1. Spirit Fanfics >
  2. Jeon's mafia >
  3. Seven

História Jeon's mafia - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Seven


Fanfic / Fanfiction Jeon's mafia - Capítulo 7 - Seven

... Continuação...

Ao chegarmos em casa, s/n se sentou no sofá enquanto me encarava.

- O quê foi?- pergunto tirando meu casaco 

- Pai, quem é a sua mãe?- a pergunta de s/n me fez engolir seco. Eu não sabia o quê responder- Pai? Você ainda está aí? 

- Estou é... O quê você... Para que você quer saber? 

- Curiosidade. 

- Pois deveria ser menos curiosa. Aliás, eu quê gostaria de fazer algumas perguntas- me sento em sua frente- Você e o Taehyung se conhecem?

- A gente "se conhece" pelo fato de sermos inimigos, nada demais.

- Eu vi vocês se encarando- me levanto- Se eu souber quê vocês estão tendo algo pelas minhas costas- perto o punho- Eu infelizmente terei que matar você. 

- Credo pai, como assim?

- Se você se juntar aos meus inimigos, automaticamente você também será minha inimiga. Agora eu irei para meu quarto, mais tarde irei te levar ao treinamento e ver como está se saíndo.

S/n pov's

As palavras de papai me assustaram um pouco. Mesmo acostumada a ouvir isso, em relação a outras pessoas, ouvir quê seu pai vai te matar é meio assustador. 

Mas se ele pensa quê eu vou ter medo dele, aí querido, tá por fora. E se caso eu pegue o Taehyung... Papai não irá ficar sabendo, eu quê não vou perder uma oportunidade dessas. 

Sou tiradas dos meus pensamentos quando Hoseok entra na sala. Ele estava aqui o tempo todo?

- Você estava aqui faz muito tempo?- o questiono

- Só o suficiente para ouvir seu pai falando quê teria quê te matar- se senta ao meu lado

- Você acha quê ele faria isso? 

- Olha, eu não duvido, mas... Com você? Acho que não. Só faz isso, não arrisca. 

- Então, eu não vou me envolver com ninguém? 

- Não é isso, s/n. Você não poderá se envolver com os inimigos dos Jeon's! Você é uma. 

- Mas eu não queria essa vida, Hoseok. Isso é tudo culpa da minha mãe!

- Entendo quê você não queria, mas não têm o quê fazer, agora é aceitar e pronto.

- Fazer o quê né... Hoseok, me acompanha, por favor- me levanto e logo o ruivo se levanta também.

Fui até um quarto, quê fiacava nos fundos da casa. Entrei nesse quarto com Hoseok e tranquei a porta o deixando sem entender nada. 

- S/n... O quê...- coloquei minha mão em sua boca impedido ele de falar.

- Shh, não fale nada. Eu só... Queria você um pouco- puxo ele pela cintura aproximando meus lábios do seus. 

- Você sabia quê seu pai está acordado, né? E quê ele vai te procurar já já!?

- Então, vamos ser rápidos- me deito no chão e abro minhas pernas- Vem cá...- o chamo e ele se ajoelha na minha frente

- Você têm certeza?- diz desabotoando a calça. Minha resposta foi apenas tirar minha calcinha e ficar mais aberta. Hoseok passou a língua em minha buceta e penetrou dois dedos- Só para ver como estava- Hoseok retirou seu pau e ele estava já estava ereto. O ruivo pegou uma camisinha quê havia em sua carteira e logo me penetrou devagar, o quê estava muito bom. Hoseok começou a ir rápido, me levando ao delírio. Eu gemia baixo, pois qualquer hora papai poderia aparecer- Porra s/n, quê buceta gostosa- aperta minha coxa. 

Chego ao meu limite junto com Hoseok. Ele retira seu pau junto com a camisinha cheia de esperma, visto minha calcinha quanto ele enrola a camisinha em um papal para jogar no lixo. 

- Não comente com ninguém o quê roulou aqui- Hoseok diz apertando minha nádega

- Pode deixar- dou um selinho nele e subo para meu quarto. 

Sim, eu não sou mais virgem. Eu mesma penetrei um vibrador em mim quando estava sozinha em casa. Fiz isso quando tinha 16 anos, ou seja, há 3 anos atrás.




Notas Finais


💅


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...