História Jikook - Uma história de amor - YAOI - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook
Visualizações 35
Palavras 1.047
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei mas voltei....

Capítulo pequeno eu sei, mas espero que gostem... Mudei um pouco o ritmo da fic, mas eu sou a autora então eu posso...

(A vdd eh que eu mudei minha forma de escrita e me sinto melhor assim, então me perdoem...)

Capítulo 20 - Hackeados?


Narrador P.O.V.

No dia seguinte eles não tentaram. Mesmo que Jimin havia prometido pra Jeon, eles não tentaram.

Não era nem seis horas da manhã quando Jimin foi acordado por um telefonema de sua secretária dando uma notícia devastadora para o mesmo. A empresa havia sido hackeada.

O pequeno/grande empresário (pequeno por sua altura, grande por ser de grande importância) ficou muito irritado. Rapidamente se arrumou e deixou um beijo na testa de Jeon, o que fez o mais novo acordar.

– O-onde você vai, Opp-Jimin? – Jungkook perguntou, quase chamando o mais velho de "Oppa" o que melhorou um pouco/muito o dia do mesmo, fazendo-o abrir um lindo sorriso, convenhamos que o sorriso do Park realmente é lindo.

– Houve um probleminha na empresa, bebê, eu não sei que horas eu volto... – Falou o mais velho alisando a bochecha de Jeon como polegar.

– Que horas que eu entro? As nove? – Perguntou o mais novo.

– Não precisa trabalhar hoje se não quiser... – Park falou.

– Eu sou seu empregado como qualquer outro naquela empresa! Que horas eu começo, Sr. Park? – Jungkook perguntou deixando a voz mais firme.

– Nove horas em ponto quero você na sua sala, Sr. Jeon, sem atrasos, se não arranjarei uma punição para isso... – Park disse, e Jeon segurou um sorriso malicioso com o tanto de coisas erradas que passavam pela sua mente.

– Punição, é? – Jeon questionou rindo

– JEON JUNGKOOK! – Park o repreendeu, e ambos começaram a rir. – Tenho que ir, nos vemos depois... – Falou e deixou um selinho no mesmo e saiu.

~~

Na empresa ninguém nunca tinha visto Park Jimin tão irritado. De cinco em cinco minutos ele bufava e passava a mais em seus cabelos ruivos, levando-os para trás, por mais que sempre voltavam para a mesma posição.

– Como isso aconteceu, Namjoon? Até agora você não nos disse nada... – Hoseok, se inclinando sobre a mesa que o técnico trabalhava, tentando manter a calma.

– É como se alguém com acesso as contas e projetos principais da empresa tivesse deixado a conta logada e o programa que eu instalei nos computadores desligado. Então foi bem fácil para o tal hacker entrar no nosso sistema. – Namjoon explicava e Hoseok prestava total atenção, enquanto Jimin permanecia no canto da sala em sua "bolha" para não acabar gritando com ninguém.

– Como impedimos o acesso agora que temos a noção do que aconteceu? – Hoseok perguntou.

– Primeiro eu preciso localizar o computador que foi invadido, depois dar um jeito de privar as informações que ainda não foram roubadas... – Kim respondeu.

– E as informações que a pessoa já pegou? – Jimin perguntou, saindo de sua bolha.

– Eu posso fazer um processo para recuperar tudo, mas não tenho certeza que posso priva-lo de coisas que ele já teve acesso, além do fato que isso pode demorar mais...

– Você consegue resolver tudo até antes das dez da manhã? – Hoseok perguntou.

– Tendo em vista que ainda são sete e meia, sim, mas qualquer imprevisto posso avisar vocês...

– Ótimo, ótimo... – Ouviram Park se pronunciar. – O que você tem as dez, Hope? – perguntou desviando a tensão da sala, ou tentando desviar.

– Caralho, Park, nossa viagem pra Busan! É hoje, esqueceu?

Sim, Jimin havia esquecido totalmente disso.

