História Jewels - Interativa - Capítulo 7


Escrita por:

Visualizações 88
Palavras 2.818
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooi, finalmente postei o último teaser yaay!! Agora a fanfic vai começar oficialmente e eu pretendo postar apenas um ou dois capítulos delas em 2017 para depois pular logo para 2018, pra não atrasar muito.

Queria pedir desculpas porque eu realmente não achei esse capítulo muito bom, mas me deu um bloqueio mental para esse teaser que me irritou demais. Não iria sair algo melhor, então eu decidi postar esse resultado mesmo. Espero que satisfaça vocês porque ficou grandinho até. E não se preocupem, eu estou lendo todos os comentários, irei responder todos quando tiver tempo. Mas estou lendo e estou ficando muito feliz com a participação de vocês, to amando ler as opiniões diferentes de cada uma <333

No próximo capítulo eu irei deixar o link da votação para vocês escolherem a Face e a Visual do grupo. Já temos uma líder e uma maknae, mas é surpresa hihi

Eu ainda não deixarei o site no ar porque vou esperar a fanfic entrar em 2018, então aguardem ansiosamente ^.^ Bem, hoje não tenho muito o que falar, mas quero divulgar minha outra fanfic interativa aqui pra vocês kkkkkkk O link vai estar nas notas finais, se quiserem dar uma olhada, irei ficar feliz de ver vocês por lá também <33

Capítulo 7 - 00.6 ; Teaser 5


Fanfic / Fanfiction Jewels - Interativa - Capítulo 7 - 00.6 ; Teaser 5

17 de março, 2018
Edifício da FLY

— Na deutgo shimna bwa tell me I’m your babe babe. — Uma menina cantarolava enquanto lia a letra da música em um papel. Seus cabelos de uma tonalidade escura estavam presos em um rabo de cavalo, que estava em perfeito estado, livre de qualquer fio que ousasse ficar em seu rosto e a atrapalhar.

A sala onde estava não era grande e muito menos das mais luxuosas, porém era silenciosa e pacífica, perfeita para ensaiar livre de qualquer incômodo ou distração. E era dela, isso era o mais importante. Havia a conseguido após seu trabalho duro sendo uma das poucas artistas ativas da empresa.

Quando estava prestes a começar a ler a segunda parte da música, uma batida na porta a interrompeu.

— Pode entrar. — Falou alto o suficiente para que a pessoa ouvisse do outro lado e deixou os papéis em cima da mesa.

— Vejo que já recebeu sua próxima música. — Um sorriso apareceu no rosto de Eunbyul quando viu seu manager entrando na sala. Porém, o mesmo não podia se dizer do homem. Sua expressão parecia tensa, o que preocupava a menina. Em empresas como aquela, qualquer probleminha podia se transformar em um enorme problema em questão de segundos.

— Boa tarde para você também oppa. — Disse sarcástica antes de apontar para a cadeira ao seu lado, o convidando para sentar.

— Boa tarde. — Yeonseok murmurou antes de sentar na cadeira e pegar os papéis que estavam em cima da mesa. — Eu acho que você não vai mais precisar disso.

Eunbyul arqueou uma das sobrancelhas, sem entender a frase estranha que tinha acabado de ouvir de seu próprio manager. Mas de certa forma, não parecia totalmente estranha se ela pensasse nas diversas hipóteses sobre os motivos da escolha daquela frase. E nenhuma das opções agradava a menina.

— O que aconteceu? Você está com uma expressão esquisita desde que chegou e agora falando essas coisas. — Eunbyul perguntou, já começando a ficar nervosa. — Meu comeback foi cancelado novamente? É isso?

Yeonseok soltou um longo suspiro antes de lançar um olhar bem sério na direção dela. A cada segundo que passava, o clima ficava mais tenso e assustador naquela sala, Eunbyul não gostava nem um pouco daquela situação.

— Não só o comeback, como seu solo também.

Os olhos de Eunbyul se arregalaram em surpresa e seus lábios acompanharam, ficando entreabertos. Era incapaz de formar palavras e as proferir tamanha a surpresa. Já imaginava que algo estava acontecendo, aliás, seu comeback já tinha sido cancelado diversas vezes por falta de verbas, mas nunca imaginou que sua carreira também seria. Apesar de estar em uma empresa que fazia ela sentir medo disso acontecer todo santo dia, ela nunca achou que realmente chegaria a esse estado.

— Você sabe que Hyunmin-nim está querendo criar um novo girl group, certo? — Yeonseok falou rapidamente quando viu a reação da menina. Ela assentiu com a cabeça. — Ele conseguiu as trainees e está realmente empolgado para isso. E é claro que ele quer você no grupo.

