1. Spirit Fanfics >
  2. Jelena: The Story >
  3. As Long As You Love Me

História Jelena: The Story - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Gente, esse cap vai ser praticamente um POV do Justin, só q eu q vou narrar!
Espero que gostem e ahh, para os selenators, calma aí, já vai ter um Cap inteiro mostrando a perspectiva da Selena. Vai ser o próximo, o 18 no caso...
*Ah, uma outra coisa, quem sabe a cronologia de Jelena, só para atualizar vocês, estamos em outubro de 2012, então já vão se preparando para ter um infarto nos próximos caps!

Capítulo 17 - As Long As You Love Me


Fanfic / Fanfiction Jelena: The Story - Capítulo 17 - As Long As You Love Me

Selena estava estarrecida. Não conseguia responder. Ainda por cima ver os olhos ansiosos de Justin a encarando esperando por uma resposta a destruía. Ela queria dizer sim. Mas não conseguiu. 

- Justin... Eu... 

Ele percebeu o desespero em seu olhar. Seus olhos começaram a latejar e ele fez esforço para não chorar. Ela não queria se casar com ele. 

- Fala alguma coisa... - Ele disse se levantando. 

- Eu não posso aceitar Justin... - Justin sentiu seu corpo tremer. - Eu te amo muito e quero que continuemos juntos, mas somos muito novos e eu não sei se... 

- Não sabe o que? - Justin fez força para não chorar. 

- Eu ando meio insegura com o nosso relacionamento só isso. - Selena foi o mais sincera possível. - Por isso não posso aceitar isso agora... Você entende?

Ela pegou nas mãos de Justin, que tirou-as brutalmente. 

- Eu não quero estragar o que temos. Eu só preciso pensar... 

- Você queria uma prova que eu te amasse. Se eu quisesse ir à festas e te trair com putas, não te pediria em casamento. 

- Eu não quero voltar nesse assunto... 

- Tá tudo bem. Você não precisa aceitar esse pedido.

- Você vai terminar comigo? - Sel disse.

- Não. Tá tudo bem. Agora vamos?

- Vamos. 

Saíram do restaurante sem estar de mãos dadas. Justin ia um pouco mais a frente andando em passos largos. Eles entraram no carro e ficaram em silêncio. 

Quando estavam se aproximando da casa de Selena, ela percebeu seus olhos cheios de lágrimas. Foi ficando vermelho e ela não conseguiu deixar de reparar em suas lágrimas escorrendo pelo rosto. 

- Justin... 

- Tá tudo bem. 

- Olha, eu não estou te dispensando da minha vida! Eu quero continuar com você, acontece que não temos nem 21 anos! Somos jovens, temos muito o que viver! 

- Eu achava que você já soubesse o que queria pra vida. Ou pelo menos tivesse certeza que essa merda que temos é pra sempre. Sei lá... 

Selena ficou calada. Não queria discutir. Quando eles chegaram na casa de Selena, ela até tentou o convencer a passar a noite ali, e pela primeira vez na vida, ele recusou sexo. 

Foi embora para casa e teve a profunda certeza que beberia até o amanhecer. 

Estacionou seu carro na frente da casa, dispensou os funcionários e foi até o bar. Pegou algumas garrafas de vários tipos de bebidas e se jogou em seu sofá. 

Ao mesmo tempo que não queria pensar nem chorar, não conseguiu deixar de se acabar ali mesmo. 

Selena é tudo o que importa para ele. Seus próprios pais o traíram, ele não tinha amigos verdadeiros, era ridicularizado constantemente como profissional e agora viu que a única coisa que restara para ele se apoiar não sentia o mesmo que ele. 

Ela não consegue confiar em mim. Não me deixa ter amigas mulheres e tudo vira motivo de briga. Deve ser por isso que não aceitou. 

Ela não confiava nele o suficiente para se entregar 100%. 

Realmente, Justin não tinha ninguém.

