História Jarro de Chá - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Kankuro, Kiba Inuzuka, Matsuri, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, Temari
Tags Gaara, Gaasaku, Naruhina, Naruto, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 77
Palavras 2.635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie!!

Desculpa a demora desta vez, mas esse capitulo foi TÃO difícil de escrever e eu nem sei o porquê... tanto que nem consegui revisar ainda, então peço duplamente desculpas. Só fiquei tão feliz que consegui terminar para vocês que eu quis postar, não acho que ficou nada mto absurdo, mas depois eu corrijo alguma falha que por ventura apareça.

Bem vindos aos novos e espero que gostem da história, boa leitura!!!!

Capítulo 7 - Missão


O sol tinha acabado de se pôr quando Sakura chegou ao hospital para mais um plantão e, se ela soubesse as surpresas que a noite trariam, talvez não se sentisse tão empolgada para começar o trabalho…

No começo, tudo parecia tão normal quanto deveria estar. Ela passara visita em seus pacientes agendados, trocara as medicações necessárias, mantivera as que precisavam, dera suporte para outros médicos em casos complicados e analisara o quadro de um jovem genin que precisaria de uma cirurgia para colocar os ossos no lugar depois de uma missão particularmente violenta.

Era quase onze horas da noite, próximo de seu horário de pausa para jantar, quando recebeu a mensagem de seu antigo Sensei pedindo para ela comparecer com urgência até o Prédio do Hokage para uma reunião de última hora. E isso lhe levantou muitas suspeitas...

Não que aquilo a surpreendesse: Sakura era uma kunoichi respeitada, aluna de uma das Sannin Lendárias e a Hokage antecessora à Kakashi, além de ter sido membro do famoso time 7 sob o comando do próprio Kakashi Hatake ao lado de dois grandes heróis reconhecimentos mundialmente por grandes feitos em batalha…. Ela sabia o seu valor e sabia que seu antigo-Sensei também o conhecia. Mas para que chamá-la no meio de seu plantão ainda mais quando ela era a única membro restante do time 7 na Aldeia?

Sem desejar alongar demais aquela história, Sakura pediu para que Shizune, com quem estudara os princípios da medicina shinobi mas que acabara se tornando uma valiosa ajudante, informasse a diretora do hospital, Tsunade Senju, sobre sua ausência. Tinha certeza que sua antiga sensei entendia os assuntos de Estado de um Hokage melhor do que ninguém e não iria se posicionar contra uma ordem oficial. Mas Sakura era perfeccionista em seu trabalho e isso abrangia todos os aspectos do mesmo, inclusive as licenças que precisava tirar para atender os "Chamados Superiores", como Naruto gostava de chamar.

Ela deixou seu jaleco em sua sala, vestiu uma blusa de frio leve e partiu do hospital em direção ao prédio onde Kakashi estaria. A noite estava agradável para aquela época do ano quando a primavera começava a tomar o lugar do inverno… o clima estava fresco apesar do vento gelado, mas ela gostava assim. Em breve as flores começariam à florir por toda Aldeia e, quando fosse próximo o suficiente de seu aniversário, as flores que haviam lhe emprestado o nome iriam enfeitar seus caminhos todos os dias… eram aquelas as pequenas coisas as quais se agarrava para manter-se feliz e sempre tiveram um efeito positivo em seus humores.

Ela já era esperada no prédio do Hokage por isso não enfrentou burocracia alguma para encontrar Kakashi em sua sala, sentado em meio à uma extensa papelada e com um olhar desolador que animou-se brevemente ao vê-la entrar pela porta. E a visão preocupada de seu antigo professor, que era conhecido por ser um homem calmo e tranquilo, lhe assustou mais do que deveria.

- Sakura...que bom que pode vir. Por favor, sente-se.

- Sexto Hokage… aconteceu alguma coisa?

Ela fez o que ele dissera para fazer, olhando ao seu redor apenas para constatar que estavam de fato sozinhos. Isso apenas a deixava mais intrigada com aquilo tudo, mas não era de seu feitio interromper a ordem natural de uma conversa e estava certa de que havia uma razão maior para estar ali que em breve saberia.

- Muitas coisas na verdade, Sakura… é um cargo difícil esse, o de Hokage.

