1. Spirit Fanfics >
  2. Jeon's mafia >
  3. Sixteen

História Jeon's mafia - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Sixteen


Fanfic / Fanfiction Jeon's mafia - Capítulo 16 - Sixteen

Busan, Coreia do Sul

13:00

S/n pov's

- Então gata, você vai lá para casa?- Jessy pergunta pegando sua bolsa

- Vou sim, e o Taehyung vai me buscar- sorrio boba.

- Quer dizer quê irei conhecer o namorado na minha gatinha, hum, amo.

- Mas sério, aquele homem é tudo de bom. Só queria poder ficar com ele como duas pessoas normais... 

- Porém se seu pai sonhar que você está com ele...

- Nem deixa ele sonhar, isso seria meu fim. 

Eu e Jessy andamos até sua casa, que não era muito longe. Chegamos em sua casa e logo fomos comer. 

- Vamos comer rapidinho, temos muitas coisas para fazer- digo me sentando na cadeira.

- Não se apressem, faz mal comer rápido- a avó de Jessy fala.

- Não se preocupe vovó.

Terminamos de comer e logo fomos fazer nossos trabalhos. Havia bastante coisa, então eu iria fazer a uma parte agora e terminar amanhã. 

18:42

Já eram 18:42, consegui terminar uma parte. Papai me liga e eu o atendo

*Ligação*

• s/n, você já terminou?

Já sim, eu estou indo.•

• Tudo bem.

Bastou eu desligar, que começou a chover muito. O mundo parecia que ia cair e o pior que eu estava sem guarda-chuva e o de Jessy estava quebrando.

- Como você vai para casa? 

- O Taehyung vem me buscar, esqueceu? 

- A verdade, então vamos lá para fora, vovó deve está dormindo.

Saímos para a área externa para esperar Taehyung. O carro do moreno para na frente da casa de Jessy. Me despeço da canadense e vou para o carro de Taehyung. Entro no veículo dando-lhe um beijo mais velho. 

Quando chegamos na esquina, vi os olhos de Taehyung derramarem lágrimas.

- Eu não queria te deixar agora... 

- Mas meu amor, eu preciso ir e meu pai está me esperando. 

- Poxa, quando isso vai acabar? Eu queria tanto sair com você, ir na sua casa sem a intenção de te matar. 

- Eu também queria muito... 

- Vamos casar, então! Nós podemos fugir para algum país. Eu só quero ficar com você.

- Prometo que isso tudo vai passar. Agora eu tenho quê ir- dou um beijo em Taehyung e saio de seu carro.

Corro para casa tentando não me molhar muito, o quê era impossível. Entro em casa vendo papai tomando vinho e enquanto lia um livro.

- Oi pai, cheguei. 

- Ele não vai entrar?

- Ah... Ele... Não é... Bom, com licença- digo indo em direção a escada. Entro no meu quarto e vejo várias fotos de mim com Taehyung em cima da minha cama- M-mas o quê...

- Quê beleza, não é mesmo?- A voz de papai me assusta- Acho quê irei colocar em um quatro e pôr no museu.

- Pai... É que...

- Calada- cruza os braços- Olha, não sabia que você podia me decepcionar tanto, mas eu estava errado. 

- Desculpa pai... Eu... 

- Eu não tinha mandado você ficar calada? Sabe, o seu avô estava certo. Ele acertou em cheio... Antes dele morrer, ele disse que só te pegou porque você seria uma isca para os Kim's- aquelas palavras realmente me machucaram. 

- Então... Eu só sou... Um pedaço de carne para chamar a atenção dos Kim's? É isso?!

- Óbvio, seu avô só te pegou para fazer isso. Você acha que ele iria quer uma menina?- não podia conter minhas lágrimas, mas logo as enxuguei- Sem choro s/n, você agora não faz mais parte daqui. Eu deveria te matar, mas vou fazer outra coisa...- papai vai até meu quarda roupa, pega algumas peças e joga em meus braços- Já quê você quer ficar com o inimigo- me puxa pelo braço até a porta de casa- Então faça bom proveito- Papai me empurra para fora de casa me deixando naquela chuva.

E agora? O-o que eu faço? Taehyung... Preciso ligar pro Taehyung... 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...