 

Mesmo ainda com raiva de Scooter, Justin tinha dois clipes para produzir. As Long As You Love Me era o primeiro e eles aceitaram trazer uma proposta completamente diferente. 

Ele faria um casal com a atriz Channel Celaya, e no clipe, seu pai proibiria os dois de continuarem namorando. O clipe mostraria alguns momentos do casal e o momento onde tentariam fugir para viver uma vida juntos. Só que o pai dela os encontraria. A levaria pra casa e daria uma surra em Justin. 

Ryan e Scooter gostaram muito da ideia é logo as gravações iriam começar. Ryan, que era amigo de Justin, resolveu se arriscar e perguntar a Justin sobre Selena. 

- A ideia da Alisson (nova produtora) é muito boa. O clipe vai ficar incrivel! Mas andei pensando, Justin... Você sempre comenta sobre o quanto a Selena é ciumenta. Se achar que a proposta do clipe for prejudicar a relação de vocês e quiser mudar, tá tudo bem. 

- Ela também tem os clipes dela. Não pode se meter no meu trabalho. - Dava para perceber certa raiva em sua voz. - E outra, o que tem de mais no clipe? 

- Ah, sei lá mano... Talvez você aparecer beijando o pescoço de uma garota na cama dela pode irrita-la. Sem contar que estamos falando de Channel Celaya. Gata pra caralho! 

- A Selena não manda em mim. Bom, aonde a Channel está? Quero conhecê -la antes de gravarmos o clipe. 

Ryan então o levou ao camarim, onde Channel provavelmente estaria se arrumando. Eles bateram na porta e a cabeleleira abriu. 

- Justin! Que bom que veio! A Channel queria mesmo falar com você antes do clipe. Entra! Ela tá terminando a maquiagem. 

Justin entrou no camarim e logo viu Channel sentada numa cadeira enquanto uma maquiadora a produzia. Ela logo o reconheceu e se aproximou dele. 

- Justin! Finalmente te conheci! Muito prazer... Eu sou Channel Celaya. 

- Prazer... - Justin deu um sorriso simpático. - Animada para o clipe? 

- Sim, muito! Quando descobri que contracenaria com Justin Bieber quase tive um surto! 

Justin soltou uma risada. Imaginou que Channel fosse uma garota fútil e mimada. Ela era muito gente boa... e gata pra caralho, como Ryan dizia. 

Eles continuaram conversando e Justin gostou muito de Channel. Logo, a diretora do clipe os chamou e foi explicando as cenas. 

- Ok! Primeira cena que vamos fazer é a do Justin na sala escura tentando ligar pra Channel. Justin, se diriga ao set 2. 

Quando Justin já estava lá, a diretora continuou: 

- Agora, como ensaiado, você vai entrar em grande estilo, cara de sofrimento. 

Todos no set riram. Justin reproduziu, o que ficou engraçado. 

- Nem tão sofrido assim, anda! 

Ela gostou na segunda vez, e ele foi se aproximando do local onde ficava o telefone.

- Pronto, sua entrada está perfeita! Agora, você vai ficar tentando ligar e depois, como não foi atendido, vai soltar o telefone com um pouco de raiva mas nem tanto. - Justin reproduziu. - Isso, agora vai se afastar do telefone já cantando... 

No primeiro dia de gravações, Justin gravou poucas cenas. Essa do telefone, a segunda dele correndo num corredor, ( Justin achou estranho, mas Alisson lhe garantiu que ficaria legal.), uma outra onde cantava com um pouco de drama, e a última cena do dia, onde ele conversaria com o ator que fazia o pai de Channel. 

Channel, portanto, teve apenas uma cena no primeiro dia. Ela sentada no chão de seu quarto como se estivesse chorando, vendo o telefone tocar. 

- Bom gente, é isso no primeiro dia! - A diretora comunicou a todos. - Amanhã, faremos todas as cenas de casal entre Justin e Channel, vocês vão trocar de roupa muitas vezes. E no 3o dia, teremos a cena de fuga com o carro, chamaremos os dançarinos e faremos a cena onde o pai de Channel bate em Justin. Então preparem-se! 