— Yah! Qual seu problema oppa? Por que não disse isso logo? Eu quase achei que minha carreira iria encerrar por aqui mesmo. — Eunbyul gritou e começou a dar leves tapas no homem ao seu lado, que apenas soltou um risada baixinha enquanto tentava se defender.

— Você que não me deixou terminar de falar. — Yeonseok se afastou da menina que o fitou com sangue nos olhos. — Além do mais, eu não posso te explicar tudo. Hyunmin-nim vai explicar tudo para vocês em uma reunião.

A menina reparou na palavra “vocês” no plural e abriu um pequeno sorriso. Sabia o quanto o seu chefe estava desesperado a procura de trainees boas o suficiente de sua própria empresa para esse grupo. Grupo esse que ela sabia perfeitamente bem que seria a última esperança não só dele, como da empresa.

E era por essa razão que não se sentia nem um pouco ofendida em dar uma pausa em sua carreira solo para fazer parte do valioso projeto de seu CEO, afinal, o homem já havia feito muito por ela. Saber que ele a queria em seus planos a deixava orgulhosa de si mesma.

- - - -

Soobin suspirou novamente, já havia perdido a conta de quantas vezes havia repetido tal ato. O som baixinho de seus suspiros era a única coisa que abafava o estranho, porém desejado, silêncio que estava preenchendo a sala.

Era mais um dia de treinos intensivos na empresa e ela havia acabado de finalmente conseguir finalizar uma coreografia, que até há alguns minutos atrás estava sendo um grande desafio para ela. Não era a melhor na dança, apesar de também não se considerar ruim por sempre ter sido muito diligente quando se trata de seus treinos, então as vezes sentia uma grande pressão em suas costas.

Não precisava sentir tanta pressão, afinal, mesmo que não fosse a melhor na dança, com certeza era a que mais se destacava quando o quesito era vocal. Mas aquilo não mudava sua situação.

Ser de uma empresa pequena e pouco conhecida era bastante complicado. Se os trainees de outras empresas precisam praticar muito, eles tinham que praticar o dobro, talvez o triplo. Mas no final, popularidade acabava vencendo de lavada e nenhum espaço sobrava para eles brilharem.

Os pensamentos de Soobin foram interrompidos ao ouvir alguns passos e algumas vozes femininas do lado de fora da pequena sala.

Se levantou do chão e caminhou em direção a porta. Estava estranhando, não era comum ouvir barulho dentro da empresa e muito menos naquela parte, já que os poucos trainees que ainda restavam na empresa preferiam treinar em salas que foram pouco a pouco reformadas com o mínimo de dinheiro que a empresa ainda tinha.

Ficou na ponta dos pés para conseguir olhar pelo pequeno quadrado de vidro que tinha na porta e se surpreendeu ao ver algumas meninas acompanhadas de dois homens, todos desconhecidos.

Se questionou o que poderia estar acontecendo. Por ser uma empresa pequena, ela conhecia quase todos os poucos trainees, mesmo que não falasse com nenhum deles. Apesar de nunca falar com nenhum deles, tinha ouvido um boato sobre um possível novo grupo na empresa. O boato se espalhou muito rápido por causa da animação de todos em quererem finalmente estrear.

Estava tão perdida em seus próprios pensamentos que quando voltou a realidade, levou um susto quando um rosto sorridente e bem conhecido apareceu do outro lado do vidro.

O susto foi tão grande que se afastou da porta no automático e quase perdeu o equilíbrio. Isso foi o suficiente para a pessoa entrar na sala já com sua risada preenchendo todo o local.

— Boa tarde Taehwan sunbaenim. — Soobin se curvou imediatamente quando ficou de frente para o homem mais velho, totalmente sem graça pelo o que tinha acabado de acontecer.

— Oi Soobin-ah, não sabia que agora ficava espiando as pessoas pela porta. — Taehwan tentou colocar a melhor expressão de desaprovação que conseguia, embora tenha falhado completamente. Não era um dos homens mais sérios daquela empresa, então tentar ser um era um total desastre pra ele.

— Desculpe sunbaenim. — Soobin se curvou novamente, ganhando outra risada dele.

— Ei, eu estou apenas brincando robô, não precisa pedir desculpas por isso. — Taehwan bagunçou de leve o cabelo da menina, que se encolheu um pouco com o toque mas abriu um pequeno, bem pequeno sorriso.

— Hyunmin-nim quer ter uma reunião com a senhorita em alguns minutos.

