História Japanstone - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Dr. Stone
Personagens Personagens Originais, Senkuu, Taiju Ooki
Tags Dr Stone, Idade De Pedra
Visualizações 34
Palavras 1.048
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shounen, Suspense, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bam baam aí está o terceiro capítulo! Normalmente era pra eu estar atualizando as outras fanfics... Mas fds, nunca cumpro o que eu digo mesmo

▶ Eu editei um pouquinho o capítulo anterior, só mudou a aparência da Shirou, que agora tem uma estrela no pescoço, e frase no final
▶ Também irei fazer o quarta capítulo, simplesmente pq minha criatividade e vontade tá bombando para essa fanfic e não outras kkk

Boa leitura!

Capítulo 3 - O mais forte;


Fanfic / Fanfiction Japanstone - Capítulo 3 - O mais forte;


"E assim nasce o guerreiro mais forte, pronto para ajudar aqueles que precisam…"

( … )

— Essa água vai reviver a Yuzuriha? — Taiju perguntou a seu amigo cientista.

— Deveria — respondeu — eu testei em um quebrado, mas virou um cadáver — sorriu assustador.

— QUE HORROR! — os irmãos gritaram com olhos arregalados.

— Também juntei os pedaços antes de reviver, mas já não temos como ajudar aqueles que se quebraram, foi um sacrifício valioso — o prateado disse — rezemos por eles.

Rezaram por uns minutos, estavam no local da árvore de cânfora, onde estava a Yuzuriha. Estavam prestes a reviver quando o Taiju gritou para esperar e em seguida enfiou os dedos nos olhos do Senku.

— A Yuzuriha está PELADA! — exclamou — Não podemos reviver-la assim!

Senku fez careta.

— Lá vai você com essa baboseira ilógica... Ninguém vai se importar se você aparecer com o pinto ou a bunda pra fora… Estamos num mundo petrificado.

— Mas a yuzuriha não tem pinto!

— Ele não quis dizer isso, irmão — Shirou suspirou com a mão no seu peito, quase teve um infarto por causa do grito que seu irmão mais velho deu.

— Vamos voltar para o acampamento e reviver-la quando a vestirmos — pegou a Yuzuriha cuidadosamente e a ergueu.

— Como você ergue fácil… Quão pesada ela é? — perguntou o prateado.

— Ela não é gorda.

— Ele também não quis dizer isso... — Shirou disse — Podemos simplesmente usar as folhas e depois ela pode se vestir no acampamento…

— Sim, seria dez bilhões mais rápido assim… — se virou imediatamente ao ouvir algo — Espere, grandão! — a Shirou também se virou, depois o Taiju, onde viram um… Monte de leões.

Logo o líder deles rugiu, fazendo com que eles começassem a correr.

— Não pode ser, como eles podem estar no Japão?! — Taiju exclamou enquanto corria.

— Existe zoológico para isso, irmãozão! — Shirou exclamou.

— Eles podem ter fugido quando os responsáveis foram petrificados e deixaram a jaula aberta — Senku disse — Até podem ter comido todos os animais herbívoros que tinham no zoológico e também podem ter comido os animais domésticos, como dizem… Eles são o rei da selva!

— Mas admito que são fofos… — A Shirou ficou com uma cara feliz, admirando os animais felinos.

— Sua maluca de pedra, só quando eles não estão tentando comer a gente, né? — disse o prateado.

E pularam de um precipício, ainda sendo seguido pelos leões.

— Mas por que não estão atacando a gente? — O acastanhado perguntou estranhando, pois até agora os animais não atacaram em nenhum momento.

— Primeira vez que vêem animais bípedes — Shirou respondeu o óbvio — Como toda a humanidade foi transformada em pedra…

— Kukuku, eles estão sendo cuidadosos, mas é só questão de tempo — Senku disse — A única opção que temos é chegar até o acampamento e usar as lanças, mas não tem garantia que iremos conseguir mesmo armados, desde começo, já era um xeque-mate.

— ……. — Taiju jogou a Yuzuriha para sua irmã e ficou na frente com os braços estendidos — Fujam! Vocês não podem morrer… Senão esse mundo estará perdido! Quando eles vierem para cima, eu serei o escudo de vocês!

— Não, você não pode! — a mais nova negou, ainda segurando a estátua da sua amiga.

— Ela está certa, sua habilidade é a resistência e não combate, ou você já socou alguém antes? — Senku disse — Nenhum de nós pode morrer, pensar logicamente… Enquanto fugirmos!

— …. Certo! — voltou a correr e pegou a estátua que estava noa braços da Shirou, logo o acompanharam, mas o Senku… Nunca correu antes, ele sempre se focou nos estudos e não no seu físico…

A Shirou sentiu pena do cientista que já estava pálido, parecendo prestes a desmaiar qualquer momento.

— "Combate?" — Taiju lembrou-se de algo — Ei, Senku! Se não podemos fugir — chamou a atenção do Senku — Então vamos apostar…

( … )

Taí uma coisa que não se vê todo dia: Um cara super resistente carregando uma estátua que por acaso, é a sua paixão, um cientista que não sabe correr por isso tá quase morrendo e uma garota adoradora de animais admirando os leões que querem comer eles.

— "Uaa, olha aquela pelagem e os olhos deles, são tão brilhantes… Aquelas patas são fofinhas mesmo com as garras… E como será acariciar aquela juba… E as fêmeas são tão bonitas" — sonhava Shirou com as bochechas coradas, mas foi tirada dos seus pensamentos quando seu irmão anunciou.

— Chegamos! Eu o encontrei no primeiro dia, o estudante do ensino médio mais forte… Tsukasa Shishiou! — Correram até a estátua, Taiju colocou a Yuzuriha no chão — Me desculpe, mas precisamos muito do poder de combate! Assim que derrotamos os leões, com certeza vamos…

— Pare de enrolar e use logo nele! — senku exclamou entregando a agua milagrosa.

— Eu faço isso! — Shirou a pegou da mão do prateado e jogou na estátua.

— Droga, estamos cercados! Lá vem eles! — Senku levantou seu machado, então ouviram a estátua se trincando, que mostrava seu olho.

— Desculpa! você deve estar não entendendo nada, após acordar depois de tantos milênios… — disse Taiju, mas logo o tsukasa se pronunciou.

— Qual é a situação? — perguntou, o que o Senku tratou de responder imediatamente.

— Você tem pedaços de pedra pelo corpo inteiro e há um grupo de leões na direção das duas horas às nove horas! — Senku respondeu. O homem se mexeu quebrando as pedras, Senku e Shirou imediatamente se colocaram no chão exceto o Taiju que estava confuso pela ação do seu amigo e da sua irmã.

então o Tsukasa jogou os pedaços que estavam nos seus braços, acertando os leões e até mesmo o Taiju, mas esse era resistente, até mais que suficiente para aguentar. Logo ele correu até o líder e preparou seu soco, atingindo o animal que se chocou com uma árvore. Outros estavam muitos surpresos com a força do homem.

— … eu escuto os detalhes depois mas prometo uma coisa... Nunca mais vamos enfrentar qualquer problema! — disse o acastanhado — Por que daqui pra frente… serei o lutador!


Notas Finais


Bam baam

Eu terminei o mangá Toriko e me emocionei com o final


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...