1. Spirit Fanfics >
  2. Jane e Jeff the Killer : Assassinos Puros - Creepypasta >
  3. Preparativos

História Jane e Jeff the Killer : Assassinos Puros - Creepypasta - Capítulo 35


Escrita por: Xcitell

Notas do Autor


Eae, gente do mal... Espero que estejam com saudades desse casal de killers....
Um capítulo mais simples e rápido, pra vcs poderem aproveitar e já ficarem atiçados para o próximo capítulo, espero que gostem... Até a próxima, não prometo, postar rápido, mas podem comentar que eu vou tirando dúvidas e interagindo com vcs.!! ><

Capítulo 35 - Preparativos


Fanfic / Fanfiction Jane e Jeff the Killer : Assassinos Puros - Creepypasta - Capítulo 35 - Preparativos

 

 

Com nosso casal de ‘’The Killers’’ matando descaradamente, a polícia estava desesperada atrás deles, virando-o troféus para quem o pegasse. Pois, até o momento não sabem da cumplicidade de Jane nos casos, apenas que há uma garota o acompanhando, mas que poderia ser bem uma fangirl.

A cidade toda estava assustada, a polícia havia decretado toque de recolher devido a contagem de mortes aumentando; sair de casa sozinho tornou-se quase impossível. Os policiais estão vasculhando cada canto da cidade atrás deles, visitando cada antigo lugar que ele frequentava, e ele sabia que era questão de tempo até eles irem até ao antigo bairro e os descobrirem. Estavam em perigo e precisavam de um esconderijo o mais rápido possível.

 

… 

 

Eles acordaram envolvidos nos braços um do outro, com seus corpos esquentando-se debaixo de um edredom, a chuva havia cessado e o tempo estava limpo; nem parecendo que havia ocorrido uma grande tempestade na noite anterior alagando metade da cidade. 

Levantando-se da cama cuidadosamente, Jane caminhou até o banheiro, tropeçando em algumas peças de roupas jogadas no chão, soltando um gemido de dor abafado para não acordar Jeff. 

Ela tomou um banho quente e arrumou-se, colocando um vestido cinza de malha e uma blusa de flanela xadrez, em seguida recolheu as roupas do chão ainda úmidas,  levando-as até o sol.

Desceu as escadas rumo à cozinha imunda; ela começou a preparar algo para o café da manhã. Ao sentir um cheiro de queimado, Jeff  acordou passando as mãos pela cama procurando-a, ainda de olhos fechados, sentindo seu cheiro ainda no travesseiro; enquanto levanta-se procura suas roupas para vestir, não as achando, colocou uma toalha envolvendo seu corpo e desceu as escadas ouvindo sua amada bravinha cantarolar alguma coisa. Ele ficou parado observando-a fritar os ovos e fazer as torradas, sentia como se o vazio que outrora o acompanhava permanentemente, estivesse sendo preenchido, ele se sentia completo. 

Nem se lembravam mais dos celulares que haviam roubado dos idosos, mas estavam altamente curiosos para saberem em como a investigação estava.

Eles caminharam um pouco na rua usando máscaras pretas,  após tomarem o café da manhã, esbarrando em um casal; ele roubou o celular do bolso de um deles, enquanto calmamente caminhavam de volta para casa. No caminho, Jane começa a passar mal, com tonturas, ela se sentou em um banco perto de alguns arbustos ao lado deles; ele estava todo preocupado com ela, já que não era do tipo de se sentir mal do nada. Ela vendo-o tão carinhoso e tão atencioso, deixava-a agradecida e olhando-o com um olhar apaixonado ; isso só fazia-a ter certeza de que ele era mesmo a sua alma gêmea, o amor da sua vida, não que ela acreditasse nisso, mas depois que conheceu-o, mudou de ideia. Enquanto pensava em ‘coisas fofas’, ele só conseguia pensar em tomar um banho quente e, no banho que deu nela quando passou mal de ressaca, e como ela ficava linda de quatro. 

 

Jane estava louca para saber se estavam comentando dela como uma Killer, ou se eles já tinham novidades sobre as investigações.

Pesquisando no celular as notícias da cidade, se depararam: 

"Últimas notícias.

