História Jezel Livro 2 - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Anjos, Magias
Visualizações 2
Palavras 813
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fantasia, Magia, Misticismo, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


boa leitura a todos

Capítulo 9 - Cap 9


Fanfic / Fanfiction Jezel Livro 2 - Capítulo 9 - Cap 9

 

             12

 

 

 

   Yoko acorda diante as grades do portão de Hades.

-        Por que me trouxe aqui?

-        Como assim Yoko.

-        Eu não posso estar aqui.

-        Isso sim, só os mortos tem permissão para tal vislumbre.

-        Jocasta.   O mago sente fortes dores de cabeça.

-        Fique tranquilo, não esta morto, ainda, te trouxe para que aceite e sele conosco a nova aliança.

-        Yoko, com a ida da grande guerreira, logo teremos um portal aberto para sempre com outros mundos.

-        A terra deles?

-        Esta vendo, sabia, você entende muito bem a nossa necessidade, não quero ficar restringida só por estes lugares.

-        Você quer tormenta-los.

-        Bem, escraviza-los, isso sim, mais uma pequena punição sim, deverá ser aplicada para que tenhamos o poder totalitário naquele lugar.

-        Por que, por que fazer Esmery de refém?

-        Acorde tolo mago, usável, ela é a chave.

-        A chave, que chave?

-        Como és tolo Yoko, sua mestre é na verdade a chave para os mundos.

-        O quê?

-        Isso que ouviu.

O tigre de Toron’s surge ali ao lado da feitiçeira.

-        Toron’s.

-        Conhece seu poder Yoko?

-        A verdade.

-        Assim o dizem.  O animal que a cada movimento muda sua pelagem até ficar num vermelho sangue com pintas pretas.

-        Toque-o.

-        Por quê?

-        Não quer saber o real motivo, a verdade absoluta sobre sua mestre?

-        Eu não devo.

-        Bem, sendo assim.  Jocasta levanta a mão direita e prepara o rito de despacho da fera.

-        Espere, não vou ser tão infantil, preciso de respostas.

-        Faça, então.  Yoko toca a fera que ruge e neste instante ele perde os sinais vitais, ao longe a grande ferramenta que ceifa as vidas em sua direção, uma moça de faces branca, cabelos longos metade loiro e negros, olhos verdes, traz no corpo um vestido longo de 2 fendas, transparente deixando á mostra sua beleza e a podridão de gente, vários inscritos em fogo são deixados no chão por onde ela passa, ela desce de um cavalo vermelho de olhos em ouro.

-        Quem é você?

-        Quer saber o fim?

-        Quem é você.  Esta toca-lhe na fronte e ele grita em extrema dor e tudo lhe é revelado em forma descomunal e ele retorna á vida já em seu templo.

-        O que decidiu, vai estar conosco ou contra?

Uma sacerdotisa possuída por Jocasta lhe envia a questão, Yoko olha para esta e lhe toca os dedos, logo surge um anel preto com pedra de rubi, em seu dedo da mão esquerda.

-        Este é o sinal de nosso pacto.

-        Que seja.

-        Agora só aguarde, ela retornará.

-        E?

-        Tenha calma, agora que estás do nosso lado, já temos quase tudo de que precisamos.

Jezel se aproxima do deserto de Bascar’s, região muito instável, famosa pelas repentinas tempestades arenosas e pelas criaturas do subplano que povoam abaixo das areias.

-        Jezel.

-        O quê?

-        Não estou com um bom pressentimento.

-        Nem eu.

-        Por que não paramos naquele casebre.

-        Que casebre?  A guerreira olha para o lado que o rapaz apontou e nada, limpa seus olhos e retorna a olhar para o ponto e ai vê o casebre.

-        Esta enfeitiçado?

-        Com certeza.

Ao se aproximar da porta para bater, esta é aberta e uma menina de olhos vendados em fita preta vai a ela.

-        Por que demorou?  Ela pega na mão de Jezel que sente fortes dores no corpo, Jeriah corre para longe a procurar por algo em suas bolsas até que encontra um vidro de onde joga na mão um pó branco e retorna para perto delas, com um breve rito joga na menina que arde no fogo, grita, Jezel se livra dela e com um golpe lhe decepa a cabeça, do tronco saem diversas serpentes que somem na areia e logo saem já se enrolando em Jeriah.

-        Jezel.

-        Fique quieto.

A guerreira entra em seu transe e logo se transforma em sua força total.

Levitando ela tem suas armas todas em posições com um simples gesto seus discos mortais picotam aquelas serpentes, logo o lugar é rodeado por guerreiros das trevas.

-        Demoraram.

-        Morra.

Jeriah tenta se esconder mais não há onde, e ele cava rápido um buraco na areia e cai neste ficando o peitoral para cima.

Jezel inicia sua luta contra aqueles guerreiros que em pouco tempo são derrotados.

-        Apareça, seja quem for, se mostre.

Jocasta surge ali, junto de Izena.

-        Vocês não se cansam, mesmo.

A feitiçeira sopra um pó preto em direção a guerreira mais este é eliminado com uma poção que Jeriah joga, em poucos segundos lhes é mostrado um portal e neste Jezel arremessa a espada que ganhara de Yoko e o bloqueio é desfeito.

 

 

 

 

 

INSTRAGRAM  - ricardocontos  - acessem, muito obrigado.


Notas Finais


muito obrigado pessoal


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...