História Jewels - Interativa - Capítulo 6


Escrita por:

Visualizações 55
Palavras 2.289
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um teaser Yuup~ Agora só falta um para a fanfic começar oficialmente.
Quero pedir desculpas por esse teaser ter sido menor que o anterior, como disse antes eu não estou tendo taaantas ideias para esses teasers porque escrever sobre elas individualmente na empresa é meio complicado. E é até por isso que estou fazendo elas interagirem com as pessoas, porque apenas "pensamentos" ficaria algo muito cansativo e chato, eu acho.
Eu pretendo postar o último teaser ainda essa semana.

O site já está atualizado, porém ainda fora do ar. Irei o postar de novo apenas quando a fanfic começar oficialmente, até porque tem detalhes que não quero que vocês vejam agora porque seria spoiler hihi. O MV também está pronto e estou muitooo ansiosa para mostrar pra vocês, embora eu não esteja nem um pouco confiante sobre ele. Fazer um MV é mais difícil do que imaginei kkkkkkkk

E também quero pedir uma ajudinha a vocês. Os SONEs e Seomates estão se juntando para tentar fazer com que o dorama novo da Seohyun entre no catálogo da netflix para fazer com que ela seja mais reconhecida como atriz e também para que os fãs tenham mais facilidade de assistir o novo dorama. Eu, por exemplo, não estou achando em nenhum lugar para assistir e provavelmente demorará um tempo até que apareçam sites que legendem. Então, espero que o que estamos fazendo ajude em algo. É muito rápido e nem precisa estar logado em nenhuma conta. Só entrar no link que deixei nas notas finais e na sugestão colocar "MBC Drama Time 시간 Shigan". Agradeço desde já <333

Enfim, é apenas isso. Espero que gostem do teaser.

Aaah e eu atualizei o capítulo anterior com as fotos das personagens para que vocês possam ter uma visão melhor se ainda não gravaram a aparência nem nomes de todas hehe.

Capítulo 6 - 00.5 ; Teaser 4


Fanfic / Fanfiction Jewels - Interativa - Capítulo 6 - 00.5 ; Teaser 4

15 de março, 2017
Edifício da SM

Soojin:Hoje não era o seu dia de folga? Por que está indo para a empresa?"

Jieun: "Recebi um e-mail dizendo que ninguém mais ninguém menos que Lee Soo Man quer ter uma reunião comigo. Não faço a mínima idéia do que seja, antes que pergunte."

Soojin: "Talvez ele queira elogiar seu ótimo trabalho, como sempre. Aliás, você é uma das melhores da empresa.

Jieun sorriu com a mensagem de sua melhor amiga, fazia alguns dias que elas não trocavam um simples oi por conta dos treinos pesados que ambas estavam tendo em suas respectivas empresas. Mas mesmo assim, sempre que conseguiam se falar, era como se esses intervalos nunca tivessem acontecido.

Antes que pudesse responder Soojin, viu que o ponto onde iria descer estava se aproximando e se levantou do banco, indo até a porta do ônibus. Com tal movimento, alguns olhares sujos surgiram em cima dela, da qual ela respondeu com uma expressão fria e de desgosto antes de descer do ônibus o mais rápido possível.

Tentando ignorar seu completo ódio por situações como essa, continuou andando em direção ao prédio da SM.

Hoje era um dia que ela geralmente não precisaria estar indo para a empresa a essa hora, porém, havia recebia um e-mail vindo diretamente da empresa, na qual dizia sobre uma reunião importante com o CEO Lee Soo Man.

E tinha plena noção do grau de importância do assunto, já que precisava ser conversado pessoalmente. Assuntos simples geralmente eram falados por e-mail ou com algum secretário do Lee Soo Man, mas nunca com ele diretamente. Então saber que em alguns minutos estaria na mesma sala que o CEO a assustava um pouco.

Não que ela nunca tenha falado ou visto ele pela empresa, as vezes ele visita os trainees nas salas de práticas para ver seus desempenhos e elogiá-los ou repreendê-los pessoalmente, inclusive já foi elogiada pelo mesmo diversas vezes. Mas nunca havia entrado na famosa sala do chefão.