Todos saíram do set e foram fazer um lanchinho, e durante esse tempo Justin e Channel conversaram sobre as gravações que fariam no dia seguinte. 

- Acho que vai ser meio louco para as suas fãs... - Channel comentou. 

- Como assim? - Justin perguntou. 

- Sei lá, ninguém está acostumado a ver Justin Bieber e insinuação sexual juntos num clipe. 

- É, mas acho que elas vão gostar! - Justin disse descontraído. 

- Tenho certeza que sim! E será bom pra você desmistificar essa imagem de garotinho inocente que canta baby! 

- Essa é a intenção, Channel... - Ele sorriu. - Só digo uma coisa pra você... - Ela o encarou curiosa. - Cuidado para não se apaixonar! 

Channel soltou uma gargalhada e deu um tapinha no ombro de Justin. 

- Eu não preciso disso, seu ogro! - Ela brincou. 

- Só estou dizendo isso porque eu sou irresistível. 

- Convencido! 

Eles se deram muito bem e foram aos poucos se tornando amigos. 

No segundo dia de gravações, Justin e ela estavam no set às 5 da manhã, pois fariam cenas ao nascer do sol. 

Quando estavam já posicionados, a diretora foi dando as ordens:

- Justin, pega a Channel no colo. 

Justin e Channel tentaram disfarçar as risadas e Justin obedeceu. Channel era leve como uma pena.

- Caramba, você come muito ein! - Ele brincou. 

- Para de graça, eu sei que sou leve. - Channel riu. 

- Agora... - Disse a diretora. - Você vai gira-la com ela em seus ombros. - Justin reproduziu. - Isso mesmo. 

Na proxima cena, ainda no mesmo lugar, os dois observariam a paisagem, dariam risadas juntos e por fim, estaria na hora de se beijarem. 

- Ok. Podemos fazer um beijo técnico. - A diretora comunicou. Depois que os dois fizeram, ela continuou. - Agora, a Channel vai ficar um pouco mais a frente de Justin. Isso. Justin, abrece-a por trás e beije seu pescoço. 

Justin obedeceu e ao fazer isso sentiu algo estranho. Imagina quando Selena ver esse clipe... 

As próximas ordens foram para eles se sentarem numa calçada. Dariam beijos e ficariam como qualquer casalsinho bonitinho de filme americano. 

- Ótimo! - A diretora elogiou. Pediu para a produção pegar as bicicletas, onde os dois andariam juntos. - Peguem na mão um do outro! Isso! 

Terminaram algumas cenas que fariam ao ar livre e almoçaram. Justin e Channel conversaram sobre as cenas que fizeram e como eu disse, estavam se dando muito bem. 

Depois do almoço, seriam as cenas mais difíceis de fazer. As da cama de Channel.
Se dirigiram até o local, e todos perceberam o nervosismo dos dois. 

- Sejam o mais naturais possíveis. - Ryan aconselhou. Otimo, se eu for natural, vou ficar excitado caralho! 

Eles se posicionaram e fizeram a primeira cena. Estavam abraçados na cama fazendo tatuagens com lápis de olho nos braços e mãos. Até aí tá tudo bem. 

- Próxima cena! - A diretora ordenou. - Agora, coloque a sua perna em cima de Justin. - Channel obedeceu. - Acaricie seu rosto. Isso, Justin sorria pra ela! Olhem-se como se estivessem apaixonados. 

Justin obedeceu e olhou bem nos olhos dela, enquanto sorriam e davam risadas. Ah se eu estivesse solteiro... 

- Isso! Agora, fique em cima dela, Justin. Movam-se na cama como um giro de 360°.
Justin e Channel se seguraram para não rir. 

