História Jasmine - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia, Faculdade, Fantasia, Jovem-adulta, Mistério
Visualizações 8
Palavras 775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Mistério

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - O Nome Inimigo



Sou eu, Kikairus. Lembra de nós? Lembra do que você fez? Porque nós não esquecemos, e nunca esqueceremos. Ainda não acabou, ele está indo atrás de você.


Gritos e choros são escutados, e um grito em particular cobre todos os outros, dizendo: "KIKAIRUS!"




Jasmine acorda assustada e tremendo, mais um pesadelo ela teve. Ela tem tido bastante desses recentemente, a cada dia tem ficado mais intenso. Jasmine olha para o despertador, e vê que já passou da hora que ela tinha que levantar. Ela sai da cama com um pulo, e se arruma as pressas. Ela passa pelo seu gato correndo para o banheiro, enquanto Bolhas (Nome de seu gato) apenas acompanhava as correrias de Jasmine. Bolhas era um gato preto com manchas brancas em seu corpo, e um gato bem incomum.

Miau

-Agora não, Bolhas! Estou super atrasada! A professora vai me matar!

-Miau 

Bolhas abre e fecha a boca como um movimento de mastigamento. 

-Ah, sim! Desculpa, bem. Quase esqueço da sua comida, já vou botar, só deixa eu terminar de escovar esse cabelo.

Bolhas era um gato extremamente inteligente para qualquer tipo de gato, era surpreendente. Mas Jasmine não percebia isso, como se fosse totalmente normal um gato fazer movimentos de mastigação insinuando que quer comida. E isso não era a única habilidade única de Bolhas, ele fazia muito mais, como fazer suas necessidades no vaso, arrumar sua pequena cama, e até mesmo tocar piano! 

'Aqui está, cai de boca!' Disse Jasmine enquanto colocava a ração de Bolhas. Jasmine sai as pressas de casa, esperando pelo menos ainda pegar o primeiro tempo de aula. Jasmine estava fazendo faculdade de medicina, não porque era o sonho dela, mas porque ela via muitas pessoas fazendo.

Jasmine era ruiva com olhos castanhos, com uma simetría de invejar, oque fazia ela ser tão bela. Jasmine nunca usava maquiagem, ela não achava sentido nisso, ela dizia "Por que vou querer pintar minha cara se posso pintar um quadro?"

Ao chegar na faculdade, ela passa correndo pelo faxineiro dizendo 'Bom dia, faxineiro!', o faxineiro odiava quando Jasmine o chamava assim, em vez de chama-lo por seu nome. Jasmine fazia muitas coisas que irritava pessoas, mas ela nunca notava que ela as irritava. 

Ao entrar na sala de aula, ela rápidamente escolhe um lugar e se senta. Assim que ela se ajeitou no lugar, ela levantou a cabeça e disse para a sala inteira "BOM DIA", o que irritou a metade da sala e principalmente a professora Francesca que estava explicando algo a seus alunos.

-Prof. Francesca: Jasmine, você se importa de não me interromper de novo, por favor? 

Jasmine apenas levantou a mão e fez um gesto de joinha.

Jasmine observava que os alunos escreviam coisas em seus cadernos, mas ela nunca sabia o que ela deveria escrever, então ela simplesmente escrevia tudo que a Prof. Francesca falava, até mesmo as coisas fora do contexto. Fazer isso deveria ser quase impossível, já que a Prof. Francesca falava rápido demais, mas era fácil para Jasmine. Jasmine conseguia escrever tudo em uma velocidade não-humana, oque fazia muitos ao redor dela ficar à encarando. 

Enquanto Jasmine escrevia em seu caderno, uma dor de cabeça intensa ela sentiu. Um garoto atrás de sua cadeira chamou pelo seu nome de repente. 

Jasmine.

Jasmine se vira para trás e olha o garoto que tinha chamado seu nome, ele estava imóvel, com um rosto inexpressivo. 

'Diga, Pedro' Disse Jasmine.

'Eu estou vindo. Você não vai escapar. Não adianta tentar. Eu vou te alcançar.' Disse Pedro num tom de voz uniforme.

Jasmine se arrepiou. 'Quem é você?' O garoto de repente olhou para baixo e continuou fazendo oque ele estava fazendo antes. 

'Me diga, então! Quem é você?' Disse Jasmine indignada. 'Eu... Sou o Pedro. Isso é uma brincadeira, Jasmine? Não tenho tempo para isso, preciso prestar atenção na aula.' 

Jasmine entendeu que aquele que falava não era Pedro. Jasmine não ficou surpresa pelo fato de algo possuir seu colega bem na sua frente, de alguma forma aquilo pareceu bem normal para ela.

Jasmine continuava escrevendo em seu caderno, e mais uma vez, uma dor de cabeça mais intensa ainda ela sentiu. Ela abaixou a cabeça, e quando levantou, a sala inteira olhava para ela, inclusive a Prof. Francesca. Eles olhavam para ela com um olhar morto, inexpressivo. E todos falaram ao mesmo tempo 'Você será punida. Você será punida. Peste de Latorius. Amaldiçoada seja.' Logo depois destas palavras, todos voltaram ao normal como se nada tivesse acontecido. 

Jasmine estava indignada, mas não espantada. Ela se levantou, e saiu da sala, sem dar satisfações para a Prof. Francesca. A dor de cabeça ficava mais intensa a cada passo, até que um nome que ela temia inexplicávelmente veio a cabeça dela...

"Zatorus"


Notas Finais


Continuação da série apenas no Wattpad, nome de usuário "Lou-To-You"


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...