Jieun:Estou entrando no inferno, me deseje sorte."

Soojin: "Boa sorte Jieunnie, vai dar tudo certo. Não se preocupe.

Assim que entrou na empresa, Jieun guardou seu celular. Apesar de não gostar nem um pouco de observar os detalhes de tudo, a correria impressionante que vivia presente no local era capaz de fazer você cair ou esbarrar em todos se não prestasse a devida atenção ao andar.

Enquanto fazia seu caminho até a sala do CEO, seus olhos pousaram em quem ela menos queria ver naquele dia. Quer dizer, não só naquele dia e sim todos, porém naquele dia em especial queria a ver menos ainda.

Jieun soltou um longo suspiro antes de continuar andando. Ela podia simplesmente ter ido por um caminho diferente ou ter abaixado sua cabeça para que a pessoa não a visse, porém a mesma não valia esse seu esforço. Além de que odiava atrasos e queria estar pontualmente na sala de reuniões no horário marcado.

— Ora ora, olha quem está por aqui. — A voz irritante chegou em seus ouvidos e Jieun simplesmente revirou os olhos. — Me admira ainda não ter desistido de vir para a empresa, mesmo sabendo que nunca irá debutar.

— Se você acha que logo eu nunca irei debutar, imagina você. Sinto até pena. — Jieun murmurou, mas antes que a menina pudesse responder algo, ela continuou. — Não estou com tempo para suas idiotices Haewon-ssi, tenho muito o que fazer, como uma reunião com Lee Soo Man-nim.

Os olhos de Haewon se arregalaram na mesma hora e seus lábios ficaram entreabertos, era incapaz de dar uma resposta devido sua surpresa. E isso obviamente fez com que uma risada vitoriosa saísse dos lábios de Jieun enquanto continuava seu caminho.

- - - -

“I’m creeping in your heart babe

dwijipgo muneoteurigo samkyeo

geurae neol humcheo tamnikae

neol mangcheo noeul kkeoya”

Uma menina dançava de frente para o imenso espelho a sua frente enquanto a música alta ecoava por todo o local. Seus passos de dança eram sincronizados e uma cópia fiel da coreografia original, a qual ela dançava com muita paixão. Seus longos cabelos loiros estavam em um rabo de cavalo, o que fazia seu suor e a vermelhidão de suas bochechas ficassem visíveis.

Mas assim que seus olhos pegaram uma pessoa, mais especificamente um menino alto, entrando pela porta da sala, imediatamente parou de dançar e correu para abraçá-lo.

Oppa, estava com saudades.

— Eu também estava Jane-ah. — Chanyeol apertou as bochechas da menina, que logo protestou com uma careta. Se antes estavam vermelhas por causa do ensaio, agora estariam por causa da demonstração de carinho de seu primo.

Eunjane saiu de perto do menino e foi até seu celular, desligando música antes de voltar até ele com seus olhos brilhando.

— Vocês estão praticando na empresa? — Perguntou com um toque de esperança na voz, que não passou nem um pouco despercebido por seu primo. O menino parecia saber do que se tratava toda aquela curiosidade e começou a rir, já acostumado a ficar em segundo plano por alguém da sua própria família.

— Sim, estamos praticando. — Respondeu mas antes que a menina pudesse dizer algo ou demonstrar toda sua satisfação com aquela resposta, ele continuou. — Mas não, seu querido e amado Jongin-ah não está aqui. Ele está em um ensaio fotográfico. Seu namoradinho é bem cobiçado.

Eunjane fez uma careta antes de dar um soco no ombro de Chanyeol. O mesmo resmungou de dor, mas abriu um sorriso logo depois. Amava ver a garota irritada, principalmente quando se tratava de Jongin. Fazia algumas longas semanas que eles não se viam nem trocavam mensagens, então já estava sentindo falta de implicar com sua priminha.

— Como vai as práticas?

— A mesma coisa de sempre. — Eunjane suspirou antes de se sentar no sofá que ficava no canto da sala, sendo seguida por Chanyeol. — Fico me perguntando se algum dia irei ter meu debut, a SM parece ter todos os tipos de planos para o futuro, menos o de debutar um girl group novo.

