1. Spirit Fanfics >
  2. JIKOOK-Eu odeio você (ABO) >
  3. Ósculo (Beijo)

História JIKOOK-Eu odeio você (ABO) - Capítulo 89


Escrita por:


Notas do Autor


BOA LEITURA❤❤❤

Capítulo 89 - Ósculo (Beijo)


Fanfic / Fanfiction JIKOOK-Eu odeio você (ABO) - Capítulo 89 - Ósculo (Beijo)

~Ainda Sohye on~

Jm: Ele o quê?! -Fecha o notebook enquanto gira o corpo para mim, me olhando com os olhos bem redondinhos  e a boca em um O-

Sy: Me beijou Omma... a gente se beijou! -Exclamo e ela fecha a boca antes de abrí-la novamente-

Jm: Puta merda. -Põe a mão na boca e sai da cama, correndo até a porta e a trancando- Meu Deus! Sabia que isso ia acontecer. -Diz se sentando em minha frente- Como foi isso?

Sy: Jacob... o alfa que me insultou. Ele começou a falar besteiras e Chae estava no corredor... pediu para que ele parasse mas ele apenas falou mais alto, chamando a atenção dos outros lobos inclusive a dos amigos dele mesmo. -Faço uma pequena pausa, me lembrando das cenas- Ele provocou Chae também... sobre 'nós dois' e então Chae deu o primeiro soco nele e assim eles continuaram a briga.

Jm: Não tinha professores lá? -Franze o cenho-

Sy: Eles estavam no andar de cima e até que chegassem... daria tempo para bastante coisa. Não sabia o que fazer... Chae é um Lúpus e nem Baek, Hana ou Eun estavam no primeiro andar. Os amigos de Jacob foram ajudar... São os três do terceiro ano.

Jm: Espera... Chae acabou com alunos do terceiro ano?! 

Sy: Ao menos iria... se alguns outros poucos Lúpus não tivessem o tirado de cima dos três. O diretor chegou logo em seguida e mandou os três do terceiro ano para a secretaria. Eu estava chorando mas ainda assim levei Chae pra enfermaria... que estava vazia.

Jm: Eu posso pegar água? Estou nervoso. -Leva a mão ao peito-

Sy: Eu não vou mais contar! -Afundo meu rosto em um travesseiro que cheira ao Appa-

Jm: Tá bom filhote, desculpe.. eu vou me conter. Anda, fala! -Puxa o travesseiro e o agarra com força-

Sy: Eu ajudei ele... nos curativos, mas ele ficou me olhando estranho e a minha loba tava estranha. Ele pediu pra mim parar de chorar, pediu desculpas pelo Jacob, enxugou minhas lágrimas e simplesmente... me beijou.

Jm: Espera, beijou onde? -Me olha atento-

Sy: Aqui... -Toco meus lábios e ele suspira de alívio. "Foi só eu que senti malícia aí Soh?"-

Jm: Mas foi um beijo beijinho, beijo beijo ou um beijo beijão?  -Se aproxima-

Sy: E faz diferença?

Jm: Claro que faz filhote.

Sy: Foi um beijo... beijo. -Encolho os ombros e ela sorrir-

Jm: Espere... -Arqueia uma sobrancelha- Onde estavam as mãos dele?

Sy: Omma! -Puxo o travesseiro dela e grito afundada na fofura dele- 

Jm: Me fala Soh.

Sy: -Suspiro o olhando novamente- Aqui. -Toco minha nuca e ela suspira novamente- 

Jm: E as suas?

Sy: Apertando... minha calça. -Digo simples e ela suspira-

Jm: A língua... Foi de língua?! 

Sy: Ele beijou... normal eu acho, sem língua. E parou... me olhou e eu estava parada lá Omma... foi vergonhoso de mais! -Grito de novo no travesseiro- 

Jm: E o que fez depois quando ele parou? -Me olha esperançosa-

Sy: Ele ia... me beijar de novo mas, eu saí correndo e o deixei lá sozinho.

Jm: Oh, sério? Ele deve ter ficado t-

Sy: Acho que ele se arrependeu Omma... eu sou idiota de mais. -A abraço, cheirando seu pescoço-

Jm: Por que?

