História Jenova Project (STEREK) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Brett Talbot, Derek Hale, Isaac Lahey, Melissa McCall, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski
Tags Scisaac, Sterek
Visualizações 75
Palavras 1.074
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa noite! Mais um capítulo disponível!! Espero que gostem!

Capítulo 9 - Parte 9.


- Ele está na sala e quer te ver. 
- Então eu vou. - Disse. 
- Mas... - Ele fez uma pausa pois estava nítidamente aflito. - Você tem certeza? 
- Sim, faz um tempo que quero estar frente a frente com ele. 
- Derek me prometa que não vai fazer nada. - Ele disse com um olhar avisado. - Pelo menos não ainda. 
- Eu prometo. 
Saímos do quarto em que estava e encontramos Isaac e Scott. Stiles preferiu que fossemos juntos pois seria mais gente para John reparar. Descemos as escadas e o encontramos na sala de estar sentado em uma das poltronas. 
- Sr Stinski. - Disse Scott o comprimentando. - Como foi de viagem? 
- Nada bom, apenas perdi meu tempo. - Ele disse com um sorriso. 
- Que pena. - Ele completou. 
- Mas fico feliz de chegar de surpresa e não encontrar minha casa destruída depois de uma festa. 
- Pai eu não faço essas coisas. - Stiles revirou os olhos. 
- Acredito. - Ele disse sorrindo. 
Até aquele momento estava em silêncio junto com Isaac. Nesse momento seu olhar foi até nós. 
- Quem são esses?
- São meus amigos. - Disse Stiles. - Esse é o Isaac e esse é...
- Derek, prazer. - Disse apertando sua mão. 
Me adiantei pois já havia percebido que Stiles iria se enrolar. Não havíamos combinado se ele poderia ou não dizer o meu nome. Não teria problemas com isso. Segundo minha mãe John não lembraria do meu nome, apenas se usesse Hale. 
- Derek... se rosto me é famíliar. 
- É sério? - Disse com um sorriso tímido. 
- Sim. - Ele colocou sua mão em seu queixo e pareceu pensar por um momento. - Bom, de qualquer forma fiquem avontade! Stiles eu vou até o meu quarto. Preciso descansar. 
- Tudo bem. - Ele disse. 
Assim que ele subiu Isaac e Scott foram até a cozinha para tomarem café. Eu fiquei com Stiles que estava pálido. 
- Você é um desastre sabia? - Ele disse rindo. 

 

 

 

- Alô? Sim é o John... Eu preciso de um favor seu... Preciso que vá atrás do filho de Rafael Hale... Sim, eu preciso de pelo menos uma foto dele.

 

 


Estavamos sentados a mesa depois do café. Conversamos durante um tempo. 
- Isaac vamos. 
- Mas já? 
- Já passamos a noite aqui, não comece. 
- Tá... eu vou pegar minhas coisas. 
- Eu te ajudo. - Scott o acompanhou. 
Os dois subiram as escadas e fiquei sozinho novamente com Derek.
- Ele é como seu filho. - Disse rindo. 
- Tá mais pra irmão mais novo. 
- Você sabe que pode voltar quando quiser certo? 
- Obrigado. Mas não sei se é uma boa ideia criar o habito de vir aqui. Seu pai pode acabar descobrindo algo. 
Fiquei em silêncio por um tempo. Não gostava da ideia de ficar longe de não ver Derek por causa do meu pai. 
- E quanto a nossa viagem? 
- Por mim está de pé. 
- É sério? 
Acabei me empolgando de mais e pus minhas mãos sobre as dele que estava em cima da mesa. Ele deu uma rápida olhada para elas e abriu um sorriso de lado. A afastei da forma mais corriqueira que consegui. Eu era um idiota. 
- Sim, podemos ir. 
- Ótimo! Podemos ir em algum lugar essa noite para combinarmos. 
- Eu não posso, essa noite vou estar de Free lance no Pizza hut. 
- É sério? Então eu passo por lá, que horas você sai? - Não sabia se estava sendo afobado. Na verdade a quem estava querendo enganar? Aqueles olhos verdes mexiam comigo. 
- Por volta das nove. 
- Ótimo! Eu vou estar lá. 

 

 


Assim que cheguei vi Derek no balcão do Pizza hut com uma jovem de cabelos castanhos a sua frente. Pelas suas feições, ela não estava feliz. Derek também tinha uma cara que não queria estar ali. Me sentei nos fundos pois não queria os interromper. 
Depois de poucos minutos ele me avistou e seu rosto finalmente ganhou um sorriso. Ele fez sinal para que fosse até ele, e foi o que fiz. 
- Oi desculpa, não sabia que estava ocupado.
- Mas não estou. - Ele disse. - Essa é Malia. 
- Prazer. - Disse apertando sua mão. 
- Oi. - Ela me comprimentou mas logo voltou sua atenção para Derek. - Depois conversamos. 
Ele apenas concordou. Ficamos em silêncio enquanto observavamos ela se afastar. Assim que ela saiu voltei meus olhos aos seus e o encontrei sorrindo para mim. 
- Eu já voltou. - Disse ele. - Vou trocar de roupa. 
- Tudo bem. - Disse animado. 
Depois desse inicio de encontro esquisito. Na verdade não era um encontro, mas gostava de me imaginar em um. Ainda mais com alguém tão atraente como Derek. Aos poucos fui percebendo que sua beleza destoava com a das outras pessoas. Era como se um anjo estivesse passando no meio de nós mortais
Por falar em anjo, ele saiu poucos minutos depois com sua roupa normal. O acompanhei para fora do local. 
- Me desculpe por aquilo. - Derek disse enquanto andávamos pelo centro. 
- Aquilo o que?
- A cena que viu com Malia. - Disse ele. 
- Não foi nada. 
- Com certeza percebeu nossa briga. 
- Na verdade não. - Disse mentindo. 
- Ela era minha namorada. 
- A é? - Perguntei já desanimado. 
- Sim. - Ele disse. 
- Pra onde vamos?
- Eu não sei. 
- Que tal para o meu apartemto? 
- O que? - Perguntei. Queria responder sim desesperadamente. 
- Vamos para o meu apartamento. - Ele repetiu. - Isaac está com Scott de qualquer forma. 
- É eu o vi lá em casa. - Disse. 
- E então? 

 

 


- Pode ficar a vontade. 
- Obrigado.
- Não é grande mas... 
- Está tudo perfeito. 
Nas horas seguintes combinamos sobre nossa viagem para o Maine. Data, horários, tudo escolhido. 
- Você não tem ideia do quanto essa conversa com sua mãe vai me ajudar. 
- Posso imaginar. - Ele sorriu. 
- Bom, eu já vou indo. 
- Porque? 
- Eu preciso voltar. 
- Porque não dorme aqui? Precisa me retribui a vez que dormi na sua casa. 
Pensei a respeito. Por mais que quisesse. E quisesse muito! Não sei se seria uma boa ideia. 
- Só vai ter um problema. 
- Qual?
- Vamos ter que dividir a cama. 


Notas Finais


Até a próxima pessoas!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...