História Jikook - Só Eu Posso Te Tocar, Ninguém Mais Pode. - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Jay Park
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Bangtan Boys (bts), Jikook, Jimin Ômega, Jungkook Alfa, Namjin, Vhope, Yoonseok
Visualizações 954
Palavras 1.732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


EAEEEEEE FAMÍLIAAAAAAAAAA
Turu baum? Espero que sim
SENTIRAM NOSSA FALTA? :0 (acho que n kk :')
estamos com mais um cap <3
Mano... O próximo vai ter umas treta... OPA, FALEI NADA KSKSKSKS
Esse cap foi meio curtinho.
MAS TEMOS UMA NOTÍCIA BOA!!!!!!!!!!
AS NOSSAS PROVAS ACABARAAMMMMMMMM (porém as aulas só vão acabar pra TODO mundo dia 04/12
Espero que gostem <3


Boa leitura <3

Capítulo 12 - Esse chupão aqui?


JUNGKOOK ON

- Esse chupão aqui? - JImin perguntou passando a mão por cima de seu pescoço, me fazendo me afastar um pouco. - É um dos que você não fez. - Ele disse dando um sorriso ladino e me encarando, fazendo com que eu desviasse o olhar e rosnar baixinho.

Raiva. É só isso que eu sinto agora.

O ômega que se encontrava na minha frente estava pronto para sair daquele corredor e me deixar, mas quando iria fazer tal ação o empurrei mais uma vez contra a parede, mas dessa vez com um pouco mais de força, uma força onde eu acho que foi até desnecessária.

- Sabe o que é Jimin, você ainda não percebeu que.. - Eu iria continuar a falar, olhando fixamente nos seus olhos, mas fui interrompido.

- Ah, Jungkook! Eu tenho mais coisa pra fazer do que ficar aqui te ouvindo, e outra, você não tem motivos pra ficar assim. Ninguém te mandou me deixar. Me esquece porra! É tão difícil assim fazer isso? - Ele falou irritado. - E outra.. O único que tem motivos pra ficar irritado aqui sou eu. Jungkook, se um dia alguém te perguntar com quantas pessoas você ficou, nem mesmo você irá saber responder. Já pensou em quantas vezes eu tive que ouvir com quem você estava? Já pensou em quantas vezes eu tive que aceitar isso? Não que eu goste de você, mas pensa, não ficaria nervoso em ouvir que uma pessoa com quem você ficou já está com outra? Eu me sinto um qualquer. E você deve pensar que eu sou um. - ele soltou uma risada falsa. - Você já se colocou em meu lugar? Ah, deixa que eu mesmo respondo essa pergunta... Não. E sabe porque Jungkook? Ah, eu já tinha me esquecido. É porque você só importa consigo mesmo. E pra que ficar assim?.... Nós não temos nada mesmo. Ah e se você insiste, eu falo quem fez isso. Foi o Yoongi, feliz? Agora me dá licença e me deixa sair. - ele falou me empurrando e saindo daquele corredor, me deixando só. Não sei nem o que falar. 

Eu só não vou ir atrás dele agora porque daqui a pouco vamos ter que voltar para a sala, e também porque se você pensar.. O que o Jimin falou, infelizmente, é verdade.

Eu tenho uma coisa em mente... Mas ao mesmo tempo que pode dar MUITO certo, pode dar MUITO errado.

JIMIN ON

Eu acho que não deveria ter falado que fiquei com Yoongi... Mas mesmo assim, agora já foi. Falei tudo na cara dele mesmo, não estava mais aguentando guardar tudo isso que eu sentia pra mim mesmo. Jurava que eu iria levar um tapa na cara vindo de Jeon Jungkook.

Eu deixei ele lá mesmo, e fui até supostamente Hoseok e Jin estavam. 

Andei um pouco até encontrar Jin, Hoseok e Yoongi em uma das "mesinhas" que tinha naquele local.

- Oi gente... - cumprimentei-os sentando ao lugar livre que estava ao lado de Jin.

- Oi! - eles me cumprimentaram também.

- Por que demorou tanto Minnie? - Hoseok perguntou curioso.