Sy: Ele mandou mensagem... pedindo desculpa e dizendo que iria me deixar em paz...

Jm: Filhote... ele não se arrependeu. Ele acha que você se arrependeu porque saiu correndo. Então... por isso ele pediu desculpa. Sohye, é o Chaewon. Nós o conhecemos muito bem... principalmente você que não desgrudava dele quando eram filhotinhos. 

Sy: Mas não é a mesma coisa...

Jm: Você gosta muito dele não é? -Diz enquanto suas mãos acariciam minhas costas-

Sy: Sim... Appa não vai ficar bravo? -Olho pra ela que sorrir caloroso enquanto passa o polegar em minha bochecha-

Jm: Não tem com o quê ele ficar bravo Soh. Você está crescendo... querendo ou não e você gosta dele... então vá em frente. Siga seu coração...

Sy: Vai falar pra ele... sobre o beijo?

Jm: Quem disse que precisamos falar? -Sorrir fechado-

Sy: Tio Tae é fofoqueiro... se ele souber por outra pessoa, vai me colocar de castigo o resto da vida. Ele odeia que escondam as coisas dele...

Jm: Então quer contar? Quer que eu conte?

Sy: É melhor... -Abraço seu pescoço enquanto ele sussurra-

Jm: Tenho muito orgulho de você filhote. -Beijando meu pescoço em seguida-

Sy: Eu... vou olhar Ji-Hye. -Sorrio pra ela e me levanto da cama, andando até a porta- Obrigada Omma... você é a melhor de todas.

Jm: Pare com isso... -Cora desviando o olhar- Boa noite.

Sy: Boa. -Ando até o quarto de Ji e bato na porta, ouvindo um 'Entre' e logo obedecendo- Oi lindinho. 

Jh: Ah é você? Pensei que fosse os Appas. Não quero papo com você hoje. -Suga o canudo de um suquinho em caixa. Sentado na cama encarando a TV-

Sy: Mas o que eu fiz? -Cruzo os braços sentando ao seu lado-

Jh: Você não me levou junto com os outros lobos. Me deixaram sozinho com o Appa. -Diz emburrado antes de sugar o líquido novamente-

Sy: Tão lindo você. -O abraço apertado enquanto ele resmunga irritado-

Jh: Meu suco! Sai Soh! -Tenta me empurrar... mas o seguro forte e ele acaba cedendo ao abraço- Você é chata.

Sy: Eu sei. -Olho para seus olhos castanhos e me deito em suas coxas- Não sabia que assistia TV a noite...

Jh: Eu não gosto muito... só passa coisa feia e chata. Mas eu achei esse canal de desenho animado. Nem sabia que tinha. -Seus dedinhos passeam pelo meu cabelo e ouço ele sugando o suco novamente-

Sy: Vai fazer três anos que tem essa TV aqui e você só foi 'achar' os desenhos hoje? -Indago encarando os bonequinhos bonitinhos que passam na grande tela-

Jh: Sim. E é muito legal. -Seus dedos agora cutucam os brincos em minha orelha-

Sy: Omma deixou você beber isso? -Passo a unha em seu joelho coberto pelo tecido fino do pijama-

Jh: Appa deixou. Disse que eu poderia comer chocolate também. -Responde rápido e suga novamente-

Sy: Omma vai matar vocês dois se você tiver algum problema na barriga. -Puxo seu dedo coberto pela meia e ele afasta o pé rapidamente (Ele tem cócegas no pé! Haha ^_^)- 

Jh: Não ligo. 

Sy: Tão convencido. 

Jh: Tão chata. -Ouço o barulho alto da sucção final na caixinha- Joga pra mim Soh.

