História Jeff x Liu: a história não contada - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Tags Novela Drama Jeff X Liu
Visualizações 42
Palavras 1.089
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Terror e Horror, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Eeeeee
Desculpa, DESCULPA
Eu demoro pra postar ... sorry
Mas, MAS, já aviso q daqui a pouco tera suruba
Yep
My friend ( q quase me mata td santo dia) pediu
Serà q é nesse capítulo ? Ou no outro ???
Ngm sabe ... nem eu hehe

Capítulo 8 - Eu sou o homem!


Liu Pov:

Pego Jeff e o levo para dentro, deixando um Slender ben ( tendeu?) puto lá fora.

No caminho entre os corredores Jeff me pergunta:

J- Desde quando vc comprou essa casa?

L- Mhmm ... acho q uns 10 anos atrás ..

J- maseoque?! Como assim ???

L- Ah, é q desde o dia q vc enlouqueceu eu estava a sua procura, esperei minha recuperação e matei a tds naquele hospital, para poder começar o mais rápido possível sua busca, eu queria te ver mais que tudo ...

Percebo q ele cora e eu sorrio:

J- Obrigada ...

L- Não ha porquê, eu te amo!

Chegamos na sala e o jogo no sofá:

L- E te quero todinho para mim! ...

Ataco seu pescoço deixando marcas bem vermelhas na pele branca de meu irmão. Já q aquele pequeno acidente na piscina nos fez tirar a camisa, me poupou esse trabalho, seus mamilos estavam desprotegidos e vermelhos, pareciam q estavam implorando por atenção. Começo a chupa-los e massagealos, ali era um ponto fraco do nii-chan, sabia disso desde criança.

Jeff gemia loucamente, paro um pouco para ele respirar e eu também:

J- C-como ... vc ... faz isso ... tão bem?

L- Simples, como o homem da relação, devo pelo menos saber chupar e estocar bem não é?

Ele acena concordando, e fica em silêncio pensativo :

J- ...

L- ...

J- COMO ASSIM HOMEM DA RELAÇÃO?!? Quem disse?

L- Eu mesmo ( e sites feitos por fujoshis e fudanchis)

J- Eu discordo! Quem é q gemeu loucamente para MIM a 2 capítulos atrás?

L- Bem ... isso ...

Coro violentamente:

J- Eu q sou o seme, seu uke safado.

L- NÃO, eu sou o mais velho, por isso sou o seme!

J- NEM A PAU JUVENAL

L- Se lembra quando a gente era pequeno e vc ... ( au: isso não, vai ser espoiler)

Narradora on:

Jeff e Liu discutiram por um tempo, mas acabaram decidindo fazer uma competição, quem vencesse mais desafios seria o seme.

Depois dos dois botarem camisas ( pois cada um era mt possessivo e ciumento), foram para a floresta, lá fizeram tiro ao alvo de ... facas! Proposto por Jeff, q obviamente venceu por sua experiência, o próximo foi novamente tiro ao alvo, só que com armas, já q Liu propos isso e usava arma ( au: é minha imaginação ) ele venceu, empatando o platar.

Algumas competições irei citar aqui, juntamente com o vencedor:

- Corrida, Jeff

- pulo mais alto, Liu

- risada psicopata, Jeff

- Nado, Liu

- eeee, quem pisca primeiro... sim, o Liu propos isso, o q foi um tanto idiota já q o Jeff não pisca, o fazendo ganhar esse ponto

O dia inteiro se resume aos dois irmãos apostando um contra o outro para ver quem ficaria por cima na hora X, o q resultou em muita diversão e risadas verdadeiras, pois mesmo competindo um contra o outro eles eram irmãos, e se amavam mais que tudo.

Já era noite e eles ainda estavam empatados, 29 a 29 (au: calculem ai quantos jogos foram, o primeiro a responder tera uma participação especial na fic se quiser :3 ). Os dois estavam mortos de cansados mas só parariam quando um vencesse dois seguidos, até q Liu propos:

L- Ei Jeff, que tal esse ser o último desafio? Já está 29 a 29

J- Concordo .. é a sua vez de escolher, o q será ?