Ele lhe sorriu com os olhos como sempre fazia, mesmo metade do rosto coberta não conseguia esconder que havia alguma tristeza pairando sobre ele e, sutilmente, ela demonstrou sua preocupação com um comentário afetuoso que era tudo, menos mal intencionado.

- Você não acha que precisa descansar um pouco, Sexto? Eu sei o quanto você está se esforçando para ser o Hokage que todos merecem que você seja, mas você está indo muito bem, Kakashi-sensei. Todos falam sobre isso… Talvez você pudesse dormir um pouco mais, tentar uma média de 6 à 8 horas todos os dias, uma alimentação equilibrada, talvez se sinta com mais energia para ficar na sua sala tanto tempo…Podíamos marcar uns exames para você saber como anda a saúde, o que acha? Não quero que você sofra com stress e acabe envelhecendo antes da hora...

Foi a vez dela sorrir docemente. Via aquele homem à sua frente como vira seu próprio pai antes do mesmo falecer havia apenas alguns anos e sua preocupação com ele era legítima como o de uma filha.

- Eu sei, Sakura, eu sei… Olha, eu agradeço sua preocupação e apesar de que eu vá seguir os conselhos da minha médica… - ele lhe sorriu novamente, demonstrando o orgulho que tinha em dizer isso para ela - ...infelizmente não é para isso que eu te chamei aqui hoje.

Sakura estranhou, mas nada disse, apenas se ajeitou na cadeira e aguardou o que quer que Kakashi poderia querer com ela agora. Seu Sensei levantou-se e caminhou até a janela cuja vista abria-se para a Aldeia Inteira e ao Monumentos dos Hokages, onde seu rosto estava terminando de ser esculpido junto aos de seus antecessores. Após uma breve pausa, o homem mais velho disse:

- Eu tenho uma missão que eu acho que só você poderá realizar, Sakura. Classificação S. Acho que você pode imaginar o quão ultra-mega-supremamente secreto isso é, não é?

A jovem mulher de cabelos rosas sentiu o ar ser expelido de seus pulmões com a surpresa, mas nem fazia ideia de qual cara tinha feito quando Kakashi a olhou novamente, em pé, do outro lado da mesa. Uma missão S? Mas...ela era uma médica ninja, suas missões agora incluíam cura e tratamento de diversos tipos de pessoas, as vezes de regiões inteiras, mas não entendia como isso poderia ser algo assim tão secreto. Ou tão perigoso.

- Sexto Hokage…. meu time está inteiro desfalcado: Naruto está em missão no País da Nuvem com a Equipe Guy desde o começo do mês e o Sai há tempos está se dedicando às atividades da Força Policial da Aldeia. E o Sasuke…

E Sasuke havia sumido.

Falar nele era difícil, mas ela não precisou continuar... Kakashi sabia exatamente como ela se sentia com isso e, para ser honesto, até partilhava com ela um pouco da frustração que a partida do Uchiha deixara. Ele fora, afinal de contas, seu principal discípulo… e ele também o perdera.

- Eu sei Sakura, mas essa missão será sua apenas... Você terá escolta até certo ponto, mas você deve se infiltrar e eu não consigo pensar em ninguém mais hábil do que você nisso. Já informei Tsunade sobre seu afastamento do hospital e assim que você estiver pronta, deve receber suas instruções e partir imediatamente.

Apesar de ser muita informação, ela sabia que estava perdendo alguma parte importante daquela história e foi exatamente esse o seu questionamento para Kakashi, que estava esperando algo assim. Talvez outro ninja não se sentisse com esta liberdade toda para questionar diretamente o Hokage, mas ambos sabiam que haviam detalhes cruciais da história que definiram a necessidade de ser Sakura a pessoa quem deveria executar a missão, seja lá o que fosse.

- Sexto Hokage… Kakashi Sensei… o que- o que houve?

Ele respirou profundamente, sentando-se novamente na frente de Sakura e deixando o corpo afundar contra a cadeira enquanto escolhia as palavras certas para isso. Não sabia como a jovem iria reagir, mas ela sem dúvida entenderia a urgência e a preocupação que ele tinha.

- Temos um problema com a Aldeia da Areia.