— Ei, o que deu em você? Tem que pensar positivo. — Chanyeol colocou seus dedos indicadores em cada ponta dos lábios de Eunjane e os puxou para cima, forçando um sorriso no rosto da menina.

Mas não demorou muito para que um sorriso verdadeiro aparecesse no rosto de Eunjane por causa das palhaçadas de Chanyeol. Eles podiam ficar semanas, e até mesmo meses sem se falarem, mas quando se encontravam nada mudava e ele sempre era capaz de fazê-la se sentir melhor.

— Quase ia me esquecendo, — O menino lembrou. — Lee Soo Man-nim pediu para que eu falasse com você. Ele quer uma reunião com a senhorita.

— O que?

- - - -

— Tem certeza que você está bem LinLin-ah? — Linqi suspirou ao ouvir aquela pergunta novamente do outro lado do celular. Por um breve momento, sentiu vontade de desligar a chamada para que não precisasse responder aquela pergunta de novo, mas nunca faria algo desse tipo com seu melhor amigo.

— Sim Lu-ge, estou completamente bem, apenas um pouco nervosa.

— Não fique. Lee Soo Man-nim é um homem muito legal. Ele cuidou muito de mim quando ainda estava ai. Além de que você é uma trainee excelente.

Linqi fez beicinho ao ouvir o comentário de seu amigo. As vezes queria que seu amigo nunca tivesse deixado a empresa, nesse momento eles poderiam estar conversando pessoalmente e não através de um celular. Mas quando lembra de tudo que ele passou dentro da empresa, se sente aliviada de que ele saiu quando pôde. E mesmo que eles raramente se vissem, ele continuava tão presente quanto antes.

— Se ele me tratar mal, eu posso pedir o número de seu advogado e o processar, não acha?

— Yah! Isso não teve graça Wei Linqi. — A mesma começou a rir quando ouviu a voz séria de Luhan do outro lado da linha. Sabia o quanto ele era sensível quando se tratava desse assunto, mesmo que tivesse passado anos desde que todo o incidente aconteceu.

— Estou apenas brincando, se acalme. — A menina disse enquanto tentava parar de rir e ao mesmo tempo deixar seu amigo ciente de que era apenas uma brincadeirinha inocente.

— Tanto faz. — Luhan respondeu e a menina fez uma careta pela leve grosseria dele, embora o conhecesse muito bem para não ficar chateada com isso. — Eu preciso desligar, tenho alguns compromissos hoje. Te ligarei mais tarde para saber de tudo, não me esconda absolutamente nada.

Ela assentiu com a cabeça e mentalmente riu por alguns segundos ao perceber suas ações, como se ele estivesse ali a sua frente e pudesse ver o que ela estava fazendo.

— Sim senhor. — Linqi respondeu e abriu um sorriso quando ouviu a risada de seu amigo do outro lado da linha, sentia tanta falta dessa risada. — Tchau Lu-ge. E cuide bem da sua saúde, você está cada vez mais magro e feio, assim nenhuma menina vai te querer.

— Yah, voc…

— Tchau, tenho que ir, estou atrasada. Te amo. — Antes que o menino pudesse protestar novamente pelo celular, a menina desligou a chamada. Sua risada preencheu toda a pequena sala onde estava escondida. Por mais que tudo já estivesse bem, conversar com Luhan dentro da SM era muito arriscado e por isso precisava sempre se esconder, com medo de que alguém a ouvisse.

Sentiu seu celular vibrar com a chegada de uma nova mensagem de Luhan e riu mais ainda, esperando algumas mensagens bem mal-humoradas dele. Sabia que o menino odiava quando ela falava sobre sua aparência, e por isso sabia as maneiras certas de implicar com ele.

Mas o riso se transformou em um grande sorriso quando as únicas mensagens que ele havia mandado era um “Boa sorte” e um “Eu te amo meimei”. Aquelas mensagens a revigoraram e todo o nervosismo que sentia antes por ter uma reunião com o chefão a alguns minutos sumiu quase que por completo.

