História Je t'aime II - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Alisson Becker, Marcelo Vieira, Marco Asensio, Marina Ruy Barbosa, Neymar
Personagens Neymar
Tags Filhos, Futebol!, Gravidez, Jogador, Londred, Paris
Visualizações 126
Palavras 1.056
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - 1- Valentin's day


Fanfic / Fanfiction Je t'aime II - Capítulo 1 - 1- Valentin's day

Meses antes de descobrir  a gravidez

••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••••
Assim que cheguei a Paris,não tive muito contanto com meu namorado,pois o mesmo estava treinando para uma partida contra o Real Madrid,a qual eu fui convidada a ir,tanto por meu namorado quanto pela minha mais nova amiga,a Cristal que conheci em Noronha.

Não viajei porque como havia acabado de chegar de viagem,estava muito cansada e prefiri esperar o Júnior  em casa. O jogo foi no dia de São Valentim,o dia em que é celebrado o amor,seja de amigos,família ou até mesmo namorado. Planejei uma festinha só pra nós dois,pensando que ele voltaria no mesmo dia.

Porém após o jogo,o qual o PSG perdeu de virada,os jogadores não conseguiram voltar pra casa e ficamos os dois lamentando. Até postei uma foto dos  presentes que ele me deu com uma legenda bem fofa,só pra ele se sentir feliz. Porque logo após a partida, ele começou a sofrer ataques de torcedores e de pessoas sem noção.

Na manhã seguinte, ele chegou muito cedo,eu ainda dormia. Acordei porque ele ficou me cutucando.

- Bom dia vida.- beijou meu rosto.

- Bom dia meu amor.- sorrir ainda meio sonolenta.

- Desculpa te acordar, é que eu preciso ver teu sorriso pra ficar bem.

- Aah meu amor.- me virei e o abracei.- sinto muito,é assim mesmo,você  sabe que não se pode ganhar tudo.

- É, eu sei.

- Então, tira essa cara triste.

- Vou tentar.

- Ok,quer dormir?

- Quero.

- Então vem.

Nos acomodamos e ficamos abraçadinhos,até que pegamos no sono.

Despertamos por volta da hora do almoço,me levantei primeiro, mas ele logo me seguiu e tomamos banho juntos,o que era pra demorar uns vinte minutos,durou um pouco mais de uma hora.

- Agora estou bem melhor. - ele disse me beijando.

- Eu também.

Ouvimos seu celular tocar e ele correu para atender. Se sentou na beirada da cama com o aparelho encostado na lateral do rosto.

- Oi Belle, sim sim,ela vai adorar te rever, ok...estamos indo.- desligou e colocou o iPhone de volta na cama.- Belle está nos chamando para almoçar com ela,aceita?

- Lógico,apesar de que eu sei que ela vai querer comer o meu fígado.

-Vai mesmo,mas ela também está com saudade.

- Eu também estou.

- Então vamos logo.

- Vamos.

Coloquei uma roupa apropriada para o frio violento que estava em Paris,era muita neve,dá até medo de sair de casa.

•••

- Sua mal criada.- Belle deu um leve puxão em meu cabelo.- que saudade de você garota.- a morena me apertou em um abraço quentinho.

- Saudade também Belle,me perdoa.- retribuí o abraço.

- Perdôo,mas tem que me dar uma máscara dessas que você usa.

- Te dou quantas quiser minha amiga.

- Vamos, entrem mais.- nos deu passagem em sua casa.

- Ana.-Thiago tinha um sorrisão para mim.

- Thi,quanto tempo. - o abracei também.

- Quanto tempo né?

- Né,sumiu.

- Foi preciso,mas não vamos falar disso, vamos matar a saudade.

- Isso mesmo.- meu amor concordou.

Conversei com as crianças, recebi abraços carinhosos e beijos no rosto dos dois,como era bom estar perto de pessoas maravilhosas como o Thi e a Belle.