— Aconteceu alguma coisa? Eu fiz algo de errado? — Perguntou, um pouco preocupada. O CEO não era muito de organizar reuniões repentinas, geralmente ele só ia ver como estava indo o desempenho dos trainees ou pedia para algum funcionário da empresa os gravar.

Taehwan soltou uma risada, provavelmente aquela foi uma das poucas e raras vezes que a menina abriu a boca para fazer tantas perguntas de uma vez só.

— Aconteceu sim uma coisa, mas só ele pode te explicar. — Mas antes que Soobin pudesse falar algo, Taehwan tentou a acalmar. — E não, você não fez nada de errado. Eu acho que aconteceria um dilúvio se você fizesse algo de errado robô.

Uma careta apareceu no rosto de Soobin ao ouvir o apelido sendo proferido novamente. O homem tinha mania de a chamar assim, alegando que a mesma parecia uma máquina programada, mesmo que ela não gostasse do apelido.

— Estou indo. — Soobin murmurou friamente e antes que ele pudesse abrir sua boca, a menina saiu da sala com passos apressados, deixando Taehwan rindo na sala sozinho.

- - - -

— Você ouviu os boatos sobre o novo grupo que estão rolando por aí? — HaRi perguntou para a menina a sua frente enquanto tomava seu chocolate quente.

Estavam na cafeteria da empresa, um dos lugares que mais ficavam vazios por causa de sua infra-estrutura nem um pouco convidativa, mas era um dos preferidos das duas meninas para conversarem em paz. E ainda podiam tomar a bebida favorita de ambas, que era chocolate quente.

— Não tem como não saber, todo mundo está falando sobre isso. — Sarah deu de ombros. Ficou sabendo dos boatos logo no início, mas não estava dando muita importância, aliás, nunca eram confirmados e ela sabia o quanto aquelas pessoas amavam inventar falsos rumores.

— Minho-ssi me contou que ouviu um dos funcionários conversando sobre a chegada de novas trainees hoje. — HaRi sussurrou a nova informação.

— Você ainda acredita no que Minho sunbaenim fala? — A menina lançou um olhar perplexo para sua amiga. — Ele já inventou vários rumores, inclusive um de que estaria em um novo boy group e até hoje nada.

— Mas dessa vez parece ser verdade.

Sarah soltou um suspiro, queria acreditar que todos aqueles boatos eram mentiras mas no fundo sentia um pequeno resquício de esperança. Estava treinando há tanto tempo mas ainda não havia dado em nada. Sabia que era uma das conseqüências de estar em uma empresa pequena e pouco conhecida e por isso não reclamava, apenas se esforçava ainda mais.

Se aqueles boatos fossem de fato verdadeiros, suas chances de finalmente realizar seu sonho ficariam ainda maiores, afinal sempre fora muito elogiada por seus talentos e tinha uma pequena esperança dentro dela que dizia que tinha potencial para estar no grupo e provar que ela era mais que um rostinho bonito

— Você acha que nós podemos estar na line-up? — HaRi perguntou do nada, limpando toda a linha de pensamentos que estavam na mente de Sarah. — Sempre fomos muito elogiadas, temos que estar.

— Não s...

Antes que Sarah pudesse terminar de falar, algumas vozes desconhecidas preencheram o local. As duas meninas imediatamente viraram para trás e encararam surpresas a cena diante de seus olhos. Algumas meninas acompanhadas por dois homens estavam entrando na pequena cafeteria.

Nunca os tinha visto pela empresa, e se tivesse certamente iria lembrar já que a empresa além de poucos trainees, tinha poucos funcionários também.

Notou as diferentes expressões que surgiam nos rostos das meninas a cada passo que davam e observavam cada detalhe do local. Não as culpava, de fato aquele lugar não era nem um pouco bonito e convidativo. De noite parecia quase um cenário de um filme de terror.

Uma das meninas parou seu olhar nela e Sarah arregalou os olhos antes de virar para frente novamente. Ficou tão curiosa sobre o que estava acontecendo que nem reparou quanto tempo já estava olhando para elas.

— Essas devem ser as trainees novas. — HaRi sussurrou, lançando alguns olhares disfarçados. — Minho-ssi estava certo sobre isso. Por que de repente eu estou nervosa? Elas são lindas.

— São mesmo. — Sarah concordou e soltou uma risada ao lembrar do seu pequeno momento embaraçoso de alguns segundos atrás. Mas sua risada cessou quando por um breve momento pensou em algo. — Espera ai, se eles conseguiram trainees novas quer dizer que eles vão nos descartar?

— O que? — Um grito saiu automaticamente e HaRi imediatamente cobriu sua boca ao perceber que havia chamada mais atenção do que gostaria. Todos presentes no local voltaram suas atenções para as duas meninas e a menina se curvou levemente como um pedido de desculpa.

