1. Spirit Fanfics >
  2. Jeon's mafia >
  3. Twenty

História Jeon's mafia - Capítulo 20


Escrita por:


Capítulo 20 - Twenty


Fanfic / Fanfiction Jeon's mafia - Capítulo 20 - Twenty

1 mês depois

Busan, Coreia do Sul

S/n pov's

Depois de exatamente um mês de tudo que aconteceu, eu não falei mais um o meu pai. As vezes eu o ia na porta da faculdade mas não falava com ele. 

Ainda estou na casa dos Kim's, mas para falar a verdade, queria está na minha casa. Eu tenho que sair logo daqui, eles me tratam muito bem, mas... É aquela coisa, não têm nada melhor do que nosso canto. 

As vezes Hoseok vem me ver, para saber como estou e se preciso de algo. Eu preciso arranjar um emprego e sair daqui... Mesmo com toda a fortuna dos Jeon's... Esse dinheiro não é meu. 

11:21

Desço as escadas da casa dos Kim's e me sento no sofá vendo Seokjin se sentar ao meu lado. Namjoon entra logo em seguida.

- S/n, você quer jogar?- Seokjin pergunta me dando o controle do vídeo game.

- Claro.- pego o controle e o mais velho liga o aparelho. 

- Bom dia meu amor- Taehyung entra na sala me dando um beijo na bochecha- Quem perder é minha vez. 

- É... S/n, essa carta é para você... E... É do Jungkook- Namjoon diz me dando o envelope.

- Ué... Ele teria me ligado, algo do gênero...- abro o envelope tirando uma carta de lá.

Minha querida filha, faz tempo que não nos vimos. Por isso mesmo, por meio desta carta, que estou a convidando para um jantar aqui em casa. Será hoje a noite, por favor, não faça essa desfeita com seu pai. Lhe espero ansiosamente! Ass: Jeon Jungkook

- O quê diz?- Taehyung me questiona se sentando no outro lado.

- Papai está me convidando para um jantar hoje a noite... Bem, eu irei!- me levanto

- Quê? Claro que não vai!- Taehyung me puxa me fazendo sentar novamente.

- Yaashi, é claro que vou! Querendo ou não, ele é meu... "Pai"... Enfim... Eu irei- me levanto novamente indo para o "meu quarto"

- Yaah, s/n- Paro ao ouvir a voz de Taehyung- Não vá, por favor. 

- Taehyung, não existe uma palavra que faça você me convencer a não ir. 

- Se ele fizer algo contigo?

- O quê? Ele já teve tanta chance para fazer merda comigo e não fez. Não é agora que ele vai fazer.- entro no quarto batendo a porta com força. 





Notas Finais


Até já já gente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...