História JIKOOK ABO - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Chaelisa, Jensso, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 208
Palavras 680
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Lemon, LGBT, Mistério, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Cap. Seven


Fanfic / Fanfiction JIKOOK ABO - Capítulo 7 - Cap. Seven

              JUNGKOOK ON



Entramos na faculdade e o deixei na frente da sala dele e dei um selinho nele é saí, ando pelo corredor até chegar na minha sala e me sento no fundo da sala, espero que hoje não tenha trabalho pra entregar. Com o passar dos minutos vai entrando as pessoas e se acomodando nos seus lugares, até que vejo Sojin entrando e eu coloco o capuz e abaixo à minha cabeça e coloco os braços em volta da cabeça pra ela não me ver, o que foi falho já que eu consegui ver ela se sentando ao meu lado. É hoje que eu finjo um desmaio nessa sala.


--Oi Kook, como está? - fala levantando à saia e cruzando às pernas -.


--Bem Sojin, bem. - falo sem paciência -. E é melhor você abaixar essa saia, se não o professor vai te dar uma bronca.


--Ele nem vai ver minha saia levantada. E por que você quer que eu abaixe a saia, eu te deixo com desejo assim. - fala abaixando o decote da blusa é o professor entra junto com a coordenadora, agora fudeu, é hoje que alguém toma no cu -.


--Bom dia alunos, é gostaria de chamar a senhorita Lee Sojin para minha sala. - fala a coordenadora olhando pra Sojin de cima à baixo -.


--Por que? - fala fazendo biquinho -.


--Você quer que eu diga aqui na frente de todos, ok. A senhorita está com a saia muito levantada e com blusa com um decote muito grande, é está tentando seduzir esse rapaz ao seu lado. Sendo que ele claramente não quer e ainda pediu pra senhorita abaixar, o que você tem à dizer sobre isso? - fala cruzando os braço e todos da sala nos olham -.


--Ora coordenadora eu...eu não fiz isso, onde está as provas?


--As câmeras gravaram à cena Sojin. Vamos para minha sala, à não ser que você queria resolver isso aqui, na frente de todos.


Ela levanta e arruma à roupa e saí da sala junto com à coordenadora e começamos à aula.


(...)


Estava saindo da faculdade quando sinto dois braços abraçando a minha cintura, se for a Sojin eu mando ela tomar no boga dela. Viro para trás e vejo meu Jimin sorrindo pra mim.


--Oi Mochi.


--Oi Bunny, você pode me levar pro apartamento, meu carro quebrou.


--Como ele quebrou?


-Uns amigos meus estavam com ele e acabaram bater ele. Ninguém se machucou. O pior foi que eles bateram o carro porque eles viram um barata na rua e perderam o controle


--Nossa. - começo à rir e ele dá um beijo na minha bochecha -.


--Para de rir. Não tem graça.


--Tem sim. Eles desviaram de uma barata.


--Eles devem ter algum trauma.


--Lógico, o medo de matar barata atropelada e aparecer o fantasminha camarada da barata enquanto toma banho. - ele começa à rir junto comigo -. Viu, é engraçado.


Entramos no meu carro e ficamos conversando sobre tudo, e descobri que ele tem irmãs mais velhas que o trata como um bebê e adora furões. Fico empnotizado com o sorriso dele quando mando uma cantada barata, embora eu queria beijar aqueles lábios e dexa-los vermelhos. Fico lembrando de quando nos vimos pela primeira vez, foi estranho, meu lobo nunca tinha ficado daquele jeito com ninguém, até ele aparecer, ele é muito especial. Até que eu lembro do dia em que vi ele conversando com um menino chamado Hyun...Hyun...alguma coisa com Hyun.


--Mochi?


--Oi.


--Quem era aquele menino que você dava conversando aquele dia?


--O Hyunjae. Ele estava me pedindo ajuda pra conquistar uma menina e minha sala, ele não sabe como se aproximar dela e pediu minha ajuda. Mas por que você quer saber. Está com ciúme Bunny?


--Lógi-lógico que não. Era só...


--Não se preocupe Bunny. Só tenho olhos pra você. E obrigado pela carona. - fala  me dando um beijo e abrindo à porta do carro e entrando no prédio -.


--Esse garoto ainda vai me matar de amor. - falo pra mim mesmo e vou dirigindo até minha casa -. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...