Jeff The killer é o responsável pelos assassinatos que vieram a público na última quarta.  Não é um imitador.  Jeff The killer está de volta."

Clicando em outra:

 

"PROCURADO

Recompensa de 50.000,00$ Jeff the Killer

 perigoso serial killer visto pela última vez pelos arredores do hospital Mercy."

 

''RECOMPENSA  para qualquer informação verificada que leve até o paradeiro de Jeff e sua prisão. Agradecemos o apoio da comunidade!’’

 

Clicando na próxima da lista:

 

"Jeff the killer está Com um modus operandi totalmente diferente, Jeff the Killer, possivelmente pode estar mantendo uma adolescente em cativeiro, como sua refém, foram vistos pelas câmeras de segurança de algumas lojas. Pedimos que qualquer notícia seja relatada imediatamente à polícia. CONTAMOS COM SUA AJUDA.’’ 

 

Mais abaixo tinha outras atualizações: 

‘’A única vítima sobrevivente, Jane Arkensaw, não é vista desde que saiu do hospital com seus tios a caminho de casa.’’

 

‘’Jeff é extremamente perigoso e possivelmente está armado, se o virem fujam e chamem a polícia imediatamente. ‘’

 

‘’A polícia pede, para que todos respeitem o toque de recolher, e se tiverem qualquer informação sobre o paradeiro de Jeff e sua vítima, entrem em contato imediatamente com a polícia."

 

Jane começou a ler alguns comentários pouco educados, que diziam desde "Monstro", "doente", "Não se faz isso com uma garota", até aos comentários de seus fãs o adulando como um ídolo teen.

-Olha Jeff, temos até uma fanpage agora!

-Se bem que essas vadias só querem saber de vc mas tudo bem.

- Pera um pouco o que é isso? - interrompeu rolando os anúncios.  ‘'Killer Party'’ Para aqueles que gostam de assassinatos. -sussurrou em voz sexy, lendo perto do ouvido de Jane.

- ‘’Festa com muito efeito visual e principalmente para aqueles loucos em terror.’’ -ela terminou de ler, enquanto ele a abraçava por trás.  -’’Vem aí a festa em homenagem ao serial killer, Jeff the Killer. Venham festejar, essa festa vai ser imperdível.’’ -eles se olharam, lendo a mente um do outro. Era como se soubessem que seria a oportunidade perfeita, para que pudessem fugir da cidade.

-Timing perfeito! -disseram juntos. Eles iriam aproveitar essa festa para conseguirem se misturar no meio das pessoas e conseguirem fugir.  Teriam que esperar escurecer, quando o toque de recolher começasse,  para que eles conseguissem fugir facilmente. Ele sempre protegeu-a, mesmo quando ela não queria ou quando ela o afastava ele estava lá; ele sentia o dever de cuidar dela, ela era sua alma fora do corpo. Deveria protegê-la, agora mais do que nunca, já que havia colocando-a nessa situação de fugitivos.

 

...

Quem poderia imaginar... Jane e Jeff juntos, um sozinho dá assassinato, os dois juntos então é um massacre sangrento. 

...

 

Enquanto as investigações sobre o paradeiro deles  estavam correndo, várias viaturas passavam a toda velocidade na rua atrás de pistas que recebiam a todo momento. E os noticiários só falavam sobre Jeff The Killer. Porém, subitamente os noticiários foram tomados por uma onda de mudanças sobre um caso de assassinatos novos.

-‘’Boa tarde!’’ -disse o apresentador em tom de voz sério. -Possuímos novas atualizações sobre o caso do assassino Jeff The Killer. Aparentemente a pouco foi encontrado os corpos de um casal de idosos, enterrados no quintal de sua casa, perto do último local do crime do assassino Jeff Woods, há suspeitas de que sejam vítimas do mesmo assassino que estamos acompanhando esses últimos tempos.  -continuou.

-''Caso tenhamos mais atualizações e confirmações retornaremos.'' -completou a segunda apresentadora. 

Eles se olharam por um tempo, e perceberam mutuamente que era hora de sair da casa, pois rapidamente lotaria de policiais por perto. Ambos correram pela casa, pegando algumas roupas e lanches, enfiando em duas mochilas pretas, enquanto saíram correndo pela casa. 



 

 

Continua…

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...