- - - -

— Que bom que todas estão aqui. — Lee Soo Man abriu um sorriso acolhedor ao ver as três meninas sentadas em um sofá a sua frente. — Agora podemos começar a reunião. — Continuou e quase deixou escapar uma risada quando viu as expressões das meninas, de certa forma conseguia imaginar o que estaria passando na mente delas naquele exato momento.

— Bem, um amigo meu de longa data gerencia uma empresa. Uma boa empresa, diga-se de passagem. Porém nem tudo é como desejamos e a empresa não fez muito sucesso quanto ele gostaria e está prestes a falir. —  Fez uma pausa, pegando seu Ipad e o mostrando para as meninas. Na foto havia um prédio grande, mas não muito convidativo. — FLY Entertainment, conhecem?

As três meninas se entreolharam e negaram com a cabeça. Nunca tinham ouvido falar da empresa e não entendiam qual rumo aquela conversa estava tomando. O que elas tinham a ver com uma empresa que estava prestes a falir afinal?

— Como esperado. — Lee Soo Man soltou um risinho. — Nós conversamos muito, com um outro amigo nosso também, antes de começarmos um projeto. Trabalhamos demais nisso e estamos com grandes esperanças de que irá dar certo se nos esforçarmos.

— Me desculpe perguntar, mas o que isso tem a ver com a gente? — Jieun perguntou baixinho, com um certo medo de estar sendo rude ou intrometida demais. Não queria mostrar uma imagem errada, muito menos na frente do grande CEO de sua empresa.

— Estamos chegando nessa parte senhorita Jieun-ssi. — O homem mais velho sorriu, uma ação diferente da qual Jieun esperava, o que a deixou mais tranquila. — A empresa tem pouquíssimos trainees, muitos saíram pela falta de verba da empresa e por falta de esperança. Sem trainees, logo sem projetos e consequentemente sem nada.

Linqi sentiu seu coração acelerar quando terminou de ouvir. Quando o assunto passou a envolver trainees, ela começou a ter uma ideia do que aquela conversa toda se tratava e tinha em mente a quase certeza do rumo que aquela reunião tomaria. Estava torcendo para estar errada, mas todos os pontos importantes da conversa comprovavam sua teoria.

— Como eu disse, tivemos que conversar muito e planejar tudo antes de conseguirmos chegar uma conclusão que não fosse arriscada para ninguém. — Lee Soo Man deu uma pausa com um pequeno sorriso. — E por isso, decidi transferir vocês três para a FLY.

Os olhos de Jieun e de Eunjane viraram quase duas bolas de gude de tamanha surpresa. Enquanto Linqi apenas soltou um suspiro quando confirmou sua teoria.

— O senhor está insatisfeito com nosso desempenho? — Eunjane soltou quase que no automático. — Quero dizer, é a única coisa que consigo pensar ao ser transferida para uma empresa que está prestes a falir e que ninguém conhece. Isso talvez seja um castigo?

Não entendia os planos do CEO e muito menos o que tinha em mente quando tomou aquela decisão absurda. Se estava insatisfeito podia apenas ter as chamado para conversar ou repreendê-las. Elas haviam trabalhado duro para conseguirem entrar em uma das empresas mais famosas da onda Hallyu, para de um dia para o outro irem para uma empresa que não tinha nem verbas para sustentar seus próprios grupos.

Jieun apenas olhava toda a situação, incapaz de formar algum tipo de pensamento único para toda aquela conversa. Estaria mentindo completamente se dissesse que se sentia bem dentro daquela empresa, mas seu sonho tinha mais chance de se realizar ali do que em uma empresa desconhecida e prestes a falir, disso ela tinha total certeza. Ou não.

— Muito pelo contrário senhorita Eunjane-ssi, vocês são algumas das melhores trainees que tenho na empresa e é exatamente por isso que quero transferir vocês. Para que eu tenha total certeza que de que o grupo que meu amigo está planejando faça um sucesso.

— Espere, — Linqi murmurou, sem ter certeza de que ouvira certo. — Grupo?
— Sim, vocês serão transferidas para que finalmente possam ter o tão sonhado debut.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...