- Ah por motivo nenhum... - Falei aquilo mas Jin me encarou, ele sabia que eu estava mentindo. - Aish, só me atrasei para sair pois o corredor onde ficam os armários estavam cheios demais, ficando difícil de passar.

- Hummmm... - Jin murmurou ainda desconfiado. Óbvio que eu não iria falar a verdade né? Ainda mais com Yoongi aqui.

~#~

Quando voltamos para a sala eu sentia o olhar de Jungkook sobre mim, mas não era um olhar "ruim", era um olhar culpado... Ah não sei explicar. 

Esse garoto é bipolar, não é possível.

~#~

- Jimin, que cara é essa? - Jin perguntou se referindo á minha feição que deveria estar pensativa. 

- Aff, o Jungkook é tão... Idiota. - Eu falei soltando um longo suspiro, que com certeza Jin e Hoseok ouviram. 

Nós estávamos voltando para o nosso apartamento, a pé.

- Por que? - Hoseok perguntou. - Aconteceu alguma coisa?...

- Não é que... - Suspirei novamente. - Sabem o meu período do cio né? - eles assentiram. - Então.. Ele chegou enquanto vocês estavam fora. E, falando nisso... Onde vocês estavam? - perguntei, e realmente, eu até agora não sabia onde eles estavam. 

- Érrr... Nós estávamos em... - Jin ia continuar a falar, mas Hoseok interrompeu-o.

- Eu fui visitar meus pais, e Jin fez o mesmo com os dele. - Hoseok falou com um sorriso até que forçado no rosto. Eu sei que não foi isso, eles não me enganam. - É verdade! Inclusive, seus pais mandaram eu avisar você que sua prima, vai vir amanhã passar uns dias com a gente. - Ah não.. Disso que Hoseok deve ser verdade, até porque seus pais são muito amigos dos meus.

Aish... Minha prima é muito chata. A última vez que eu vi-a foi há um tempo, quando eu tinha 16 anos e estava com meu primeiro namorado. Inclusive o que jurou me amar, mas que pelo jeito estava mentindo sobre tal coisa. Vocês vão acreditar se eu falar que minha prima, a Hyuna, falou que gostava dele, na maior cara de pau? Eu tive que me segurar pra não socar a cara dessa garota em alguns momentos. E agora ela vai me encontrar de novo? Ah não...

- Mas enfim, conta logo o por quê de você achar Jungkook um idiota. - Jin falou olhando pra mim, com a curiosidade estampada em seu rosto. 

- Continuando... Como eu já disse, eu entrei no cio enquanto vocês estavam fora, e... Lembra da festa do Tae? Já que eu sabia que vocês não iriam querer ir embora naquele momento, pedi para Jungkook me levar pra casa, já que ele era tipo que... "A segunda opção". E quando chegamos... Ele se ofereceu para me "ajudar". Eu tentei negar a sua ajuda, mas foi praticamente impossível. - falei dando uma pausa para tentar relembrar do que aconteceu. - E vocês já devem saber o que aconteceu depois... Mas acontece que, infelizmente, quando eu acordei ele não estava mais lá. E... Eu não me aguentei, eu nem sequer estava raciocinando direito, então liguei para Yoongi. E sim, ele foi quem me ajudou no cio. - os dois me olharam boquiabertos. - E.. Hoje, Jungkook viu que eu estava com um chupão no pescoço, um que ele não havia feito. Aí eu respondi a verdade... Que aquele era o chupão que ele não tinha feito, e sim que Yoongi fez. Quando eu ia sair ele não deixou e iria continuar a falar algo, mas eu o interrompi... Foi aí que eu soltei tudo o que eu pensava sobre ele. Falei que Jungkook não tinha motivos pra ficar daquele jeito, que ele já ficou com várias outras pessoas e eu só fiquei essa vez, que nós não tínhamos nada mesmo, entre outras coisas. E depois de tudo isso, ele ainda acha que está certo. - Falei suspirando pela milésima vez.

- É, ele é um idiota, e você também. - Hoseok falou, logo depois recebendo um tapa vindo de Jin. - Desculpa, você não é um idiota. - Ouvi Jin soltar um suspiro.

- Minnie... Só digo uma coisa, não sofra por outra pessoa que nem da outra vez - Ele está se referindo á meu primeiro namorado.. - Ok? - ele disse e eu assenti. 

