História Je t'aime II - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Alisson Becker, Marcelo Vieira, Marco Asensio, Marina Ruy Barbosa, Neymar
Personagens Neymar
Tags Filhos, Futebol!, Gravidez, Jogador, Londred, Paris
Visualizações 90
Palavras 1.399
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - 2- Madrid


Fanfic / Fanfiction Je t'aime II - Capítulo 2 - 2- Madrid

Ser a namorada do Neymar Júnior não era nada fácil, ainda mais que falam que roubei o lugar da Bruna,a queridinha do Brasil,será que eles sabem que a gravidez era falsa? Ou que ela infernizou minha vida?

Meu namorado/melhor amigo, trabalha muito,eu amei ter esses dias de "casado" com ele,o esperava chegar todos os dias,as vezes  a gente saía pra jantar fora,as vezes ficávamos em casa nos curtindo mesmo,porém, infelizmente minhas férias terminaram,eu tinha que voltar pra Londres,mas antes iria dar uma passada  em Madrid,prometi que visitaria a Cristal.

- Não concordo muito com essa viagem.- Júnior estava emburrado enquanto eu arrumava minha mala.

- Você não tem que concordar com nada,e eu vou só visitar a Cristal,não vou passar mais que dois dias.

- Vai que acontece com você,o mesmo que aconteceu com  a Cristal?

- É o que Neymar?-o encarei bem séria. - tá pensando que eu sou o que? Eu namoro com você e respeito o nosso namoro, então acho bom você me respeitar e o que aconteceu com a Cristal foi safadeza do Cristiano.

- Desculpa amor,só estou com ciúmes. - ele veio todo fofo pro meu lado.

- Acha que eu também não sinto ciúmes? Só de pensar em quantas mulheres são loucas por você, eu fico louca,por mim,eu te guardaria em um potinho.

- Eu te amo sabia?- começou a beijar meu rosto.

- Eu também te amo.

- Se comporta em Madrid.

- E você se comporta aqui.

Antes de ir para o aeroporto, nos amamos muito,não sabemos por quanto tempo vamos ficar separados.

- Te amo viu pequena.

- Te amo pequeno.

Meu horário escolhido para viajar foi de madrugada,o fluxo de pessoas era menor,ou seja, não tinha muita gente pra incomodar. Mas ainda assim apareceu umas meninas pra tirar foto com a gente.

- Tchau Ana,até a próxima. - disse Gil.

Ele veio junto com o Ney  me deixar no aeroporto.

- Tchau,até,vai me visitar em Londres,a casa é grande.

- Vou sim.

Dei um abraço nele. Pensei que nossa relação fosse ficar estranha,até porque já ficamos, mas por incrível que pareça, ele virou uma espécie de irmão.

Abracei muito o meu pretinho, beijei até não poder mais e enfim sair correndo para ir para o avião, que já tinham feito  a última chamada.

•••

Duas horas depois,eu já estava em solo espanhol,era minha segunda vez nesse país e primeira vez em Madrid. Biel odiou o fato de eu ter que viajar sozinha, segundo ele,eu arriscava muito a minha vida. Mas a Cris falou com o Cristiano e ele conseguiu alguns seguranças para mim,daí o meu melhor amigo, já ficou mais calmo.

Mandei mensagem pro meu namorado,avisando que eu havia chegado, prefiri não ligar,até porque provavelmente ele estaria dormindo e tinha um treino logo cedo.

Tomei um banho super relaxante,ter dinheiro tem muitas vantagens,a começar pelo hotel maravilhoso que me hospedei.

Assim que acordei,pedi meu café da manhã,tudo que eu tinha direito,pão, queijo, presunto,requeijão, muito café  e um pedaço enorme de bolo de chocolate porque eu amo.

Antes que eu terminasse de comer tudo,a maravilhosa da Cristal me ligou.

- Oi Ana,já chegou?

- Cheguei de madrugada.

- Nossa que rápida.

- Eu disse que viria,uma pena ser um dia depois do seu aniversário.

- Não tem problema, a gente comemora hoje,peço pra irmã do Cris ir com a gente.

- Que ótimo, as baladinhas daqui são legais?

- Não sei,a Kátia deve saber,vou falar com ela.

- Tá certo então.

- O que vai fazer o dia todo?

- Não sei,passear talvez, vou ver se encontro algum guia turístico por aqui.

- Sabe falar espanhol.

- Enrolo um portunhol.

- Que tal a gente sair pra almoçar e depois passear?

- Acho ótimo.

- Ok,quando der o horário passo aí no hotel, me manda o endereço por mensagem.

- Tá bom.

- Tchau. sea ​​bienvenida.

- Gracias.

Havia acordado tarde,então a hora do almoço não demorou a chegar. O dia não estava frio,então não era necessário roupas pesadas. Um vestido longo e uma jaquetinha eram o suficiente.

Cristal me mandou mensagem avisando que já estava a caminho do hotel e estava de uber, pediu que eu não demorasse.