Kakashi deixou suas palavras chegarem até Sakura e apenas quando a luz do entendimento iluminou seus grandes olhos verdes, ele voltou a falar:

- Duas equipes se perderam em uma missão no País do Vento nos últimos meses e não conseguimos qualquer notícia deles. Eu preciso que você se infiltre na Aldeia da Areia, com o disfarce de ser uma médica aliada enviada para tratar um surto de doença que tem se alastrado e tente descobrir o que aconteceu com nossos shinobi. Sei que será perigoso, Sakura… mas não existe ninguém em quem eu confie mais para isso do que você.

A jovem de cabelos rosas engoliu em seco. Ela conhecia uma das equipes que partira em missão para o País do Vento e ainda não retornara...era a equipe de Shino Aburame, Kiba Inuzuka e Hinata. Hinata Hyuga. Sua amiga pessoal e a jovem por quem Naruto estava apaixonado. Parecia que um nó havia sido dado em seu estômago quando ela perguntou:

- Não temos nenhuma ideia do que possa ter acontecido com eles, Kakashi sensei? Qual era a missão deles, afinal de contas?

Kakashi a olhou pesadamente, sabendo o peso que suas palavras trariam e avaliando até que ponto deveria ir com Sakura...não podia enviar sua própria aluna para um local daquele sem ter nenhum tipo de conhecimento do que poderia encontrar, mas ao mesmo tempo receava qual seria sua reação àquele tipo de informação. Ela o acharia culpado? Mesmo que a decisão havia sido feita pelo Conselho?

- Sakura… o que você sabe sobre a Vila Oculta da Areia?

Ela fez uma pausa, reunindo as informações espalhadas que havia em seu cérebro para conseguir responder ao Hokage, mas no final percebeu que, apesar de ter uma ótima memória e ser excelente com todo o tipo de conhecimento, inclusive o político, não havia muito o que dizer sobre aquele lugar... Apenas que era a capital militar do País do Vento, assim como a Vila Folha o era do país do Fogo.

- Eu… não sei muito, na verdade. Acho que nos ensinaram pouco sobre essa Nação quando estávamos na academia.

- Isso não é a toa, Sakura. Por mais que não haja nenhuma aliança formal com nenhuma  Nação, sempre existiu - em termos políticos - alguns níveis de troca em época de paz entre as vilas… Você mesmo disse que Naruto está agora na Vila da Nuvem em uma missão diplomática com o atual Raikage de lá. As coisas têm sido assim desde o término da última Grande Guerra Ninja, mas há uns 20 anos atrás o País do Vento se afastou dos demais países completamente. O antigo Kazekage de lá, Sabaku no Rasa, depois de ter enfrentando algum inimigo que ninguém sabe ao certo quem era, perdeu a própria esposa e enlouqueceu. Rasa acabou falecendo algum tempo depois  mas até hoje a cidade é controlada por um Conselho conservador e purista. Nem preciso dizer o quanto eles são reticentes e desconfiados com estrangeiros, não é?

- E como eu vou me infiltrar lá então? 

- Eu já vou chegar até lá… bem, acontece que existe um antigo Demônio da Areia que as pessoas dizem que passou a Assombrar a Aldeia desde a morte do Kazekage: Shukaku, o Tanuki do Jarro de Chá...

- Mas…. Kakashi-sensei, isso não é… - Sakura não queria interromper nem parecer tão cética, mas ela já ouvira falar de algo assim quando era criança e talvez tenha lido em algum livro de historinhas, era um conto de fadas. Sem dúvida Kakashi captou a descrença em sua voz, pois ele logo cortou o assunto:

- Eu sei o que você vai dizer Sakura e eu concordo com você mas, de qualquer forma, seja isso uma história ou não, existe sim alguma coisa que acontece por lá há anos e fez com que a Aldeia da Areia ficasse inacessível à todas as demais Nações. Se for um demônio, uma criatura, um malfeitor ou um Shinobi Renegado que usa essa lenda para assustar as pessoas, no final, dá no mesmo, não é? 

Ela entendeu o ponto de vista de seu sensei e concordou com a cabeça, mas ainda não conseguia ligar o como aquilo chegava até ela. O Hokage, por sua vez, continuou sua narrativa, já parecia cansado daquele assunto e Sakura  imaginou que a qualquer momento aquela conversa acabaria.