- Jin, ele só irá sofrer sofrer por alguém se ele gostar dessa pessoa. - Hoseok falou. - Minnie, você gosta do Jungkook?...

- Não! - neguei na hora. - A gente só ficou...

- Certeza? - ele perguntou novamente. 

- Toda do mundo! - Respondi firme. 

Apesar de eu achar que não tenho toda essa certeza que falo ter..

~#~

Lá estava eu, atirado de qualquer jeito na minha cama, olhando algumas coisas no meu celular. Até que eu recebo uma mensagem da Hyuna... 

[HYUNA] 

Oi priminho do coração! sz

[JIMIN]

Oi hyunaaa

[HYUNA]

Tudo bom?

[JIMIN]

Sim, e você?

[HYUNA]

Também :)

Você já sabe que eu vou ir aí amanhã né?

Eu já estava com saudades ^^

Faz tempo que não te vejo :(

[JIMIN]

Sim, Hoseok me contou

Eu também estava com saudades :p

[HYUNA] 

Então ok, estou terminando de arrumar minhas coisas

Daqui a pouco vou para o aeroporto aqui de Tokyo 

Xau! ^^

[JIMIN]

Tchau

Odeio essa menina. Mas a gente tem que ser falso e fazer uns sacrifícios ás vezes, não é?

Eu estava pronto para guardar meu celular, mas outra pessoa me mandou mensagem.

- Aish... Quem é agora.. - falei para mim mesmo.

[JUNGKOOK]

Jimin

 

Aish... Não vou responder ele.

 

[JUNGKOOK] 

Desculpa?

Me perdoa?

Me deixa consertar as coisas?

 

Não respondi nada, apenas fechei meus olhos na tentativa de começar a dormir. Até porque amanhã de manhã vou ter que, infelizmente, ir buscar a Hyuna. 

~#~

- Oi priminho do meu coração! - ela falou vindo até mim com aquele jeito mimado e irritante dela. E esse cheiro... É doce demais. Quem gosta desse cheiro dela tem algum problema.

- Oi Hyuna... - falei retribuindo o abraço.

- Que saudades que eu estava de você Minnie! - Você já falou isso, capeta. 

- Eu também estava. - falei forçando um sorriso, formando meu eye smile. - Vamos? - perguntei e ela assentiu. 

Ainda é 5:27 da manhã e eu preciso aguentar essa pivete mimada no meu lado..

~#~

Quando chegamos ao meu apartamento, ela cumprimentou Hoseok e Jin, e aí vocês já sabem né... Começou aquele blábláblá de sempre...

- Hyuna, vamos subir, eu vou lhe mostrar onde pode guardar suas coisas. - falei tentando não parecer impaciente. 

- Ok Minnie. - Ela falou pegando as coisas dela e me seguindo até chegar em meu quarto. Infelizmente eu terei que dormir com ela até essa demônia ir embora. A minha cama era até que espaçosa, então é menos problema.

- Pode colocar aqui. - falei apontando em uma parte livre do meu armário. Até que ele é espaçoso.  - Hyuna... Eu vou ir ao banheiro me trocar, ok?

- Onde você vai Minnie?! - ela perguntou se agarrando em meu braço. Alguém me segura ou eu vou matar essa capeta. 

- Pro colégio ué... 

- Argh, eu não quero ficar sozinha! - Aff, ninguém merece. - Posso ir com você priminho? Por favor, Por favor!

 


Notas Finais


AAAAAAAAAA
gostaram? :3
E eu já vou avisando... ESSA HYUNA É UMA DEMÔNIA.
Gente, PELO AMOR DE G-DRAGON, falem nos comentários o que vocês acham que o Jungkook vai fazer quando ele diz: "Eu tenho uma coisa em mente... Mas ao mesmo tempo que pode dar MUITO certo, pode dar MUITO errado." Falem nos comentários (e. e)
E por esse motivo, vamos ficar um BOM tempo sem colocar o "JUNGKOOK ON"...
E será que conseguimos chegar aos 300 favoritos ainda hoje...? N sei kkkkk
Provavelmente não, mas vocês me impressionam TANTO que eu não duvido de nada.


Até a próxima gente!!!
amo vcs
Xau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...