Sy: Palavrinha mágica. -Me sento o olhando-

Jh: Por favor. -Faz um biquinho fofo e estende a caixa pra mim-

Sy: Okay. Eu já vou dormir... estou cansada. Boa noite lindinho. -Beijo suas bochechas e seu rostinho-

Jh: Soh! -Resmunga me empurrando pelos ombros-

Sy: Te... -Beijo seu pescoço- Amo. - Beijo sua testa-

Jh: Eu também! -Risos- Paara! -Se remexe enquanto eu faço cócegas em sua barriga-

Sy: Durma bem. -Sorrio pra ele antes de sair do quarto e descer para o primeiro andar-

~Sohye off~


~Jimin on~

Jk: Beijou onde? -Franze o cenho me olhando curioso e intrigado-

Jm: Deixe de ser dramático. Foi na boca. Um beijo... normal, sem língua. Sem mão boba. -Explico-

Jk: Eu vou matar aquele filhote. Puta que pariu. -Passa a mão no cabelo, bagunçando seus fios-

Jm: Ela está crescendo Jungkook. Não podemos fazer nada. -Digo sério me sentando na cama-

Jk: Eu pedi a ele pra não se envolver com ela ago-

Jm: Você o que? -Olho intrigado para ele- Quem te deu esse direito alfa? 

Jk: Ômega, ele não sabe se controlar ainda. É explosivo igual à Mihun. Ele me disse que gosta de Sohye... que quer passar o cio com ela. 

Jm: E você simplesmente disse Não.  Quem você pensa que é hein alfa? -Ele me olha irritado-

Jk: É... eu disse não ômega. -Tá... estamos discutindo agora. Quando usamos Ômega ou alfa... é discussão-

Jm: Eu disse pra ela falar com ele... tentar com ele. E você me diz que mandou ele se afastar?! -Suspiro pesado e ele se aproxima, sentando ao meu lado-

Jk: Ele está transando com uma alfa Jimin. -Olho perplexo para ele- Você sabe que os cios dos alfas não suportam medicamentos. Mihun e Tae 'acharam' uma alfa para ele. Uma normal. É forte... então irá aguentar os cios deles.

Jm: Por... -Fico pensando no que Soh disse... 'Ele se arrependeu'-

Jk: Ele disse que o lobo dele a rejeita porque ele gosta da Sohye. Ele disse que quer passar os cios com ela... namorar ou sei lá mais o quê. Mas eu não vou confiá-la a ele enquanto ele não se controlar Jimin. -Ele morde o lábio pensativo- Se ele irá bater em qualquer um por insultar ou falar algo que não o agrada... como ele pretende passar o cio com uma ômega-rara?

Jm: Ela... acha que ele se arrependeu... de beijá-la.  -Digo quase que para mim mesmo- Mas... eles nem tem nad_

Jk: Você sabe como eles eram quando pequenos Jimin. -Olha para mim- Não importa se eles não tem nada... os lobos deles parecem ter e nós dois sabemos disso perfeitamente... porque é igual como foi com a gente. Como você acha que ela ficará quando descobrir isso Jimin? Descobrir que uma 'relação' da vida inteira foi 'traída' -Faz aspas com os dedos- 

Jm: Ela... vai ficar magoada de mais. Meu Deus... o que eu fiz? -Sussurro puxando meu cabelo e sinto as mãos de Jungkook afastando minhas mãos-

Jk: Mesmo que ela me odeie Jimin... não vou arriscar a segurança dela. Nós sabemos como um Lúpus pode ser... intenso e ela é frágil de mais. -Ele segura minhas mãos e leva uma ao seu rosto-

Jm: Mas... e se ele controlar? Se ele... fala-

Jk: Em três meses? É praticamente imp-

Jm: Mas não é totalmente. Você mudou em dois meses... por que ele não conseguiria em três? -Ele me olha surpreso e então sorrir-

Jk: Você sempre consegue ganhar as discussões Ômega. 

-Mantenho a mão em seu rosto, com a dele por cima e ele leva a destra vaga a minha nuca... aproximando nossos rostos e selando meus lábios. Ele pode mudar certo?... se ele amar ela... Ele pode mudar... mudar igual Jungkook.... Ele vai. Tenho certeza-

Jk: Jimin. -Volto a realidade quando ouço a voz firme de Jungkook. Encaro seu nariz bem na frente do meu e depois seus olhos negros brilhando para mim-

Jm: Sim? -Sussurro enquanto vejo o sorriso se formar em seus lábios e seus olhos se fechando antes de sua boca estar na minha novamente-