- Tire a camiseta, Channel! - Justin tentou olhar pro teto, mas não teria como não acabar vendo Channel de sutiã no set. - Agora, Justin fique em cima dela. Channel, uma mão sua vai em no pescoço dele e a outra nos braços. Se beijem! 

Os dois obedeceram e Justin não conseguia mentir. O doce toque de Channel estava o desconcentrado. Eu tenho namorada. Eu tenho namorada. No fundo, estava se arrependendo do clipe só de imaginar a reação de Selena. 

- Agora, a produção vai filmar apenas a mão de Channel acariciando seus cabelos, então fique numa posição onde ela consiga ficar por baixo. 

- Fingindo uma transa, tipo isso. - Ryan comentou fazendo todos no set rirem. 

Eles foram obedecendo as ordens da diretora. Na proxima cena, Channel seria fotografada por Jutin numa posição um tanto quanto sexy. Depois, ainda abraçados na cama, Justin acariciaria sua coxa. Ao fazer isso, com um leve receio, ele sentiu Channel se arrepiar. E não era só ela. 

- Bom, por hoje é só, vocês fizeram um ótimo trabalho! 

O terceiro dia de gravações foi o mais legal para Justin. Na primeira cena, o pai de Channel veria as tatuagens de lápis de olho na mão de Channel. Depois, ele entraria no quarto vazio, e ao perceber a fuga, correu até seu carro para acha-los. 

Na proxima cena, Justin a encararia do lado de fora da janela e os dois fugiriam juntos. Os filmaram entrando no carro, fugindo pela noite e por fim chegando no local onfe o pai de Channel os encontraria. 

- Agora, Justin vá para o camarim. Farão a sua maquiagem. 

A maquiadora transformou Justin num cara com o olho roxo, o rosto todo machucado e sangrando. 

Justin filmou a cena onde cantaria o coro da música todo ensanguentado, depois levaria uma surra do "sogro". Nessa cena, eles também usam um cover. 

Channel também tenta separar a briga, mas no fim, Justin cai ensanguentado e Channel é levada a força pra casa.

- Vocês foram muito bem! Agora filmaremos a última cena! Big Sean, pode entrar!

Justin cumprimentou o colega e eles começaram a cena. Os dois contracenaram com dançarinos e no fim, a coreografia ficou muito boa. 

- Gente, finalizamos! - A diretora comemorou. - Finalmente ein! Vocês se saíram muito bem, em 2 semanas apresentamos o resultado final! Podem chamar pessoas próximas pra assistirem o clipe em primeira mão, ele vai ao ar em um mês! 

Justin e a equipe finalmente saíram do set, e como de costume, foram lanchar alguma coisa. 

- Foi demais! - Big Sean comemorou. - Vai ser o seu melhor clipe, sem dúvidas! Agora, preciso ir! 

- Obrigado, cara! - Justin se despediu. 

- Foi incrível mesmo justin, se tiver mais trabalhos saiba que eu adorarei participar! - Channel agradeceu. 

- É claro, pode deixar! Não achei que ia me dar tão bem com você... 

- Hum, eu também não haha! Você é mais divertido do que eu pensava... 

- Escuta, me passa o seu número, eu não quero perder o contato... 

Channel e Justin trocaram os números e conversaram mais um pouco antes de irem embora. 

Se despediram, e Justin foi direto ao aeroporto, pois no dia seguinte tinha um show em Nova York. 

Durante o vôo, só conseguiu pensar em como a namorada reagiria ao clipe de As Long As You Love Me.

 

Justin continuou fazendo a Believe Tuor em Outubro daquele ano. Os shows estavam se saindo bem e ele não teve mais problemas depois do que ocorreu no primeiro. Tá, talvez ele tivesse problemas com paparazzi, mas isso sempre foi rotina. 

Para ser sincero, Justin não estava 100% feliz. Decepcionado com os pais e ainda em crise no relacionamento com Selena.

Quando ele acha que nada poderia piorar, lhe atinge uma bomba. 

