1. Spirit Fanfics >
  2. .jealous >
  3. .começo

História .jealous - Capítulo 2


Escrita por: e jmaseul


Capítulo 2 - .começo


Jeongin sorriu travesso ao entrar na sala e avistar sua primeira vítima sentada no sofá de estofado fofo enquanto assistia atentamente um programa de variedades qualquer na televisão.

O rapaz estava com o cabelo bagunçado, uma blusa cinza e uma calça flanelada nas cores vermelho e preto. Jeongin se aproximou e praticamente se jogou em cima do rapaz.

Felix resmungou de dor quando o peso do maknae foi todo atirado em si, fazendo-o cair no sofá. Olhou para o rapaz e então abriu um sorriso fofo, exibindo a fileira de dentes branquinhos e alinhados.

- Acordou de bom humor? - O ruivo perguntou ao mais novo que riu em resposta.

- Bom dia, hyung. - Jeongin murmurou se ajeitando em cima de Felix que lhe acolheu, passando a mão por sua cintura e lhe puxando para ficarem com os rostos na mesma altura.

Jeongin apoiou a cabeça na curvatura do pescoço de Felix e fechou os olhos. Apesar de tudo, os mais velhos sempre lhe tratavam com o maior carinho e amor que tinham em seus corpos, todos eram seu porto seguro.

Eles entendiam o maknae como ninguém, sabiam quando era para deixá-lo sozinho para pensar, quando era para falar sobre coisas banais, quando era para terem uma conversa séria, sabiam quando o maknae precisava apenas de um abraço quentinho e carinho. Resumindo: eles conheciam o maknae como a palma da mão.

E sempre desmonstraram muito amor e carinho pelo mais novo do grupo. E Jeongin sabia mais que ninguém que Hyunjin sentia ciúmes disso, sentia ciúmes de Jeongin com os outros garotos.

Ele mesmo já havia admitido isso ao Yang.

E Jeongin iria usar isso contra Hyunjin, para que este aprenda que nunca se deve fazer ciúmes a ele. E também aproveitaria para receber atenção dos outros hyungs.

Logo as conversas altas preenchem a casa.

- Parece que todos acordaram. - Jeongin comenta ainda de olhos fechados.

- Uhum. - É o que ele recebe em resposta.

- Vamos tomar café? - Perguntou preguiçosamente.

- Vamos ficar mais um pouco aqui, sim? - Felix murmura sonolento - Você é tão quentinho.

Yang soltou uma risada fraca em resposta e Felix apertou-o ainda mais contra o próprio corpo.

- Felix, você viu o Jeongi... - Hyunjin trava ao ver os dois rapazes agarrados no sofá.

- O que dizia, Hyunjin? - Felix perguntou com a voz mais grave que o normal por estar deitado.

- Nada não - Hwang praticamente sussurrou e estreitou os olhos para Jeongin.

O que ele está aprontando?

Foi o que Hyunjin se perguntou. Jeongin sempre fugiu dos abraços e tentativas de carinho como aquela que estava acontecendo no exato momento.

E quando você pensa que está ruim, meu amigo, pode piorar dez mil vezes. Jeongin começou a se remexer no colo de Yongbok - este que soltou um suspiro sôfrego. O pequeno Yang se sentou no colo do Lee mais velho, rapidamente analisando as feições do mesmo.

- Te machuquei, Hyung? Me desculpe. - Jeongin fingiu inocência. - Estou tentando achar uma posição confortável.

Felix acenou com a cabeça com rosto ruborizado. Jeongin se remexeu ainda mais sobre o colo de Felix, que mordeu os lábios e fechou os olhos com força.

Felix não queria pensar no Yang de forma sexual, mas este não estava colaborando nem um pouquinho com isso. Jeongin enfim se aquietou para a alegria do Lee.

- Innie? Vamos tomar café como você pediu. - Felix deu a desculpa, não é como se não quisesse continuar ali. O fato é que ele estava um tanto excitado e não queria correr o risco de agarrar o garoto ali mesmo. Afagou os fios escuros do mais novo e passou a mão nas bochechas rosadas.

- Hm? - Fez a egípcia. - Ah, sim. Vamos lá. - Falou e se levantou de modo desajeitado.

Assim que os dois rapazes já estavam de pé, direcionaram o olhar para Hyunjin, que permanecia no mesmo lugar ainda olhando-os de uma forma raivosa.

Jeongin sorriu se fingindo de inocente, agarrou o braço de Felix que olhou-o de modo carinhoso e depositou um selar nos fios castanhos com cheirinho de morango.

- Vamos comer. - Jeongin puxou o Lee para a cozinha deixando Hwang embasbacado para trás.

Ele estava supreso e com uma pontinha de ciúmes. Não conseguia ver aquelas ações sem pensar em muita besteira.

Por que diabos o Jeongin estava no colo de Felix? Por que o Lee estava segurando a cintura dele daquela forma? Por que Felix parecia tão nervoso de repente?

HyunJin estava a ponto de explodir de raiva, e nem sabia o porquê.

Depois de todos terem sido devidamente alimentados, se sentaram na sala e começaram a discutir sobre o que iriam fazer naquele dia. Haviam ganhado alguns dias de férias, então decidiram que iriam aproveitar ao máximo esses dias. Depois de alguns poucos minutos de debate, decidiram que iriam assistir à um filme. Se diviram em três grupos: um para comprar besteiras para eles beliscarem enquanto vêem o filme, outro para decidir o filme que iriam assistir, e o outro arrumaria os cobertores e travesseiros na sala para que eles fiquem confortáveis enquanto assistem.

Ao que os baldes de pipoca e porcarias ficaram prontos, todos se juntaram em baixo das cobertas e se deitaram - alguns no sofá e outros no chão, - Christopher finalmente deu play no filme de super-herói.

Jeongin e Felix se encontravam lado-à-lado no chão. Yang com a cabeça apoiada no ombro do amigo, enquanto tinham as pernas enroscadas. O Lee de vez em quando levava pipocas aos lábios de Yang.

Hyunjin estava pouco ligando para o filme. Ele se encontrava atrás dos dois garotos e observava as ações dos dois com uma carranca terrível.

Até que ele tem uma ideia. Se levanta e separa os dois com as mãos, se sentando entre estes. Cruzou os braços e fez um biquinho emburrado. Felix olhou para o Hwang e depois para Jeongin que já o olhava. Perguntou silenciosamente se o Yang sabia de algo, mas o outro apenas deu de ombros.

Por dentro, Jeongin estava fazendo festa. Conseguiu deixar o outro com ciúmes.

Mal sabia hwang que isso estava longe de acabar.

- O que aconteceu, hyung? - Jeongin perguntou debochado.

- Nada, por que acha que algo aconteceu? - Hyunjin lhe respondeu sem olhá-lo nos olhos.

Jeongin riu, e se virou novamente para assistir o filme.

Isso é só o começo, querido Hyun. Ele pensou consigo.


Notas Finais


Finalmente postamos o primeiro cap, agradeço a minha mãe e a todos que acreditaram que eu iria conseguir, dois bjs

Se tiver algum errinho, relevem pfvr

Obrigada por ler e até o próximo cap <33

nossos perfis: @eLEEsabe e @jmaseul

Beijos <33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...