-Suas mãos deslizando pelas minhas curvas até minha bunda... parando e apalpando minha carne. Espera, eu respondi ao quê mesmo? Arfo contra sua boca ao me sentir ser elevado e colocado em seu colo. Aperto seus ombros quando sinto as mãos grandes adentrando minha calça. Sua língua se enroscando na minha e explorando a boca que ele já sabe bem como funciona. Puxo seus fios sedosos me mexendo em seu colo e aproximando mais nossos corpos... os deixando colados e ele levantando um pouco a cabeça, continuando o ósculo. Sinto seu indicador rodeando minha entrada e então sua mão é tirada de dentro das minhas vestes e ele separa o beijo com uma mordida forte em meu lábio inferior. Ele sorrir dirigindo a boca ao meu pescoço, onde começa a chupar bem molhado a minha pele. Sinto sua mão subindo pelo meu corpo e seus dedos tocar meus lábios, abrindo os olhos eu o vejo em minha frente novamente.-

Jk: Chupe dois... ou quer três? -Sorrir ladino- 

-Sinto meu rosto queimando e fecho meus olhos juntando nossas testas e ouvindo uma risada baixa de Jungkook. Ele me beija suave antes de voltar ao meu pescoço e adentrar devagar minha boca com os dois dedos... o indicador e o médio. Os chupo com vontade e ele aperta minha bunda durante o momento. "Porra... queria estar chupando outra coisa". Minnie fique quieta!-

Jk: Lindo... -Abro os olhos e sinto sua respiração subindo em meu corpo ardente. Aperto sua destra e ele move os dedos em minha boca, antes de os tirar-  Você é enlouquecedor de mais Meu amor.  -Ele me olha sério e sexy... Sinto sua destra adentrando minha cueca novamente e seguro um gemido ao sentí-lo adentrar meu ânus sem aviso algum-

Jm: Vá-á... rápido... -Gemo baixo e ele movimenta os dedos dentro de mim... se alargando, girando e entrando e saindo. Mordo meu lábio enquanto reviro os olhos sentindo seu pau duro em baixo do meu... "Porra Alfa!"-

~Jimin off~

...

~Chaewon on~

-Ontem mandei mensagem para Sohye... as que ela não respondeu. Sou muito burro meu pai do céu! Tio Kook disse para não fazer nada agora... mas poxa... ela estava lá, na minha frente, chorando, triste e tão... linda. A boca dela é melhor do que eu esperava, meu Deus. Preciso falar com ela, hoje e agora. Ela me ignorou hoje de manhã na escola, quando meus Appas foram comigo lá. Só a vi de longe... no final do corredor. A chamei mas ela ficou vermelha e de novo... saiu correndo. Por que eu não te tiro da cabeça Sohye?!-

Mh: Sim. Não íamos no Jiminnie? Vai ficar parado aí Chae? -Olho para minha Omma que está em pé, toda agasalhada- Vocês alfas me deixam com raiva por não precisarem andar assim. -Aponta para o próprio corpo, uma calça jeans, botas de saltos baixos, e provavelmente umas três camisas-

Cw: Vamos. -Passo por ela e a puxo pela mão-

Mh: Não pense que ainda se livrou do castigo Kim Chaewon. -Ouço ela resmungar atrás de mim. Minha Omma odeia que eu ao menos levante a voz para alguém... pior ainda bater em alguém. E ela está zangada não é nem por isso... é pelo fato de eu gostar da Soh, a ter beijado e ela não saber de nada. Appa contou pra ela.... me lembrem de não falar segredos para ele.-

Tae: Já pedi desculpa filhote. -Bufo entrando no carro depois de abrir a porta pra minha Omma... melhor mimá-la para que as coisas não piorem-

Cw: Toda a cidade já deve estar sabendo Appa. -Resmungo enquanto ele dá partida-

Tae: Você é dramático igual sua Omma. Se me bater, nós iremos morrer. -Olha rápido pra ela- Só falei pra sua Omma.

Cw: Tio Kook já deve saber também. Tio Jin... Nam e o resto dos lobos. Você tem noção de que o Tio Kook vai me arrancar o pau?