- Nunca passou pela minha cabeça que tu era a tal girl the mask.- disse Belle.

- Que bom que a maioria não desconfiou.-sorrir.

- De quem foi essa ideia?- Thiago perguntou.

- Foi um dos colaboradores da London Fashion e eu gostei, porque eu seria famosa e ao mesmo tempo não.

- Que louco né? Quando vi que era você, eu fiquei hiper confusa, não queria acreditar.

- Nem eu Belle,o ruim é que agora eu não posso mais ir ao mercardo tranquila,nem fazer certas coisas que eu gosto, porém não estou achando tão ruim.

- Aparti de agora sua vida não será mais a mesma.- disse Belle.- vai morar aqui em Paris?

- Ainda não, eu e o Ney estamos namorando a pouco mais de um mês, é recente e meu contrato com a London Fashion foi renovado,depois que minha identidade foi revelada,minha popularidade subiu e depois que assumi meu namoro com o Ney então...

- E o que você acha disso Ney?- Ela se virou para ele.

- Não concordo muito,porém ela tem a vida dela e vamos fazer isso dar certo e Londres bem aí também.

- Verdade. Torço muito por vocês.

- Obrigada Belle,ter seu apoio,é muito importante pra gente.- lhe direcionei um sorriso.

- E sobre ter filhos,vocês pensam?- Belle me pegou totalmente de surpresa.

- Ainda é cedo,o Ney já tem o Davi,mas eu particularmente não quero ser mãe, quem sabe daqui a alguns anos meu pensamento mude.

- É, eu quero ter outro filho, de preferência uma menina,se a Ana não quiser ser mãe, talvez eu faça como o Cristiano Ronaldo.

Dei uma olhada mortal pro meu namorado.

Passamos maior parte do dia na casa de Belle e Thiago,foi ótimo tê-los por perto e abraça-los,ainda fiz o bolo de chocolate que o Thi adora e depois voltei pra casa.

- O que acha de jantarmos em algum lugar?- Ney perguntou na nossa volta pra casa.

- Estou cansada amor,a gente come em casa mesmo,fora que tá frio demais.

- Você está certa, vamos comemorar o dia de São Valentim hoje?

- Vamos sim.- trocamos uns beijinhos dentro do carro.

•••

Ney falou com a Ma sobre nosso jantar de comemoração,mas não ouvi o que ele mandara ela fazer. Tratei logo de ir me arrumar,íamos ficar em casa,mas eu tinha que ficar bem bonita pra ele.

Quando desci para a sala de jantar, me surpreendi com a decoração maravilhosa que estava,balões vermelhos, rosas,presentinhos, a mesa arrumada para duas pessoas, e ele mais a frente dentro de um terno. Deve ter se vestido em outro lugar,porque no nosso quarto, ele não entrou.

- Gostou?

- Eu amei seu bobo.- me joguei em seus braços e o beijei em seguida.- te amo.

- Eu te amo mais minha vida, vou fazer tudo diferente dessa vez.

- Eu sei.

Fiquei mais  encantada ainda quando vi que a pizza era em formato de coração.

- Eu sou romântico viu?

- Tô vendo e eu amei essa criatividade.

- Marcela me ajudou muito.

- Eu sei,você não sabe nem fritar ovo.

- Hahaha engraçadinha.

Os humilhados serão exaltados. Sempre achei essa frase uma piada,porque a minha vida só descia,nunca subia e alcançava o topo. Mas hoje vejo que faz todo sentido, minha vida levou um rumo totalmente inesperado por mim,algo que nunca passou por minha cabeça. Mas eu me sinto extremamente feliz assim. Tenho um emprego, amigos maravilhosos e um namorado que eu amo muito.


Notas Finais


Esse capítulo foi escrito a muito tempo. Espero que gostem,pra eu poder continuar a postar❤

Ana tem insta: @Mask_gilr22


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...