L- Fácil, videogame, vamos jogar um vs um, o clássico pvp

J- Moleza

L- Só QUE, estaremos dopados com viagra

J- MAS É O Q?

L- Isso q vc acabou de ouvir, quem não resistir aos efeitos será o uke, não é justo?

J- É ... até q faz sentido ...

Mini quebra de tempo:

Depois de arrumarem tudo, escolheram seus personagens e pegaram a droga, disseram boa sorte ao outro e injetaram.

O jogo começou, um apostando sua dignidade de gay no jogo. Os primeiros minutos estava tudo normal, a coisa começou a esquentar quando os efeitos começaram. Ambos começam a ficar corados e ofegantes, Liu olha de relance para a calça de Jeff, onde o mesmo tentava inutilmente esconder a ereção , olha para seu amiguinho já acordado, estava na mesma situação. Jeff começa a rebolar um pouco no sofá, pelo incomodo q sentia por causa da calça, Liu imaginou q seu membro estivesse latejando para tal. Estava imerso em seus pensamentos quando sente uma pontada, o fazendo gemer um pouco alto e começar a esfregar suas coxas para tentar fazer parar.

Com pouquissima concentração no jogo, percebeu q o avatar de Jeff havia parado, olhou para seu amado irmão e ... já era tarde demais.

Jeff se joga em Liu totalmente manhoso, o beijando com vontade e paixão. Nenhum dos dois estava aguentando, eles só queriam poder sentir seu amado o mais rápido o possível.

 Liu que pouco estava se importande se perdeu ou não já comecou a agarrar a bunda de Jeff, e o mesmo retirar sua camisa. Até conseguirem retirar todas as peças de roupas, já estavam completamente duros e não aguentavam nada, quem os visse assim seria a chance perfeita de mata-los.

Liu vai até Jeff e agarra seu membro o fazendo soltar um gemido arrastado, começa a masturba-lo alternando no lento e rápido, o torturando. Jeff se joga no pescoço de Liu e ali começa com mordidas, chupões e lambidas, deixando mais marcas vermelhas desde a última vez.

Liu enfia seus dedos na boca de seu irmão e o mesmo o chupa os deixando bem úmidos. Ele pega Jeff o puxando para seu colo e penetra um dedo, o fazendo soltar um gemido de dor mas q logo é substituido por um de prazer, enfia o 2 e começa com movimentos de tesoura:

J- Awwww ... L-liu ...

Com aquilo Liu enlouqueceu, retirou seus dedos do menor recebendo um resmungo em troca mas sem aviso o penetra. Jeff grita de dor e prazer, aquilo doia pra cacete mas ... também era ótimo. Liu rebolava procurando por seu ponto fazendo seu querido irmãozinho gemer sem parar. Finalmente havia atingido sua próstata, Jeff grita de prazer, aquele era a melhor coisa q havia sentido, aquilo lhe agradava mais do que retirar vidas inoscentes, era ótimo sentir assim seu irmão. Liu já estocava loucamente o cú de jeff, q era apertado e quente, cada vez q estocava era um gemido do outro. Os dois estavam ofegantes mas felizes:

J- N-nii-san ... e ... eu vou ...

L- Vamos ... juntos...

Os dois se desmancham, Jeff na barriga de Liu e ele em seu interior. Jeff cai em cima de Liu o beijando:

J- Eu te amo nii-san...

L- Eu também ...

Se beijam novamente e se abraçam virados um para o outro, o mais velho acariciando os cabelos negros do mais novo ...

Até q ambos pegam no sono ...







Notas Finais


Noxa, não ficou NEM um pouco parecido com o q eu queria mas ... ta aì
Tomem limonada seus safadenhos
Daqui a pouco saberam mais sobre o passado dos irmãos
Até !
~Yuu-senpai


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...