1. Spirit Fanfics >
  2. Jamais te esquecerei... >
  3. A curiosidade sempre vence

História Jamais te esquecerei... - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - A curiosidade sempre vence


Fanfic / Fanfiction Jamais te esquecerei... - Capítulo 7 - A curiosidade sempre vence

Já acordado estava agradecido por não ter infartado com os sentimentos da noite passada, ou até mesmo ter enlouquecido de tanto pensar naquele maldito rapaz. Aliás, cada vez que olhava fixamente para sua face, batia um sentimento de curiosidade, não achava Daniel absolutamente normal, desconfiava que atrás daqueles lindos olhos existia uma pessoa fechada para o mundo e para si mesmo, ou às vezes só mais um sociopata vivendo sua vida normalmente na sociedade. 

Por curiosidade e falta do que fazer, pensou seriamente antes de ir para o colégio em seguir o seu amado para saber a trajetória até sua casa, e saber mais sobre sua vida. Ficou muito confuso em aceitar a proposta decisiva que o seu cérebro estava te oferecendo ou querer seguir o seu coração que clamava para que deixasse esse assunto em paz, e continuasse amando ele de longe, já que não mostrou muito empatia no dia anterior. Todavia, mesmo sabendo que poderia ser rejeitado para sempre, resolveu bisbilhotar a vida do seu amor. 

Em direção a escola pensou muitas vezes em desistir desse plano sem noção, pensava a todo instante: Como eu posso ter a coragem de ir atrás de alguém que eu nem conheço, só para saber sobre sua vida.. Até no intervalo ficou reflexivo sobre o assunto, não conversando com ninguém apenas imaginando Daniel furioso querendo saber o motivo de estar sendo perseguido por um curioso. No entanto, essa ideia não saiu da sua cabeça e queria ir até o final. 

No momento que o sinal deu seu primeiro toque para a dispensa dos alunos, já se levantou decidido e começou a esperar arduamente, tremendo dos pés a cabeça, o indivíduo sair da sala. Quando notou sua presença, seguiu ele sendo ligeiro e perspicaz. A casa de Daniel parecia nunca ter fim, cada vez mais que o seguia mais o caminho fica distante, pensou até em desistir, mas novamente, quis continuar. E catapimbas, o grande momento chegou, o seu amado parou em um território, porém, era melancólico não tinha muitas casas a redondeza, a não ser um monte de lixo e um trailer velho, onde curiosamente Daniel entrou, naquele momento Carlos ficou um pouco assustado pela condição de vida do rapaz, vendo aquela situação decidiu voltar para a casa pensando em todos os motivos que deve ter tido para morar naquele recinto. Como sobrevivia? Será que seus pais moravam com ele? essas perguntas gritavam em sua mente deixando o desejo e a vontade de saber o sabor da vida de Daniel, fazendo com que seus nervos sensitivos latejem até que saiba de tudo.  




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...