Fiz uma maquiagem leve,borrifei um pouco de perfume e sair colocando minha bolsa em meu ombro.

Os seguranças me avisaram que iriam em um carro atrás do uber.

- Oi gente.- falei com Cristal e com a doce Rubi.

- Oi Ana.

- Oi tia.

Falaram respectivamente.

- Tudo bem?-perguntei.

- sim.- responderam juntas. - e você? - Cristal continuou.

- Bem.

- Espero que goste de Madrid.

- O pouco que eu vi,já gostei.

- Que legal amiga,porque você virá me visitar várias vezes.- sorriu.

- E vocês também têm que ir a Londres,minha casa é grande.

- Claro que vamos, só não te convidei para ficar comigo,porque a casa não é minha.

- Sem problemas. Fica tranquila.

Chegamos em um restaurante que eu fiz cara feia ao ver o nome e Cristal notou.

- O nome não é lá essas coisas,mas te garanto que é um dos melhores.- explicou.

Nossa mesa já estava reservarda e seguimos o maitre até uma área que podíamos contar com um pouco de privacidade.

Fizemos nossos pedidos e ficamos esperando.

- Como foi esses dias em Paris?- quis saber.

- Foi como um sonho sabe? - sorri toda boba.

- Imagino.

- Pareciamos casados,foi tudo tão maravilhoso.

- O ruim é que você não pode  morar lá né?

- É, mas ainda tá cedo, vamos nos ver sempre que possível e assim a gente vai levando até o dia que acharmos necessário juntarmos as escovas de dente.

- Tá certa, não pode ir fazendo as coisas na doida.

- Pois é, quero tudo com calma.

Nossos pedidos chegaram e começamos a comer e ajudar a Rubi a comer também.

- Tia,você me dá uma macala?- Rubi ficou me encarando.

- Uma máscara?

- Isso tia.

- Sim,a tia te dá uma máscara.

- Para com isso Rubi.

- Deixa ela Cristal, é só um bebê.

- Sou um bebê mamãe. - ela disse para a minha amiga que se acabou de sorrir da filha.

- Vamos tirar uma foto pra mandar pro tio Neymar?

- Vamos tia,goto dele.

Peguei meu celular e tirei uma foto minha e de Rubi e mandei pro Ney que visualisou na mesma hora.

Neymar: ela é tão linda,vamos ter uma filha tão linda quanto ela.

Ana: Sim,
ela é linda,não
sei se
vamos ter filhos.


Neymar: tá bom,vou contratar uma barriga de aluguel. 😂😂😂😂


Ana: nem ouse.


Neymar: te amo,não fica brava não.


Ana: Não estou brava,
te amo também.


Neymar: beijo na Rubi.


- Tio Neymar te mandou um beijo.


- Obigada,beijo pa ele também.


Rubi é tão fofa,que dá vontade de ter um bebê, mas eu não  me vejo sendo mãe, ser tia é uma coisa,gostar de  bebê e achar eles bonitos não me fazem querer ser mãe.


- O Neymar é doido pra ter outro filho né?


- Sim,mas eu não.


- Por que Ana?


- Eu não me vejo sendo mãe, é algo que eu não tenho vontade,mas isso não quer dizer que eu não goste de crianças, eu as amo,eu só não quero ser mãe.


- Isso é normal e ninguém tem que se meter na sua vida,eu sei que gosta de criança, vejo como olha com amor pra minha filha e outra,se você e o Neymar estão de acordo,tudo bem.


- Ainda bem que me entende.


- Que isso.


••••


A noite me arrumei toda e mandei mensagem pro meu amor só pra avisar que estava indo a uma balada com a Cristal e com a Kátia,era só pra gente se divertir um pouco e que eu não demoraria voltar pro hotel.


As meninas não demoraram a chegar. Nossa entrada foi liberada assim que demos nossos nomes, e fomos direcionadas para a área vip,fizemos pedidos de algumas bebidas e ficamos esperando no bar.


- Espero que goste de Madrid.- disse a irmã do cr7.


- Estou amando,uma pena eu já ter que ir embora amanhã. - lamentei.


- uma pena mesmo,Madrid tem tantas coisas lindas.


- Percebi,mas eu vou voltar.


- Vamos te esperar e dá próxima vez, você pode ficar lá  em casa mesmo.


- Ah,obrigada, também quero deixar meu convite para irem me ver em Londres.


- Eu vou sim,com certeza, queres almoçar lá em casa amanhã?


- Será um prazer.


- Prazer vai ser nosso Ana.


- Que isso.


Dançamos um pouco,bebemos mais,nos divertimos muito. Ia dar uma hora da manhã quando nos despedimos na porta do hotel com a promessa de que iria aparecer para o almoço na mansão dos Aveiro.








Notas Finais


Espero que tenham gostado. Seus comentários, é necessário, para eu saber se querem que eu continue.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...