– Eu não posso ir... – Falou baixo.

– Não podemos cancelar a reunião com o Sr. Shin, ele acabaria com nosso contrato, então, sem essa de não poder ir... – Hoseok disse.

– Vocês podem ter essa DR em outro lugar? Eu estou tentando trabalhar aqui – Namjoon alertou ambos se segurando para não rir da nova discussão que eles haviam iniciado.

– Não posso deixar o Jungkook... – Park falou ao sair da sala acompanhado de Hoseok.

– Você tem noção que o conhece a três dias?

– Esse garoto mexeu comigo de uma forma indescritível por palavras, Hoseok... Eu não sei como explicar...

– Pare de falar com essa voz de colegial apaixonada, e olhar pro nada como se estivesse em um filme... Para que tá feio... – Hoseok falou fazendo ambos rir – Eu sei como é, só não deixe que essa paixão suba a sua cabeça... Vá pra casa, arrume suas malas e volte para irmos viajar, qualquer avanço ou complicação de Namjoon eu aviso.

– 'Kay, obrigado, quantos dias passaremos em Busan, mesmo? – Jimin perguntou sorrindo com uma cara de pau por ter se esquecido dessa viagem e reunião completamente.

– Quatro dias, Park, quatro dias... – Hoseok riu em negação com a cabeça.

~~

Jimin chegou em seu apartamento eram oito horas. Passou na cozinha, e, enquanto bebia um copo de leite, Jungkook entrou no lugar praticamente pronto para o trabalho.

– Você sabe que você ainda tem uma hora antes do expediente, né?! – Jimin questiona se encostando na mesa que na cozinha existia.

– Não quero chegar atrasado... Meu chefe me mataria... – Jungkook disse sorrindo e circulando o pescoço de Park com seus braços iniciando um beijo lento.

Ficaram se beijando e trocando carícias até serem oito e meia. Sim, eles passaram meia hora se divertindo da maneira mais fofa de se ver. Até que Jimin resolveu abordar um assunto com Jungkook.

– Amor... – Jimin disse entre os beijos que Jungkook dava no mesmo. – Vá arrumar sua mala, nós vamos para Busan... – Completou.

A mente de Jeon travou.

– Pera... Que? – Jungkook disse afastando seus lábios dos lábios e maxilar do Park.

– Hm, nada, continue a me beijar... – Jimin disse já sentindo falta dos lábios de seu bebê.

– Consegue me explicar essa história enquanto eu te beijo?

– Não acho que eu vá me concentrar... – Jimin suspirou – Mas posso tentar pelo simples fato de eu não conseguir ficar um segundo sem seus beijos.

– Certo, explique! – Jeon falou e começou a dar beijos leves no maxilar do mais velho.

– Eu tenho... U-uma viagem de negócios... E-e-e eu... Você vai comigo e com o Hoseok... – Falou entre suspiros, com certeza era mais fácil ele ter explicado sem os beijos de Jeon rodando seu maxilar, pescoço e clavícula.

– Hm, e meu primeiro dia de trabalho? – Jungkook sussurrou ao ouvido de Park.

– Vai ser em um avião, do meu lado, me enchendo de beijos... – Jimin falou e roubou um selinho demorado do mesmo.

– Isso não é nada proficional, Sr. Park.... – Jungkook falou e, não é por nada, mas Jimin estava amando ouvi-lo o chamar de Sr. Park.

– Proficionalismo não é algo que vamos ter no quarto do hotel que ficaremos... – Park sussurrou para o mesmo, fazendo os pelos de seu pescoço arrepiarem, e, sorriu com isso. – Vá arrumar sua mala...


Notas Finais


Então gente, é isso, está sem revisão, pq eu vou revisar depois, enfim... Obrigada por esperarem

https://www.spiritfanfiction.com/historia/hybrid--yoonvseok-abo-12132822

Minha fic nova de YoonVSeok, leiam por favorzinho... ❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...