Mh: Olha a boca Kim. -Diz calmamente-

Cw: Omma, como você não pode estar assustada ou temendo pelo bem estar do seu filhote? -Massageio meu peito-

Tae: Viu? Dramático. -Suspira me olhando pelo retrovisor- Ele não vai arrancar nada seu Chae.

Cw: Quem lhe garante?

Tae: Ele não vai matar o alfa que a filhote dele gosta, imbecil. -Revira os olhos-

Cw: Ela... gosta de mim? -Pisco incrédulo-

Mh: Um pior do que o outro. Ela ficou com vergonha seu lerdo! Minha nossa...

Cw: Tá bom poxa. Vão fazer o trabalho pelo Tio Kook? -Bufo-

Mh: Escute aqui Chaewon. Se Bufar pra mim nos próximos dois anos eu que irei arrancar seu pau, entendeu? -Diz firme-

Cw: Appa! -Resmungo olhando pela janela-

Tae: Não posso fazer nada... é sua Omma. -Suspiro baixinho olhando meu celular... ela visualizou todas e não mandou nada como resposta. Vejo uma mensagem de Eun-


Mensagem on

Eun: Ei pirralho... está de castigo a ponto de não poder sair comigo hoje a noite? 14:23

Cw: Vai pro cabaré? Não quero. 14:27

Eun: Lá sou ômega de andar em cabaré moleque. 14:28

Cw: Mas está quase né. Pensa que eu não sei sobre as lobas que pega é? Tenho minhas fontes. 14:28

Eun: Foi só uma do tal cabaré. Mas eu nem sabia Chae... o engraçado foi ela me pedindo o pagamento e eu sem entender nada. Tive que dar minha mesada inteira pra ela. (Emoji coração partido) 14:29

Cw: Ela tem cara de adolescente mesmo... mas tem 23 Eun. Se sua Omma descobrir... 14:29

Eun: Se você ficar quieto... 14:30

Cw: Me pague também. (Emoji sorrindo) 14:35

Eun: Um hora ou duas? (Emoji de dinheiro) 14:36

Cw: Babaca. Eu lá quero você. Boa sorte com as alfas... porque eu estou só caindo mais fundo em um precipício. 14:37

Eun: Ainda não se declarou pra Soh? 14:37

Cw: Ah não, até você sabe sobre o beijo.  14:39

Eun: ESPERA AÍ! BEIJO?! CARA TU BEIJOU ELA? MEU DEUS... 14:40

Cw: Não sabia... SE ABRIR A BOCA EU TE MATO. Sério... meus Appas sabem e minha Omma está zangada de mais comigo. Soh está me ignorando Eun... que que eu faço? 14:41

Eun: Declaração. Diz que ama ela, beija ela e pronto. 14:42

Cw: 1: Ela não é as alfas com quem você transa Eun-ji. 2: Tio Kook, meu amigo... Tio Kook. 14:42

Eun: Cara... por que tinha que ser a Ômega cujo Appa é um Lúpus?!  Você é louco. Boa sorte. Tenho que ir... vou sair com meus Appas agora. 14:43

Cw: Obrigado por nada.14:43

Eun: Te amo seu gostoso. Tchauzinho. 14:44

Mensagem off


Tae: Se quiser descer, já pode. -Olho para o lado. Appa está parado na minha porta aberta, me olhando debochado-

Cw: Omma já foi? -Fecho a porta atrás de mim-

Tae: Sem olhar para trás. -Trava o carro e andamos até a porta- Oi amigão.

Cw: Não sei pra que esses seguranças... -Sussurro-

Tae: Quer que roubem sua amada? -Debocha enquanto entramos- 

Jh: Ah não! Você disse que ele estava no carro Mimi! -Resmunga separando o abraço-

Cw: Solte minha Omma seu ridículo. -Me aproximo dele e o pego no braço-

Jh: Eu não gosto de você Won! Me solta! Omma! -Grita se debatendo e eu beijo seu pescoço-

Cw: Você é muito lindo sabia, a cara do Tio Mochi. -O coloco no chão. Ji odeia que o comparem ao Tio Mochi no quesito aparência... porque todos sabemos que não parece nada. E mentiras o irritam- Eu amo você.

