1. Spirit Fanfics >
  2. Jikook:Meu caro ômega... >
  3. Ninth Chapter

História Jikook:Meu caro ômega... - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Ninth Chapter


Min Yoongi on.

Me despedi de Taehyung,e meu novo amigo,Hoseok,saindo do prédio,fui caminhando em direção ao endereço que estava marcado no pequeno pedaço de papel,eu tinha um plano.

Eu iria aproveitar que meu celular estava com a bateria cheia,e então, colocaria o aparelho na janela,ou em qualquer lugar que desse para ver ou apenas ouvir as coisas ridículas que o pai do garoto de cabelos rosados diz,e então,levaria a polícia,sou um gênio- lê-se Albert Einstein- eu sei.

Ok,parei de me gabar.

Fui caminhando esperançoso em direção a casa dos pais do garoto,quando paro em frente a uma casa branca e moderna de dois andares,que havia um belo quintal. 

Olhei o número da casa: 182. Fitei o papel,e então tive certeza que havia chegado em meu destino.

Aproveitei que na casa não havia portão,e fui andando discretamente arredor da casa,eu claramente poderia ser preso por invasão de domicílio,mas eu estaria fazendo isso por um bom motivo, então a polícia poderia pensar no meu caso.

Andando devagar,fitando janela por janela,procurava aonde o pai de Park estava, não achei o babaca em lugar nenhum,apenas avistei a mãe dele sentada em uma poltrona tingida de branco,ela passava uma pomada em um.... Ferimento?

Análisei melhor a mulher,e percebi que ela estava cheia de hematomas, argh! Precisava nem de bola de cristal pra saber que aquele pote de esterco do marido dela tinha agredido ela.

Lágrimas desciam pelo rosto da mulher,ela estava chorando muito,me aproximei da janela,e consegui escutar ela ditando as seguintes palavras:

"Como ele teve coragem de me abandonar sozinha nessa casa? Como já não bastasse expulsar meu filho de casa,esse idiota me abandona aqui, deixando lembranças em minha pele,essas cicatrizes sempre estarão aqui pra lembrar o quanto eu o odeio!" 

Pera... Oquê? É isso mesmo? Aquele idiota abandonou a mulher,mas antes espancou ela,maldita hora que eu não estava com meu celular gravando!

Eu precisava saber dessa história direito , então arrumei meus cabelos e minha roupa,tive coragem e bati na porta,que a mesma foi aberta pela mulher que chorava na poltrona branca.

Sra.Park- Olá! Oque deseja? - Disse sem ânimo,mas abriu um sorriso para que eu não notasse que ela havia chorado.

- An... Sou um amigo do Sr.Park! Vim visitá-lo,ele está? - Indaguei,mesmo já tendo em mente a resposta.

Sra.Park- Bom... - Fechou os olhos por um segundo, suspirando- Ele não mora mais aqui.

 Eu já esperava essa resposta.

- Porque não? 

Sra.Park- Nos divorciamos,ele foi morar não sei aonde.

- Oh meu deus! Sinto muito moça.

Sra.Park- Imagine querido,estou bem.

Mentiu na cara dura!!

Eu apenas me despedi dela,eu não tinha como provar pra polícia o quão idiota Sr.Park era,mas pelo menos, já tinha informações.

Min Yoongi off.

Park Jimin on.

Devagar,abri meus olhos,os pisquei algumas vezes,me dando conta de onde estava.

Eu havia dormido no sofá de Jungkook.

Kookie ainda dormia do meu lado,sorri ao ver aquela pequena bola de pelos,que era tão branquinho quanto a neve dormindo comigo,ele parecia um anjinho.

Comecei a sentir um cheiro bom invadir minhas narinas,e por isso comecei a salivar,me virei, sentando no sofá,cocei meu olhos,e me deparei com o garoto dos cabelos negros mechendo no fogão, espera... Ele estava cozinhando?

Wow, não sabia que Jungkook tinha habilidades de culinária!!

Me levantei, calçando meu chinelo,e andando em direção ao moreno.

Jungkook- Pelo jeito já acordou - Disse o maior,tapando a frigideira em que fritava algo com a tampa,ele abaixou o fogo e virou-se em minha direção,me fitando. - Dormiu bem? - indagou.

- Dormi bem sim - sorri- oque está fazendo?

Jungkook- Hotteok! (Panquecas coreanas)

-  Oba! Amo! Minha mãe fazia muito pra mim e... - minha alegria logo sumiu, lembrando de minha mãe,e lembrando que em nenhum momento ela me xingou hoje mais cedo,lembro dela tentando me defender, será que ela está bem? Nisso,abaixei minha cabeça com uma expressão triste, fitando o chão.