Desde 2010, Justin tinha um relacionamento especial com uma fã. Seu nome era Alavanna e ela tinha um câncer terminal. Quando Justin a conheceu, ela tinha 5 anos e assim que descobriu de sua doença, fez de tudo para realizar seu sonho. Se casar com Justin. Por isso, seu nome mudou-se para Alavanna Bieber, a senhora Bieber. Justin nutria muito carinho por ela, e sempre que podia, ia visitá-la. 

Até que um dia, foi tarde demais. Assim que Scooter o avisou que Alavanna estava na UTI, Justin correu ao hospital. Felizmente, não tinha show nenhum e poderia ficar o tempo que fosse necessário com ela.

Assim que Justin pôs os pés no hospital, a mãe de Alavanna veio chorando ao seu encontro e o abraçou.

- Justin! Que bom que veio. Ela não via a hora de te ver! 

- Como ela está? 

- Ah, Justin... - Ela soluçou. - Minha filha está morrendo. 

Justin sempre soube que uma hora ou outra isso iria acontecer. Mas não agora. Ele não estava preparado. 

Justin então entrou no quarto e se aproximou da maca de Alavanna. 

- Senhora Bieber? 

Alavanna, que assistia TV, se assustou com a sua voz e quase pulou da cama. Abriu um enorme sorriso e o abraçou. 

- Justin! Finalmente você veio. 

- Você achou mesmo que eu não viria? - Justin fez cosquinhas nela, fazendo-a rir. 

Alavanna então mostrou-lhe suas bonecas e os desenhos que fez. Eles passaram a tarde inteira juntos e quando chegou a noite, Alavanna não queria que Justin fosse embora. 

- Eu não posso ficar nem mais um minuto com o meu marido? - Ela disse bravinha. 

- Ele precisa ir, filha... - Disse a mãe. 

- Mas... - Ela tentou rebater. 

- Vamos fazer assim. - Justin interviu. - Você, como boa esposa que é, me leva até o estacionamento, certo?

- Pode ser! - Ela exclamou empolgada. 

Justin então pegou-a no colo, e a pedido dela, tiraram uma foto juntos. 

Eles foram até o estacionamento, onde se despediram. No carro, Justin e Ryan conversavam sobre uma ideia que Justin estava tendo, para ser a última surpresa que ele faria para Alavanna. 

- Eu quero que ela seja a belieber a que eu vou cantar Only Less Lonely Girl no show de amanhã.

- Ótima ideia! Podemos colocar isso até no documentário. 

- Eu não quero me exibir como o cara que faz caridade, então toma cuidado com relação à isso. 

- Claro... 

- Eu preciso fazer alguma coisa à ela. Antes que seja tarde. 

- Acha que ela não vai durar muito?

- Os dias dela estão contados, Ryan...

 

Ryan conseguiu fazer o que Justin pediu, e tudo estava dando certo. Alavanna estava empolgadissima, e Justin não via a hora de chegar na parte de Only Less Lonely Girl.

Fez o show normalmente, e então chegou a hora. Alavanna chegou numa cadeira de rodas, enquanto Justin começou a cantar. 

Era incrivel vê-la emocionada daquela forma, com os olhinhos marejados sorrindo para ele.

As fãs na plateia estavam derretidas e aquela foi uma das melhores experiências de sua vida. 

Portanto, a notícia que recebeu durante aquela madrugada o destruiu. Alavanna se fora.
Justin só conseguiu chorar silenciosamente e lembrar do quanto aquela garotinha significava pra ele. 

Justin não entendia o porquê de uma menina inocente que acabara de começar a vida morrer daquela forma. Era de cortar o coração. Ele se sentiu completamente fraco, impotente. 

A morte de Alavanna acabou com ele.


Notas Finais


Um dos propósitos que eu tenho pra essa fic, é mostrar o lado bom de Justin...
Entender esses problemas q ele passou no fim de 2012 é fundamental pra entender seus comportamentos escrotos de 2013/14. Não que seja justificável, mas sim, compreensível♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...