundo capítulo

O GRANDE PASSO

Escrita por: KehOficial e Kyoko_Ichiga

De longe ouvi um toque irritante me fazendo acordar do sono pesado em que estava, senti minha cabeça pesada mas apenas de sono já que graças à Sakura eu quase não bebi na festa de ontem. Me sentei na cama lembrando da sensação de a ter perto de mim, rebolando aquela bunda maravilhosa enquanto me olhava com os olhos provocativos, aquela mulher me deixa louco. Levantei indo tomar um banho frio para acalmar meus pensamentos, coloquei o uniforme e peguei minha mochila socando meu celular dentro, fui em direção a cozinha pegando uma maçã e saí de casa indo em até meu carro.

Meus pais quase nunca estavam em casa e meu irmão mais velho vivia na casa da namorada então eu estava só a maior parte do tempo, não que isso me incomodasse, até porque Sakura e Naruto sempre estavam por aqui me fazendo alguma companhia. Estacionei próximo ao colégio e entrei no campus, algumas pessoas me olhavam de canto e cochichavam algo. 

Tsc, idiotas.

Procurei quem me interessava, mas ela ainda não havia chegado, não iria passar de hoje, eu vou me declarar para Sakura Haruno. Não aguento mais ter que fingir que está tudo bem com a relação colorida que mantemos, se eu a ver com outro cara mais uma vez é capaz de eu morrer de um ataque. Essa garota me tira do sério e mexe comigo de um jeito que nunca pensei que alguém mexeria, tinha que colocar isso tudo para fora.

— Sasuke! — parei no corredor vendo o azulado de olhos lilás e sorriso elétrico se aproximar  — Cara, nem vi você saindo da festa ontem.

— A Sakura saiu da linha, tive que a trazer de volta. — expliquei com as mãos nos bolsos.

— Você é um namorado e tanto. —  debochou.

— Cala a boca. — ralhei voltando a andar para a sala e ele me seguiu —Depois te conto... — comentei e entrei na sala.

— O que? Me fala agora! — quase pulou em cima da minha mesa curioso.

— Depois... Vai pra tua sala, anda.— sentei como se nada tivesse acontecido.

Suigetsu saiu resmungando, éramos da mesma série mas ele estava em outra sala esse ano, tirei um livro de dentro da mochila e comecei a ler para distrair minha mente. Não queria pensar na rosada linda e sexy que me roubava até os sonhos, rosada que neste momento passava pela porta com Karin no seu encalço. Como ela conseguia ficar tão irresistível usando um uniforme brega desses? Até sem roupa ela fica linda, na verdade, principalmente sem roupa.

Me repreendi e voltei ao livro fingindo toda minha concentração apenas nele, as aulas passaram voando e o toque do intervalo soou, os alunos saíram como elefantes loucos de fome o que me ajudou a ficar a sós com ela. Antes que ela alcançasse a porta segurei seu pulso e ela me olhou surpresa. 

— Preciso falar com você. — ela assentiu devagar e a puxei para fora da sala, entramos em alguns corredores até achar um menos movimentado. Aquela escola era enorme mas não dava vencimento no tanto de gente.

— Pode falar rápido? Tô morrendo de fome. — fez beicinho e eu cocei a nuca sem saber por onde começar —  Você quer uma rapidinha? Eu vou na cantina como, e já volto prontinha! — se agarrou ao meu pescoço com os olhos nublados mostrando toda a safadeza que pensava naquele momento.

— Sakura, não é isso, é algo sério... — coloquei a mão na sua cintura vendo sua cara de confusa, algumas pessoas ja nos olhavam sugestivos, ignorei — Faz um tempo que quero te dizer o que sinto e penso de nós.

— Como assim? — ela riu sem humor e se desprendeu de mim.

— Eu sei que para você está sendo perfeito mas... Porra, Sakura! Toda vez que eu vejo que não sou sério para você, isso me mata. — passei a mão nos cabelos nervoso. Puta merda, não posso parar agora — Eu não gosto quando outro lhe toca ou quando você usa a frase “apenas amigos”.

— Sasuke.. — ela começou mas a cortei.

— Eu quero ser mais que um amigo, eu te amo desde que te conheço, eu amei o que tivemos mas eu quero mais. — finalizei a olhando com o peito subindo e descendo pelo esforço de falar muito rápido.

— Eu... — ela estava com os olhos arregalados e a boca aberta — Você sabe que eu não sou assim, eu...

— Eu já esperei demais, fui compreensivo mas não dá para mim assim. —  fui sincero.

— Caralho Sasuke! — de um minuto para o outro ela se alterou —Quem você acha que é para me jogar contra a parede assim? Você não tem direito de exigir nada de mim. Porra! - fez uma careta tocando na testa — Você é tudo pra mim, você sabe, mas do que você ta falando? Eu não vou fazer isso! Eu não sou assim!

— Me entenda... — as pessoas começavam a surgir ali.

— Me entenda você! Não sou cadela para você querer colocar uma coleira em mim, que merda de papo é esse? Você sempre aceitou isso, nosso jeito.

— Não quero mais isso.

— Então que se foda! Não venha com essas merdas para cima de mim! —ela empurrou meu peitoral, seus olhos estavam trêmulos e ela estava corada — Não vou namorar você nem ninguém, eu sou livre! Não mandei jogar seus sonhos em cima de mim, você sonhou sozinho! — sua voz estava alterada — Não fode comigo! — me empurrou uma última vez e saiu me deixando perplexo.

Os murmúrios começaram me deixando ainda mais puto, que reação foi essa? Senti os olhos arderem e antes que eu pensasse havia chutado uma lata de lixo próxima assustando algumas pessoas e saí dali. Estava cego, o que eu achei que ia acontecer? Ela chorar de alegria e me beijar? Fui um idiota. Acelerei os passos e senti meu corpo se chocar contra o de alguém, me virei rápido e segurei a pessoa antes que ela se esborrachasse no chão, a coloquei de pé e me desculpei.

— T-tudo bem. — continuei meu caminho para fora da escola, precisava sair dali. 

Entrei no carro e sem pensar acelerei para longe. Iria para um bar ou para casa? 

Por fim decidi comprar bebidas e beber em casa. Estacionei e entrei levando as latas de cerveja comigo, tirei a parte de cima do uniforme e um cheiro me chamou atenção. Cheirei a manga do uniforme, era um cheiro feminino mas não o cheiro de Sakura, lembrei então da menina que esbarrei, com certeza ela era cheirosa. Me joguei no sofá e liguei a televisão em qualquer canal abrindo a primeira latinha e tomando um longo gole.


Notas Finais


Gostaram? Queremos saber o que acharam!!!!!!

Super beijos!

Genteeeee só pra avisar que, essa sinopse linda e maravilhosa foi feita pelo meu neném @explosivegirl- ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...