Jungkook- Ei!- Pôs sua mão em meu queixo,erguendo minha cabeça,me obrigando a fita-lo.- Está tudo bem,eu estou aqui com você,e vamos resolver isso juntos!- Sorriu,sei lá,o jeito que Jungkook me passa uma energia boa é diferente. - E também não estamos sozinhos nessa!

- Como assim?- Indaguei curioso.

Jungkook- Digamos que... Taehyung ficou sabendo de tudo,e inclusive por alguma conhecidência ele acabou esbarrando em Yoongi na rua,lembra dele?

- Meu deus! É mesmo! Ele me passou o número dele há um tempo atrás,mas eu esqueci e não o chamei. - Caralho, vacilei.

Jungkook- Haha tudo bem! Se quiser o número dele eu te passo... Bom, continuando, Taehyung contou toda a história para Yoongi, então eles estão ajudando a gente nessa, temos ótimos amigos!

- É mesmo. - ri de leve- Jungkook, muito obrigado por tudo, obrigado por se importar comigo, muito obrigado por me dar um abrigo,eu nem sei como te agredecer. Oque eu poderia lhe dar em troca?

Jungkook- Ver um sorriso em seu rosto já é uma ótima recompensa,fico feliz sabendo que está bem.

Meu deus,senti meus pelos arrepiarem,meu corpo esquentar,minhas pernas estremecerem,eu estava completamente paralisado. Pera,eu estava corado! Droga! Que vergonha!!!

Fui surpreendido quando o mais novo tomou uma atitude e, envolveu seus braços envolta de mim,me puxando pra um abraço gostoso... Um abraço reeconfortante,do qual jamais vou cansar.

[Quebra de tempo]

Nesse momento eu e o Jeon estavamos sentados sob o tapete macio e fofinho da sala, jogando videogame,e confesso,ele é muito bom nisso.

- Droga!!! - Proferi alto, arrancando uma risada do mais novo.

Jungkook- Venci denovo,yes!- comemorava fazendo uma dancinha da vitória, absurdamente fofa,vontade de guardar esse garoto dos dentes de coelho em um potinho!

- Claro! Eu nunca jogo videogames, você tem mais experiência que eu!- Me defendi fazendo um biquinho.

Jungkook- Fica tão fofinho irritado- Disse rindo,com aquele sorriso de coelho... Ah, aquele maldito sorriso de coelho que me derretia por completo.

- Jeon!!! - Chamei sua atenção brincando,e quando percebi, estamos nós dois rindo que nem retardados no meio da sala,Kookie que estava em cima do sofá,nos encarava confuso,gostaria de saber oque se passa na cabeça daquela pequena bola de pelos.

Fui parando de rir aos poucos, fazendo minha respiração voltar ao normal,fitei o relógio e vi que marcava 18:33.

- Wow,preciso tomar banho, já volto- Proferi me levantando.

O mais novo apenas assentiu com a cabeça, desligando o vídeogame e colocando em um canal que passava um filme aleatório.

Peguei minhas roupas,um conjunto de pijama de veludo azul, entrei no banheiro, quando do nada senti pontadas fortes em minha barriga, percebi que meu cheiro estava ficando mais forte, quando me toquei,a única coisa que conseguia pensar era: "fudeu" 

Meu cio estava se aproximando,oque ia dificultar já que eu estava morando com um alfa, teria que me trancar no banheiro ou em qualquer lugar da casa,e ficar me dopando de remédio durante esse tempo.

Eu tenho um segredo,do qual nem Taehyung sabe. Desde meu primeiro cio,meus pais queriam que eu passasse ele com uma garota,eu sempre recusava, como não podia contar pra eles que era gay,eu inventava desculpas como: "Sou muito imaturo pra isso, tenho medo".

Então,meus pais me trancavam no quarto com comida,e me dopavam de remédios,eram os piores dias da minha vida,mas era melhor do que transar com uma garota, não me levem a mal,mas eu não queria fazer nada contra minha vontade.

Massagei minha barriga para aliviar a dor,logo Jungkook ia perceber oque se passava comigo,e eu teria que explicar tudo.

Tirei minhas roupas, ficando completamente nu, adeentrei o box, ligando o chuveiro,deixando com que as gotas de água caíssem sobre mim.

[Quebra de tempo].

Tomado banho, saí do banheiro,indo em direção a sala,onde estava Jungkook sentado no sofá, assistindo tv,ou pelo menos fingindo,dava pra perceber que ele não tinha interesse nenhum no filme,ele estava apenas olhando pro nada, pensando em alguma coisa,ele tava brisando legal.

- Jungkook? Tá tudo bem ai?

- Ah!!! Oi Chimchim!!! - disse despertando de seu transe.

- Cê tá bem?

Jungkook- Estou sim.- riu- Olha... Eu estava pensando,e se a gente chamar os meninos para ir em um parque de diversões hoje a noite?

 To be continued...



Notas Finais


Desculpa se o capítulo estiver curto,mas é por que no próximo vai ter bomba! Se preparem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...