Jh: Entra na fila seu chato. Omma! -Corre e a abraça- 

Jm: Estava gritando por quê? -Me olha e sorrir largo- Ah... entendi. Ele agarrou você de novo? 

Jh: Sim. Expulsa ele daqui. -Diz manhoso-

Jm: Eu não. Gosto dele. -Beija Ji que bufa derrotado-

Sy: Omma, a Lya pediu... -Soh para me olhando firme... por um momento parece que só estamos nós dois aqui nesta sala. Então ela pisca com as bochechas começando a corar-

Jm: Pediu? -Olho pra ele que sorrir antes de encarar Soh-

Sy: Ajuda... com o bolo. Eu tentei... mas, não deu certo. 

Cw: Quebrou outro prato? -Ela me olha e sorrir mínimo acenando com a cabeça-

Mh: As vezes você parece filhote do Omma Jin. -A abraça e sussurra algo em seu ouvido. Soh me olha surpresa e desvia o olhar-

Tae: Eu vou te comprar um carrinho. -Olho pro Appa que brinca com Ji-Hye... ao menos ele gosta dele-

Jh: Eu quero um vermelho. -Pula nos braços dele-

Mh: Vai ficar parado aí no restante da tarde? Pensei que tinha algo para falar com Soh. -Olho para as duas. Omma me encorajando e Soh vermelha-

Cw: Podemos... subir? -Ela concorda E segue para as escadas comigo logo atrás-

-Observo ela andando até seu quarto e entrando devagar. Adentro o cômodo sentindo o cheiro forte dela e a vejo parar ainda de costas, acompanho com o olhar as mãos delas adentrando o bolso traseiro da calça e o corpo se virando finalmente. Ela não vai falar nada... não agora. Sorrio pra ela...-

Cw: Posso sentar? -Ela me dá espaço e eu sento com ela fazendo o mesmo-  Soh... não sou bom em explicar nada, então vou direto ao ponto antes que seu Appa me mate.  -Me viro pra ela apoiando minha destra no colchão-  Eu gosto de você Sohye... sempre gostei de você.  -Ela me olha pasmada e as bochechas ficam mais avermelhadas. Vejo ela apertar leve os lençóis como se estivesse se forçando a responder algo-   Eu sou um Lúpus Sohye. Os meus cios... são intensos. Eu não... posso machucar você ou.... algo assim.

Sy: Está dizendo que... gosta de mim mas não quer tentar um cio comigo? -Me olha confusa e sem jeito-

Cw: Eu... já passei o cio com outra loba. -Sohye pisca forte desviando o olhar, parecendo lhe faltar o ar- Sohye eu não poderia arriscar você. Seu Appa me ajuda muito e eu já consigo controlar muitas coisas... mas um cio eu não posso controlar. Não o meu. 

Sy: Você... a m-marcou? -Morde o lábio levemente, encarando os lençóis-

Cw: Não. 

Sy: Ma-as... era o seu cio-

Cw: Não adianta nada eu me 'aliviar' de três em três meses com uma loba se eu penso em outra. Soh... você não sai da minha cabeça. Dia e noite. Eu não suporto mais olhar pra você sabendo que não posso te beijar. Eu vou tentar nessas semanas... eu prometo que não ficarei mais com ela Soh. Mas eu preciso saber se você gosta de mim... se quer passar o cio comigo, se a ge-  Ela me dá um selinho demorado enquanto puxa minha nuca-

Sy: Eu... Gosto de você Chae e... minha loba fica feliz quando você está perto. -Ela roça nossos narizes e eu sorrio inalando o cheiro viciante dela- 

Cw: Então ela está feliz agora? 

-Ela fecha os olhos sorrindo largo. Me afasto alguns centímetros e observo seu rosto vermelhinho e a boca carnuda. Puxo sua outra mão a colocando em minha nuca, acompanhando a sua destra. Me sento mais próximo a ela e seguro sua cintura com ela me olhando suave, sinto suas unhas arranhando fraco a minha pele e beijo sua bochecha bem devagar e suave... beijo seu maxilar e deixo um beijinho em seu pescoço. Como é diferente transar e cuidar... Meu Deus!-

Cw: Feche os olhos Soh. 

