1. Spirit Fanfics >
  2. Jane e Carlos- Basta apenas um olhar >
  3. An Underground Adventure

História Jane e Carlos- Basta apenas um olhar - Capítulo 141


Escrita por:


Capítulo 141 - An Underground Adventure


~ Anoitece em Auradon ~

Mary Jane e Thomas tentavam ajudar sua garotinha a dar seus primeiros passos quando recebem uma visita do Bem e da Mal:

Mary Jane: Vem, Mavis!

Thomas: Vamos, filhinha. Dá pelo menos um passinho pro papai

Mavis: Papá! – a pequena princesa tenta se apoiar entre as duas pernas, mas ainda não conseguia

Mary Jane: Opa! Cuidado, pequena!

Thomas: Uma hora ela consegue, amor, não se preocupe

Mary Jane: Huum! Parece que minha princesinha está com sono

Thomas: Vamos leva-la para o berço

Malen: Thomas! – os reis de Auradon estavam ofegantes de tanto correr

Mary Jane: Mal, tá tudo bem?

Ben: Precisamos conversar, é importante!

Mal: Temos uma notícia para dar a vocês

Mary Jane: Claro vamos até o escritório!

~ Escritório ~

Mary Jane: Pronto! Podemos falar tranquilos, Mavis está dormindo como um anjo. Como estão o Brody e a Malia, Mal?

Mal: Estão bem! A babá ficou cuidando deles

Thomas: Vocês estão muito sérios até parece que aconteceu uma tragédia

Mal: Mary, você lembra da Cathy?

Mary Jane: E quem não lembra da maior serial killer infantil da Ilha dos Perdidos? O que tem ela?

Ben: Desde que a Jane destruiu a barreira e os vilões vieram para cá fizemos uma análise para ver quais precisariam de tratamento psicológico ou psiquiatra

Mal: E não precisava ser um gênio pra descobrir em qual padrão a Cathy se encaixava

Ben: Sim! Ela foi internada em uma clínica psiquiatra, mas o temperamento dela não era dos melhores. Cathy ficava presa na camisa de força para impedir que machucasse os funcionários, mas vivia lutando pra se soltar

Thomas: Bom, isso mostra que para o bem de todos ela não deve sair de lá tão cedo

Mal: É aí que, Thomas, ela saiu… Fugiu, na verdade

Mary Jane: Como?

Bem: De acordo com as enfermeiras ela usou magia parece que algumas discórdias em Auradon fizeram os poderes dela voltar

Mary Jane: Faz sentindo ela é filha do Rei de Chifres, seus poderes vêm do caos, do medo e da aflição  

Thomas: Não importa! Precisam encontra-la antes que ela machuque alguém

Mal: Amanhã avisaremos a Jane e o resto do pessoal, mas tentaremos abafar ao máximo, não queremos causar medo na população

Thomas: Meu Deus! Justamente agora que as coisas estavam no seu devido lugar  Agora vamos ter outra batalha é isso mesmo?

Ben: Pegaremos a Cathy antes que precisemos lutar com ela, Thomas

Mary Jane: Onde essa maluca tá agora?

Uma pergunta curiosa. Cathy e Zevon aparataram um perto da entrada do palácio do Cuzco, mas para a sorte deles não tão perto a ponto de que pudessem ser pegos:

Cathy: Chegamos!

Zevon: É! O difícil vai ser chegar até o porão do palácio sem que nos vejam

Cathy: Eu não tinha pensado nisso

Zevon: Poderíamos atacar e...

Cathy: Atacando os guardas, iremos chamar a atenção e não é o que queremos. Vai, me ajuda a pensar!

Zevon: O que a minha mãe faria? O laboratório fica bem abaixo do porão quase nas profundezas do castelo… É isso!

Cathy: O quê?

Zevon: Lembro que uma vez minha mãe me disse que existem túneis abaixo do castelo poucos conhecem a existência deles a entrada fica a oeste

Cathy: Isso é perfeito!

