História Jikook traição- Quando a Última dança acabar - Capítulo 7


Escrita por: e Kim_Eunbin

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 106
Palavras 1.374
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - 7


A pessoa que estava ali na minha frente era o próprio Jeon Jungkook, isso mesmo, Jeon Jungkook. Me fudi legal agora.

- O JIMIN E O YOONGI ESTAVAM O QUE?! - Ele gritou e eu apenas pensei: É agora que eu levo um soco.

Ele não disse nada, apenas saiu dali, acho que ele vai embora.

- Porra Namjoon, agora o Yoongi vai morrer aos socos e a culpa é sua! - Jin falou alterado.

- Eu sei que a culpa é minha caralho! - Falei no mesmo tom de voz que o mais velho a minha frente.

- É... Gente.... Eu acho que... - Taehyung iria falar, mas foi interrompido por Jin.

- Ainda bem que você sabe que a culpa é sua, porque quando o Yoongi morrer e voltar para puxar seus pés e levar a sua alma você já vai estar preparado! - Jin fala alterando a voz cada vez mais.

- Gente... - Taehyung novamente se pronunciou.

- Porra Jin, o Yoongi não vai morrer. O Jungkook não seria capaz disso, pelo menos eu espero que não... - Falei a última parte apenas para mim.

- Ah... Gente... Gente me ouve! - Taehyung falava, mas ninguém dava atenção, eu e Jin estávamos discutindo e Hoseok estava muito concentrado na nossa "briga".

- CARALHO NAMJOON, MAS E SE ELE FOR? E SE ELE FOR CAPAZ DE MATÁ-LO? NAMJOON, A GENTE NÃO SABE DO QUE O JUNGKOOK É CAPAZ, VOCÊ SABE QUE ELE AMA O JIMIN E ELE SEMPRE FEZ TUDO PELO QUE ELE AMA PORRA! - Jin gritou chamando a atenção de todos no hospital. A cada palavra dita, ele batia em meu peito com seu dedo indicador.

- Gente... - Taehyung e suas tentativas falhas de tentar falar algo.

- PARA DE GRITAR CARALHO - Gritei assim como Jin, estou pouco me fudendo se eu estou na porra de um hospital.

- CARALHO GENTE, ME OUVE PORRA! EU TO TENTANDO FALAR, MAS VOCÊS SÓ FICAM DE CÚ DOCE, COM ESSA BRIGUINHA DE MERDA. ENQUANTO VOCÊS TÃO AQUI DISCUTINDO, O JUNGKOOK FOI LÁ PARA FORA, PUXANDO O YOONGI PELA CAMISA E A ESSA HORA ELES DEVEM ESTAR SE ESPANCANDO PORQUE VOCÊS SÃO TRÊS IDIOTAS QUE NÃO QUISERAM ME OUVIR ANTES PORRA! - Taehyung gritou chamando a atenção de nós três e do resto do hospital.

- Porque você não falou antes? - Eu e Jin perguntamos ao mesmo tempo.

- Eu tentei, chamei vocês quatro vezes, mas vocês não prestavam atenção. Mas agora isso não importa, vamos lá antes que eles se matar lá fora. - Taehyung simplesmente virou e foi em direção à porta, assim eu e os meninos fizemos o mesmo.

*Namjoon off*

*Jungkook on*

Não sei exatamente o que eu estou fazendo, só sei que a raiva tomou conta de mim. Preciso descontar essa raiva em alguém e esse alguém se chama Min Yoongi.

Com meu corpo fervendo em raiva e meus olhos tomado por puro ódio fui em direção ao quarto de Jimin. Yoongi está mexendo com fogo, se ele acha que vai tirar o Jimin de mim ele está muito enganado. Jimin será meu nem que alguém tenha que sair daqui sem vida.

Sempre fui assim, nunca levei desaforo para casa, sempre brigava na escola por coisas fúteis, vingativo e esses foram um dos motivos de eu ter sido expulso de três escolas durante minha adolescência.

Nunca mais tinha sentido isso. Conforme fui crescendo, fui me controlando, deixando esse meu outro lado, escondido, mas parece que hoje ele resolver aparecer.

Não me julguem pelo meu passado, afinal, todos temos um lado que ninguém conhece, um lado obscuro, mas nem todos conseguem encontrá-lo. Diferente de algumas pessoas, eu encontrei este meu lado obscuro e deixei que ele tomasse conta de mim.

