História Jikook forever? - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Chanbaek, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin
Visualizações 68
Palavras 666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse é o meu primeiro hot, por favor leiam com carinho e amor.

Minha beta não responde então me desculpe o erros.

Capítulo 8 - Capítulo 8


Cap 8

Jung kook on

Eu estava na sala da casa de jimin, estávamos assistindo dorama. Os meninos tinham acabado de ir embora, o verdade e desafio foi muito interessante... Quem eu estou querendo enganar?! Adorei a rebolada do Jimi. 

Eu entendi o que o Tae queria fazer,  ele é sempre obsecado por todos os garotos que chegam perto de mim. Esse é o meu taetae!

- Jimin? - O mais baixo olha para mim- você é mesmo virgem? - pergunto e ele arregala os olhos.

- S-sim, p-por quê? - pergunta corado.
 
- Porque...

"Posso tira-lá? " -penso

- Me desculpe pelo tae- mudo de assunto- ele sempre faz isso com todos os meninos que chegam perto de mim, ele quer que eu arrume alguém.

- Ah... Isso eu percebi,  mas não tem problema,  é o jeitinho dele- ele sorri.

Eu estou realmente gostando dele. 

O que você fez comigo Park Jimin?

Estava fitando ele. Pareço um cachorro olhando para um pedaço de carne. Ele é incrivelmente lindo,  seus olhos, sua boca carnuda e rosada, seu nariz, seu cabelo, ele é simplesmente lindo.
- Jung Kook, eu não sou um pedaço de carne,  pare de me olhar assim- ele ri.

- N-não estou o-o-olhando pra você- minto- estou olhando pra parede atrás de você- minto novamente.

- Você não me engana,  sei que estava olhando pra mim.

- É que... Que... Você é muito lindo, sabia? - ele olha para mim corado. Fomos nos aproximando lentamente.

Aproximo nossos lábios, foi apenas um selar, mas para mim era muito mais que isso,  precisava provar de seus lábios de novo, nos aproximamos rapidamente, mas agora era um beijo necessitado, feroz.
Ele pediu espaço para a língua e eu dei, enquanto isso eu apertava sua bunda,  que por sinal é muito grande. Infelizmente, tivemos que nos separar por causa da famosa falta de ar. Oxigênio estúpido! Ficamos um tempo nos observando.

- Kook, eu não sei se estou pronto para isso- fala baixinho- não faço ideia de como é- ele abaixa a cabeça.

- Fica tranquilo... Eu te ensino my mochi!

Falo tomando seus lábios novamente,  pedi passagem para a lingua e ele cedeu, ele passava suas mãos macias por todo o meu corpo, separei nossos labios tirando rapidamente sua camisa,  ficando em choque com seu ABS bem definido, retomo o que estava fazendo,  começo a destribuir chupões  em seu pescoço e ABS:

" Isso vai deixar marca" -penso.

Volto atenção para sua boca. Ele fez sinal para irmos ao quarto, ele entrelaça suas pernas em minha cintura, coloco minhas mãos em sua bunda e subimos as escadas em meio de um beijo.
Chegamos no quarto,  jogo ele na cama, subo em cima dele tirando minha camisa,  tiro sua calça e sua box, invertemos as posições,  ele tira minha calça e minha box.

Jung kook off

Jimin on

Tiro sua calça e sua box,  vendo seu pênis ereto, abocanho o mesmo  (apenas o que cabia em minha boca, essa desgraça é grande)  fazendo movimentos lentos para torturá-lo.

- n-não f-f-faça i-sso comigo b-b-baby- ele fala.

Faço movimentos rápidos, fazendo com que ele acabasse gozando em minha boca. Eu engulo todo seu "leite".

- E agora,  daddy?  - pergunto sendo sexy- 2° round?

Sento em seu membro e começo a rebolar,  em instantes já estava duro. Ele penetra em mim lentamente.

- Jun-jung koo-ook- dou um gemido alto de dor.

A dor vai passando,  em instantes dando lugar apenas ao prazer.

Ele faz movimentos de vai e vem.

- J-ji-iminn- ele geme o meu nome- my baby- ele aumenta a velocidade de vai e vem.

- mais,  m-aais rá-rápi-doo- falo e ele obedece,  estocando todo os lugares dentro de mim.

- Eu... Vo-ou go... - ele tira seu membro de dentro de mim, gozando junto comigo. Caimos na cama ofegantes.

- Vou ...tomar um... banho- falo ofegante.

- Pode ir ...eu vou ...depois- fala também ofegante.

Pego uma toalha e entro no banheiro, começando a tomar meu banho... 
 

                                  Continua... 


Notas Finais


Obrigado, pela paciência e por não terem desistido de mim, amo todos vocês.

Povo, estou muito feliz, a minha escritora favorita esta lendo a minha fanfic, por favor leiam a fic dela: Photos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...