Zevon: Nem tanto! Pra evitar que outros decidissem se aventurar pelos tuneis ela recheou aquele lugar com armadilhas

Cathy: Isso é o de menos, não tenho medo. Vamos!

~ Nos túneis ~

Cathy: Você sabe em que direção ir?

Zevon: Quer que eu te anime ou fale a verdade?

Cathy: Zevon!

Zevon: Eu nunca estive aqui, estou seguindo a minha intuição

Cathy: Como saberemos que achamos?

Zevon: Duas alavancas. Mamãe ficava furiosa com o Kronk por causa delas

Cathy: Ele era um tapado mesmo

Zevon: Cuidado!

Cathy: Que foi?

Zevon: Olha pra cima. Senão quiser que esse negócio caia sobre nós, pise onde eu pisar – Yzma havia colocado uma armadilha de aço no teto que despencaria caso pisassem no lugar errado

Cathy: Esperta, dona Yzma!

Zevon: Uma boa bruxa sabe como proteger seus segredos

Cathy: Obviamente! É aquilo?

Zevon: Precisamente aquilo!

Cathy: Ótimo agora, vamos!

Zevon: É a da direita pode puxar

 

“Permaneçam sentados com braços e pernas para dentro’’

Zathy: UOU!

 

Eles chegam ao laboratório secreto estava do mesmo jeito que Yzma sempre retratou para o Zevon:

Cathy: Isso foi enjoativo! Me lembre de vomitar quando sairmos daqui

Zevon: Isso é incrível! O estoque de magia dela ainda existe

Cathy: Magia não tem prazo de validade, Zevon, nem pode ser destruída, mas modificada... Bom, isso são outros quinhentos

Zevon: Disse que precisávamos de um livro de poções, você sabe como ele é?

Cathy: Sei que tem uma capa velha de couro preto

Zevon: Como este!

Cathy: Muito bem! É este mesmo! Eu me sinto tão má

Zevon: Podemos ir embora?

Cathy: Agora mesmo!

~ No dia seguinte ~

Jane e Carlos vão até à clínica buscar a Cruella. Carlos estava muito feliz, mas os sussurros naquela clinica não paravam:

Carlos: Sou Carlos Devil estou aqui para buscar a minha mãe, a Cruella

Enfermeira: Eu já vou trazê-la

Jane: Meu amor, você não acha que as coisas estão um pouco estranhas por aqui?

Carlos: Estranhas como?

Jane: Sinto uma forte magia negra em toda essa clínica

Carlos: Forte como?

Jane: De um tipo que nunca senti antes dá até calafrios

Carlos: Está tudo bem! Acho que sei o que é isso. A Catherine está aqui ela é a filha do Rei de Chifres, é uma bruxa muito poderosa

Jane: É! Talvez seja isso!

Cruella: Carlos!

Carlos: Mamãe!

Cruella: Carlos, meu filho, estou tão feliz em ver você

Carlos: Agora você está livre, mamãe. A sua casa está esperando por você e os seus servos também

Cruella: Eu estava mesmo querendo fazer uma reforma naquele casarão

Carlos: E eu vou te ajudar, mãe

Jane: Nós vamos! Iremos visita-la sempre e quando tivermos filhos você poderá vê-los quando quiser

Cruella: Você é mesmo uma boa fada, Jane

Carlos: Bom, vamos parar com essa rasgação de seda e dar o fora daqui

Cruella: Ótima ideia!

Jane: Infelizmente não poderei acompanhá-los minha mãe está a minha espera

Cruella: Não tem problema!

Jane: Te vejo depois, está bem?

Carlos: Sim! Até mais tarde!

Jane: Tchau!

Cruella: Que nora delicada você me arrumou filho

Carlos: Fico feliz que goste da Jane, mamãe

Cruella: Contanto que ela te faça feliz e me dê muitos netos, seremos amicíssimas


Notas Finais


O que será que a Cathy quer com aquele livro de poções?

Curtiram? Não percam o próximo capítulo!!!
#Jarlos4EVER


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...