Indo eu direção ao quarto de hospital, imaginava Yoongi com o rosto sangrando, gemendo de dor enquanto eu batia no mesmo. Imaginar ele implorando por ajuda, pedindo para eu parar, fez com que um sorriso surgisse em meu rosto.

Cheguei em frente à porta e a meu só pensava em uma frase: "O Jimin e o Yoongi estavam se beijando ali no quarto." Está frase estava martelando em minha cabeça me deixando com mais raiva ainda.

Empurrei a porta com força e rapidamente peguei Yoongi pela gola da sua camisa e puxei o mesmo para fora do hospital jogando-o no chão.

- O que você está fazendo seu idiota?! - Falou levantando e olhando em meus olhos.

- O que deveria ter feito há muito tempo! - Disse com um sorriso sarcástico no rosto e o mais velho me olhou confuso.

Rapidamente desfiro um soco em seu rosto descontando a raiva que estava sentindo fazendo-o cair no chão. Subi em cima do mesmo e pude ver seu rosto sangrando. Peguei em seu pescoço e bato sua cabeça no chão com força.

Yoongi estava fraco, mas a pouca força que tinha foi o suficiente para dar um chute em minha barriga me fazendo sair de cima do mesmo.

Yoongi deu-me um soco no canto de meu olho esquerdo. Rapidamente revido fazendo-o cuspir sangue.

Chutei sua barriga várias vezes, subi em cima dele novamente e peguei na gola de sua camisa e desferir vários socos em seu rosto deixando-o inconsciente.

Ouvi vozes me chamando, falando para eu parar de bater no mesmo. Logo sinto alguém me tirando de cima de Yoongi.

Vejo Jin e Namjoon levantando Yoongi e o levando para dentro do hospital. A pessoa que me tirou de cima de Yoongi, me virou em sua direção e me deu um soco. Estava com a visão um pouco turva, mas reconheci quem era. A pessoa era Min Geum-jae, irmão de Min Yoongi.

*Jungkook off*

*Taehyung on*

Depois que gritei com os meninos, virei as costas e fui correndo em direção a saída do hospital. Ai chegar lá vejo Yoongi jogado no chão com os olhos fechados, provavelmente estava inconsciente e Jungkook estava por cima do mesmo dando vários socos em seu rosto.

Logo vi Geum-jae se aproximando e tirando Jungkook de cima de Yoongi e desferido um soco em seu rosto.

- Jin Hyung e Namjoon Hyung, peguem o Yoongi e levem ele para dentro do hospital por favor. - Ditei olhando os mais velhos em minha frente. - Eu e Hoseok vamos levar Jungkook para casa e acalmá-lo. - Assim que disse isso os dois assentiram e foram em direção ao Yoongi.

Eu e Hoseok fomos até Jungkook ficando ao lado de Geum-jae.

- Ei! Pode deixar que a gente na um jeito nele. Vá para dentro e fique com Yoongi. -Disse colocando a mão em seu ombro. O mais velho soltou Jungkook com força fazendo-o cair no chão. - Espera! Por favor, você poderia pedir para os meninos passarem na minha casa depois? Precisamos ter uma conversa com Jungkook. - Geum-jae parou, me olhou e apenas balançou a cabeça em sinal de afirmação.

- Vamos Jungkook. - Hoseok disse e levantou Jungkook do chão e levando-o para seu carro.

Hoseok colocou Jungkook no banco de trás e sentou-se no banco do motorista. Como Jungkook estava deitado no banco de trás, dei a volta no carro e sentei no banco do passageiro.

O ruivo ao meu lado deu partida no carro e andou em direção a minha casa. Durante o caminho, ninguém ousou falar algo, estávamos todos em um absoluto silêncio.

Chegando em casa, Hoseok tirou Jungkook do carro e eu fui abrir a porta. Assim que abri a mesma ajudei Hoseok a colocar o moreno sentado no sofá.

- Hoseok, pegue a caixinha de primeiros socorros para mim por favor? - Ele nada disse, apenas fez o que eu havia pedido.

Cuidei dos machucados no rosto de Jungkook e levei-o até meu quarto para o mesmo descansar. Estava na sala assistindo TV com Hoseok enquanto esperava Jungkook acordar e os meninos chegarem para conversarmos com Jungkook.

Os meninos chegaram e avisaram que Yoongi estava bem, mas teria que passar essa noite no hospital, eles avisaram também que Jimin ficaria mais dois dias no hospital para os médicos terem certeza que ele está recuperado.

Jungkook estava demorando para aparecer, então resolvi ir até o quarto onde ele estava e ver se o mesmo estava bem.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...