- O Senhor Feudal do País do Vento sempre ofereceu uma quantia em dinheiro interessante para quem fosse capaz de livrar sua vila militar desse problema, mas nunca ninguém pareceu muito interessado em se meter nos assuntos deles... até o começo deste ano. Não sabemos bem o porque, mas o Senhor Feudal deles fez um acordo com o nosso e recebemos um pedido formal, contratando uma equipe de nossos melhores shinobis para cuidar do caso. Eu fui contra, mas o conselho da Aldeia achou que seria uma boa ideia aceitarmos inclusive para aproximarmos as relações diplomáticas de ambos os Países e então a Equipe Hideki foi para lá em seguida. Mas...eles nunca voltaram. Nem deram alguma pista. Alguns rastreadores só encontraram um resto de acampamento bem perto da entrada do Deserto e por isso nós enviamos a Equipe 8 para tentar encontrar alguma coisa sobre eles…. mas, de novo, só recebemos a informação de que eles estavam agora no território do País do Vento. Faz quase uma semana que recebermos esta confirmação, mas nada mais chegou desde então… Nós precisamos infiltrar alguém na Aldeia por tempo o suficiente para descobrir o que aconteceu com nossos shinobi. E o surgimento de uma epidemia parece ter caído como uma luva, por pior que isso seja, para conseguirmos a desculpa ideal de mandar você para lá...

A jovem médica nada disse, perdendo-se em pensamentos vacilantes que a fizeram abandonar a narrativa de Kakashi. Será que havia acontecido algo sério com seus amigos? Será que Hinata estava bem? Não conseguia nem imaginar a reação de Naruto quando chegasse na vila e descobrisse que algo assim aconteceu, ele partiria sozinho na mesma hora para tentar encontrá-la, mesmo que ele morresse de desidratação no deserto sem conseguir chegar a lugar nenhum. Ela não podia deixar isso acontecer com ele, precisava encontrar Hinata.

- ...por isso avisamos que estamos enviando ajuda médica. É como uma troca que nosso Conselho resolveu fazer com eles, já que não pudermos realizar a missão ainda, para que eles entendam que nossas intenções apesar de tudo são amigáveis. Tudo bem?

- Desculpe, eu me perdi. Por que eles precisam que enviemos um médico daqui? Eles não possuem hospitais?

O Hokage a olhou, não era típico dela ser avoada, mas aquilo tudo era muita informação e ao menos ela parecia muito mais animada a fazer parte daquilo do que ele imaginara que estaria… do que ele mesmo estava, para ser sincero.

- Porque eles vivem em condições primárias devido ao isolamento do País do Vento e qualquer doença mais grave que hoje em dia já curamos facilmente na maioria das aldeias, pode ser fatal para uma boa parte da população… Não deve ser nada pior do que uma virose, mas será uma boa oportunidade de você tentar encontrar alguma informação.

Estava apreensiva, mas em seu coração, ela sabia o que precisava fazer. Levantou-se de seu lugar e observou Kakashi fazer o mesmo.

- Eu irei preparar minhas coisas e irei partir ainda hoje, Sexto Hokage. Não se preocupe, eu vou descobrir o que aconteceu e trazer eles  de volta para casa…

Sakura abriu um sorriso no qual Kakashi queria ter mais esperanças. Por fim, ele a olhou profundamente e disse, olhando em seus olhos como se olhasse sua alma:

- Sei que sair um pouco da Aldeia vai fazer bem para você, Sakura, mas você ainda é minha aluna….e eu quero que volte em segurança, custe o que custar. Não tente ser a heroína aqui se alguma coisa sair do lugar, está bem?

E ela entendeu toda a preocupação dele, sabia que Kakashi não queria arriscar a garota que vira crescer...mas ao mesmo tempo, Sakura sentia vontade de se provar mais do que uma simples companheira de time dos famosos Uzumaki e Uchiha… especialmente se o Uchiha pudesse ouvir falar dela, seja lá onde estivesse.


Notas Finais


Aí está gente...no próximo capítulo a Sakura chega na Vila da Areia e alguns encontros emocionantes estão chegando. O que acham que vai acontecer?? Deixem seus comentários pq me ajudam mtooooooooo, vcs nem tem noção. Obrigada mais uma vez e até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...