-Mordo fraco seu queixo e vejo uma careta se formar em seu rosto envergonhado. Mordisco seu lábio e deixo um beijo carinhoso em seguida. Faço carinho em suas costas e junto nossos lábios sem demora. Como o gosto dela é... doce. Sinto a boca dela deslizando sobre a minha de um jeito bom para alguém que nunca beijou antes. Guio o ósculo pedindo permissão para adentrar sua boca com a língua e ela cede. Sinto seus dentes mordendo fraco minha língua... porra, como ela é incrível.-

~Chaewon off~


~Jimin on~

Jm: Já disse que Chae está conversando com a sua irmã. -Suspiro enquanto Ji anda atrás de mim em volta do balcão- 

Jh: Mas eu não quero ele perto dela. -Ouço sua voz irritada e continuo andando enquanto mexo a cobertura do bolo, uma vasilha em minhas mãos e uma grande colher- 

Jm: Problema o seu filhote. Pare de me seguir que eu não vou lhe dar cobertura. -Entrego a vasilha pra Lya e me viro rápido o pegando no braço- 

Jh: Nhaa! 

Jm: Fique quieto poxa. Deixe sua irmã em paz, entendeu? -Beijo sua bochecha-

Jh: É culpa daquele lúpus idiota...

Jm: Olha a boca ou você vai ficar de castigo. Chae é um ótimo lúpus. -Ele me empurra ainda me meus braços, me forçando a soltá-lo-

Jh: Eu não me importo. -Bufa irritado se sentando na cadeira- Quando o Appa chegar eu vou falar pra ele. -Faz bico-

Jm: Está me ameaçando é? -Cruzo os braços o olhando sério e ele arregala os olhos quando fico em sua frente-

Jh: Descruze os braços meu amorzinho. -Ele abraça minha perna e esfrega o rosto em minha coxa- Te amo...

Jm: Se orienta Jeon Ji-Hye. -Afago seus fios-

Cw: Está brigando com ele? E eu perdi isso? -Olho pra Chae que debocha sorrindo-




...



Notas Finais


-Taehyung fofoqueiro de plantão🥴
-Eun com a mulher da noite?😟
-Chae e Soh finalmente né meu povo😁
- Ji-Hye que lute viu😵

🗣Pessoal sei que vocês que me acompanham são de vários estados diferentes, como São Paulo, Ceará, Pará, etc. Então tomem cuidado com essa pandemia gente, quarentena não é uma férias do Governo. É algo sério, indica que tem algo o qual vocês devem se proteger. Então pessoal... fiquem em casa. Não estou dizendo que é pra passar o resto da vida trancado(a), claro que irão precisar comprar comida ou coisas para a higiene pessoal. Mas cuidem-se pessoal, lavem as mãos, tomem banho direitinho. Evitem tocar o próprio rosto, evitem tocar as outras pessoas por tanto tempo, tomem cuidado se tiverem adultos ou vovós na casa de vocês. Eles são a linha de risco, porque a doença para nos adolescentes (a maioria) que não temos diabetes, hipertensão ou problemas cardíacos é somente um resfriado/gripe. Mas para eles não. Então cuidem da família de vocês, dos amigos, namorados ou namoradas. Limpem a casinha de vocês e se cuidem de verdade. Se sentirem sintomas se isolem dos seus familiares e peçam ajuda sem os tocar. É algo sério pessoal. Quarentena não é brincadeira... pandemias não são brincadeiras. Procurem revisar os conteúdos nesse período... conteúdos escolares ou da faculdade/cursinho. Esse controle só depende de nós mesmos pessoal... então evitem festas, multidões, sair de casa sem a mínima necessidade. SE CUIDEM E CUIDEM DO PRÓXIMO.🖤

🧚🏻‍♀️Esse foi o capítulo de hoje meus anjinhos. Irei postar bastante nesses dias e tenho certeza que terminarei antes desses 15 dias. Então aproveitem e obrigada por tudo meus amores. SE CUIDEM E BEIJINHO DA FADA🧚🏻‍♀️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...