História Jikook eternamente (Jikook) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Mark, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Jikook Namjin Vhope
Visualizações 17
Palavras 894
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii fantasmas turu paum?
NÃO ME MATEM
Dessa vez não vou poder explicar pq eu demorei mas tamo aq com o cap e é isso q importa e aposto q vcs nem queriam saber msm pq eu demorei kkkk então vamo lá

Capítulo 10 - Jisoo?


Fanfic / Fanfiction Jikook eternamente (Jikook) - Capítulo 10 - Jisoo?

Jimin On

Acordei, fiz minhas higienes, me vesti e agora estou em uma lanchonete qualquer para tomar meu café da manhã

Eu e Jungkook estamos mais intimos desde o dia que ele se vestiu com um kigurumi de coelho kkkk, ele estava muito fofinho. Já faz um mês desde este ocorrido

Saio de meus pensamentos quando  uma figura de curvas femininas senta em minha frente, figura esta que conheço muito bem e a abomino

JM: Jisoo?

JS: Sentiu saudades Minnie?- seu olhar era sarcástico assim como o sorriso estampado em seu rosto

JM: Não me chame assim- falei rude, a raiva já começando a tomar conta de mim- Você não me respondeu minha pergunta o que faz aqui?

JS: Nossa Minnie- fingiu estar ofendida- Não lembro de você ser assim- depois voltou a sorrir- Você também não respondeu minha pergunta. Sentiu saudades?

JM: Pode ter certeza que não, nem um pouco. Agora me responda o que faz aqui?- falei já sem paciência

JS: Eu moro aqui agora- e meu chão caiu, todo meu passado estava batendo a ponto de arrombar minha porta- E  também estudo na mesma escola que você

JM: Jisoo você sabe que terminamos e eu não quero conversa com você- não esperei meu pedido chegar, sai daquela lanchonete 

Pelo visto vou ter de comer em outro lugar, a coisa que menos preciso é Jisoo perto de mim. Não acredito que ela se mudou pra cá

(...)

O sinal já estava prestes a bater indicando que as aulas já iriam começar. Eu já estava sentado em minha carteira esperando Jungkook chegar. Com a cabeça baixa lendo um livro não percebo a presença de alguém até que ela bota a mão na cadeira ao meu lado puxando-a fazendo menção de que vai se sentar. Olho para o lado achando que é Jungkook mas era quem eu menos eesperava

JS: Oii Minnie não se importa se eu sentar aqui não é!?- fiz um sim com a cabeça falando mudamente que importava mas ela não ligou- Vou sentar mesmo assim- e sentou, a minha ideia em sentar perto de Jungkook tinha ido por água abaixo, sabia que Jisoo não me deixaria sair dali então sendo direto disse:

JM: Ja disse para parar de me chamar de Minnie. O que quer?- perguntei sem paciência

JS: Esqueci de te avisar Minnie- não deu a minima para o que eu havia acabado de falar sobre o apelido- Alem de sermos da mesma escola somos da mesma sala. Isso não é incrivel!?- falou empougada- Parece que o destino quer nos ver juntos

JM: Não venha com essa de destino- falei desinteressado vendo-a desmanchar o sorriso- Todo mundo sabe que implorou para a diretora deixar você nesta sala- falei com um sorriso vitorioso por ter deixado-a com raiva Jisoo:0 Jimin:1

Depois da minha fala o sinal logo toca aparecendo um amontoado de alunos na porta da sala

(...)

A aula de filosofia está uma merda! Quem filosofa tanta besteira?

Olho Jungkook que está a direita, umas duas cadeiras da minha frente. Queria tanto sair daqui para sentar ao lado dele e conversar sobre qualquer baboseira que viesse a minha mente. E você me pergunta: E porque não vai?. Eu não posso. Jisoo está sentada ao meu lado não deixa. Eis que você me faz outra pergunta: Você já tentou?. Sim Jay tentei e todas as dezesseis vezes que tentei não deram certo

(...)

Chega a hora do intervalo. Todo mundo sai da sala e eu obviamente vou procurar Jungkook

JS: Quem está procurando Minnie? Eu já estou bem aqui- pergunta curiosa

JM: Sei que está aqui, por isso mesmo estou procurando outra pessoa- falo e mais uma vez seu sorriso se desmancha e abre espaço para uma cara totalmente emburrada Jisoo:0 Jimin:2

Do nada ela me puxa com força indo em direção a sala de aula

JM: O que você tá fazendo garota?- ela não fala nada e continua me puxando até que chegamos na sala de aula

Começamos a conversar, obvio que está mais pra brigar do que pra conversar. Repentinamente ela começa a me beijar. Tudo veio a tona. Todos os momentos que passamos juntos antes

*Flashback On*

JS: Minnie?- pergunta olhando nos meus olhos

JM: O que foi meu amor?- pergunto devolvendo o olhar

JS: Você me ama?

JM: Claro que sim meu doce- fali dando um se linho nela- E você? Me ama?

JS: Claro meu Minnie- fala e me beija. Um beijo calmo e cheio de carinho- Agora vamos terminar de assistir- fala e fica com a cabeça no meu peito enquanto me abraça e olha para a tela da TV que passava o filme

*Flashback Off*

Só me toco que estou retribuindo o beijo na hora em que ela morde meu lábio inferior. Repentinamente escuto uma fungada de alguém que parece estar chorando. Olho para a janela perto da porta da sala de aula e me deparo com Jungkook. Aquela cena partiu meu coração. Velo chorando com os olhinhos e o nariz vermelhos e meio enchadinhos por conta do choro e das fungadas

JM: Kookie-ah não é o que você pen- não consegui terminar a frase pois ele saiu correndo. Quando dou índices de que ia sair para procura-lo o sinal toca

O pior é que hoje é sexta-feira e sei que ele não vai querer nem olhar para mim. Ele não voltou para a sala depois que o sinal tocou, provavelmente ele foi para a casa dele

(...)

Chego no apartamento e me jogo no sofá pensando na merda que eu fiz. Olho meu Whatsapp e decido mandar uma mensagem para Jungkook





Notas Finais


Fantasmas mais tarde eu vou editar esse cap e postar o resto dele pq agr vou ter q sair
TCHAUUU FANTASMAS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...