1. Spirit Fanfics >
  2. (Jikook) Meu Chefe. >
  3. Provocação.

História (Jikook) Meu Chefe. - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii meus amores, boa leitura.

Capítulo 2 - Provocação.


Fanfic / Fanfiction (Jikook) Meu Chefe. - Capítulo 2 - Provocação.

   

                                                                                  JK ON

 

Chego na empresa e comprimento a todos e fui pegar o elevado, quando eu chego no andar da minha sala vejo Park na sua mesa, concentrado no computador com aquele cabelinho rosa bagunçado, como eu amo ele.

 

JK- Bom dia Park.

 

JM- Bom dia senhor Jeon, precisa de algo.

 

JK- Sim quero que você me traga um café bem forte, com licença Park- Park gostoso do caralho rsrsrs.

 

Eu falo e vou para minha sala, sento na minha cadeira e ficou pensando no Jimin, eu estou pesando a 1 semana em como eu vou me declarar para o Jimin, como vou pedir divórcio para a lisa e como vou lidar com o meu pai, olha eu já estou vendo quando eu e lisa se separa e eu me declarar oficialmente gay meu pai fica doido rsrsrs, ai vocês me perguntam pq eu ainda não fiz, simples eu tenho ou melhor dizendo tinha medo do Jimin me rejeitar, mais saber de uma coisa eu preciso me arriscar pelo o amor da minha vida preciso se eu quero ele pra mim eu preciso fazer isso e vou fazer, eu estava perdido no meu pesando quando escultor Jimin pedir permissão para entrar e claro que eu deixei ele entrar.

 

                                                                                JK OFF

 

                                                                                JM ON

 

Eu pego o café dele e vou em direção para sua sala, chego na mesmo e bate na porta e escuto um entre, ahhh só dele falar eu me arrepio todinho rsrs quero tanto essa voz falando safadeza no meu ouvido quando ele me fode, saindo dos meus pensamentos eu entro na sala e vejo jeon assisto uns papel ahh gente ele fica tão gostoso sério assinado aqueles papéis.

 

JM- Aqui está senhor Jeon.

 

JK- Obrigado Park.

 

Quando eu iria sair da sala o gostoso me chama de novo delícia de homem.

 

JK- Park.

 

JM- Sim senhor, está precisando de mais alguma coisa senhor Jeon.

 

JK- Sim eu quero que você me traga o contrato com os japoneses, o mais rapido possivel por favor.

 

JM- Sim senhor com licença eu vou pegar- Eu saio de lá rebolando muito minha bundinha é claro né gente que antes de sair da sala eu olho para trás e vejo Jeon babando na minha bunda rsrsrsrs ahhh Jeon me aguante.

 

JK- Ok Park.

 

                                                                                   JM OFF

 

                                                                                   JK ON

 

Jimin sair da minha sala rebolando aquela bundinha gostosa, quero tanto fude ela todinha, ahh pára para Jeon pq se não você vai ficar duro aqui mesmo, e eu não posso ficar duro tipo imaginar um funcionário meu entrando aqui e me ver duro assim, esquece já estou duro pq quando se trata de Park Jimin meu amiguinho acorda rapidinho rsrs ahhh Park você me pega por me deixar duro todo dia nesse 1 ano rsrsrs e eu sempre tenho que resolver na punheta.

 

Quebra de tempo.

                                                                            JK OFF

                                                                            JM ON

 

Quando o Jimin pegou os contratos ele foi para sala de Jeon, batendo na porta e escutando um entre ele.

 

JK- Pode entrar.

 

JM- Com licença senhor.

 

JK- Park pq demorou tanto para pegar uns pepal em.

 

JM- Desculpa senhor estava procurando eles.

 

JK- Hmm sei.

 

JM- Olha está aqui senhor, mais alguma coisa.

 

JK- Só mais uma, Senhor Park hoje de noite você tem algo para fazer.

 

JM- Não senhor- não pensa merda não pensa merda, rsrsrs pensei merda como sempre. 

 

JK- Hmm, vocde quer sair comigo.

 

JM- Claro Jeon pq não, agora uma pergunta e a sua mulher eu acho que ela não vai gosta que seu marido saia com o seu secretário gay Jeon.

 

JK- Ela não tem o que gosta jimin, eu saio com quem eu quiser e quando eu quiser.

 

JM- Jeon ela é sua mulher, você não pode fazer isso com ela.

 

JK- Você sabe muito bem que o meu casamento com ela é arranjando então eu não amo ela e nem ela me ama Park- Eu sei que estou errado mais eu amei sabe que ele não ama ela, eu adorei saber disso pq eu posso ter uma chance com ele e eu vou não vou desperdiça rsrs.

 

JK- Você aceita sair comigo em- Fala se levantando e vindo até mim com aquele sorriso malicioso que só ele tem.

 

JK- Em neném vamos sair- Fala segurando minha cintura.

 

JM- Jeon…… rsrsrs.

 

JK- Que foi neném, não me fala que você não quer também que eu te foda bem gostosinho em- Quando ele falou isso todo o meu corpo se arrepiou até nos lugares que eu não sabia que arrepiava rsrsrs, esse homem tão o pode sobre mim que eu não sei explicar.

 

JM- É claro que eu quero, é tudo que eu mais quero gostoso rsrsrs- falo no ouvido dele com uma voz bem manhosa rsrsrs.

 

JK- Ahhh Park não me provoca assim neném.

 

Jeon pega na minha cintura e me puxa para um beijo, ele começa a apertar minha cintura e eu coloco a mão no pescoço dele puxando com certa forte os seus cabelos, o beijo foi ficando mais intenso, cheio de desejo, Jeon foi passando as mãos no meu corpo e como  sempre me arrepio todinho, estava tão bom e gostoso aquela beijo, só que a falta da merda do ar se fazer presente e estávamos nos separando quando Jeon me dar uma mordida no meu lábio inferior.

 

JK- Delicia- falou ainda de olhos fechados.

 

JM- Que bom que gostou senhor gostoso.

 

JM- Agora é melhor para por aqui pq uma pessoa pode entrar a qualquer momento aqui e nos pegar senhor.

 

JK- Claro claro Park, quando acabar o horário de trabalho a gente vai tudo bem para você.

 

JM- Sim sim senhor Jeon, agora a gente vai para onde.

 

JK- Ahh Park é uma surpresa para você, agora volta para sua mesa bebê.

 

JM- Ok então rsrsrs tchau senhor- quando eu ia saindo ele me pega.

 

JK- Eiii eiiii você não está esquecendo alguma coisa não.

 

JM- Eu acho que nao, estou.

 

JK- Claro que está neném, cadê meu beijo.

 

JM- Ahhh vem aqui vem bb- falei puxando ele pela gravata.

 

A gente da outra beijo intenso e muito delicioso só que como eu falei aquela merda da falta de ar se fazer presente e se separando.

 

JM- Até mais tarde senhor gostoso- eu dei um selinho nele e sair.




 

Continua…………...  

 


Notas Finais


Safadinho ele né rsrsrs, amo vcs beijinho na bundinha.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...