Um dos homens que estavam no pequeno grupo de pessoas abriu um sorriso e caminhou na direção delas.

Quando se aproximou da mesa, se abaixou um pouco para que pudesse olhar melhor para o rosto de Sarah e a menina se assustou.

— Você é a senhorita Sarah Jean Yang?

— Sim, o senhor me conhece? — Sarah perguntou, estranhando toda aquela situação. Não lembrava de já o ter visto alguma fez, então ele saber seu nome era de fato muito estranho em sua cabeça.

— Finalmente te achamos. — O homem soltou uma risada sem graça. — Hyunmin-nim está te procurando, você pode nos acompanhar já que elas também estão indo para a reunião.

— O que está acontecendo? — HaRi interrompeu a conversa. Não estava entendendo nada do que estava acontecendo, porém, não estava gostando do rumo que tudo estava tomando. E principalmente, não estava gostando de apenas Sarah ter sido chamada e ela não, já que tinha em mente os motivos para tal reunião. Os boatos não pareciam estar totalmente errados afinal.

— O CEO irá explicar tudo para a senhorita Sarah. — O homem respondeu com uma expressão séria, mas seu sorriso voltou a aparecer quando olhou para Sarah novamente. — Vamos?

Sarah olhou para sua amiga, depois para as meninas desconhecidas e em seguida voltou sua atenção para o homem, assentindo com a cabeça meio receosa.

— Depois nos falamos. — Murmurou para a amiga antes de se levantar e começar a seguir o homem, deixando HaRi sozinha no local, com uma expressão nem um pouco amigável.

- - - -

A pequena sala de reuniões de Hyunmin nunca havia ficado tão cheia como estava naquela bela tarde e ele estaria mentindo se dissesse que não estava adorando aquilo. O enorme sorriso estampado em seu rosto provava o quanto estava amando ver aquela sala monótona cheia, principalmente quando se estava cheia com as futuras revelações da onda Hallyu.

Ver todas aquelas nove meninas sentadas diante a ele era algo satisfatório demais e trazia um sentimento de orgulho que ele nem conseguia explicar. Estava há anos esperando por esse momento e ele finalmente havia chegado.

— Já que todas estão aqui, podemos começar a reunião. — Abriu a boca pela primeira vez, ainda sem conseguir tirar o sorriso do rosto.

— Primeiro de tudo queria expressar minha gratidão a todas por estarem aqui. As da SM e da Cube por terem aceitado o convite e as da FLY por trabalharem duro durante todos esses anos sem perderem as esperanças.

Sarah e Soobin arregalaram seus olhos ao ouvirem o nome das empresas. Saber que a empresa estava recebendo novas trainees já tinha sido um choque para ambas, e descobrir que elas são de empresas grandes e famosas como a Cube e principalmente a SM era ainda mais chocante.

— Muitas já estão cientes do que está acontecendo, mas ainda devo explicações para as que estão perdidas. — Hyunmin lançou um breve olhar para Soobin e Sarah, fazendo as duas assentirem com a cabeça levemente.

— Estou preparando esse projeto há algum tempo e como vocês sabem da situação em nossa empresa, tive que acabar com meu orgulho e pedir ajuda aos meus grandes amigos. E conversamos muito antes de tomarmos uma decisão que não prejudicasse ninguém.

O homem deu uma pausa, pegando alguns papéis que estavam sobre a mesa e voltou a olhar para as meninas.

— Vocês estão aqui porque observei vocês por algumas semanas e percebi que vocês são as nove meninas que quero para esse novo girl group. — Um misto de emoções tomaram conta das meninas ao ouvirem a frase que mais desejavam ouvir em anos.

— O grupo vai se chamar Jewels, porque de fato vocês são minhas pedras preciosas, minhas últimas esperanças para essa pobre empresa. — O homem sorriu ao ver algumas sorrindo, enquanto outras ainda pareciam meio aéreas e surpresas demais para demonstrarem qualquer tipo de reação.

— Mas iremos discutir o resto depois. Estarei dando o contrato pra vocês para que decidam se vão querer fazer parte do grupo ou não, a decisão é totalmente de vocês. Peço que voltem a empresa no dia 20 para me entregarem o contrato e discutirmos sobre tudo para que vocês possam se mudar para o dormitório que está sendo preparado.

— Vocês podem ficar com certo medo por nossa empresa não ser uma das melhores, mas estou dando minha palavra que farei meu melhor para que vocês façam grande sucesso e sejam as verdadeiras jóias do pop coreano. No entanto, a decisão é de vocês.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...