1. Spirit Fanfics >
  2. Jimin - My Gangstêr >
  3. Guinho e Bee S2

História Jimin - My Gangstêr - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem pois por causa do tédio foi meio difícil fazer esse cap e também estou sem muita criatividade

어 머 니
Eomeoni - mãe

엄 마
Omma - mamãe

Capítulo 10 - Guinho e Bee S2


Fanfic / Fanfiction Jimin - My Gangstêr - Capítulo 10 - Guinho e Bee S2

Continuação.....

_ Eu não sei Sana, preciso pensar mas minha cabeça está latejando - Coloco a mão na testa -

_ Eu vou pedir um chá pra você, melhor do que esses remédios teus com um gosto que só falta vomitar de tão ruim que é. Fica aí que eu já volto - Ela sai indo fazer o chá e enquanto ela não chega eu me deito na cama tentando não pensar em nada para não piorar a minha situação -

Minutos depois ela volta com uma caneca de chá quente e eu me sento na cama, ela me entrega a caneca e se senta do meu lado.

_ Cuidado está quente Bee....... vê se toma tudo para amenizar essa dor.

_ Eu não acho que um simples chá, fará isso!

_ Eu triturei um remédio pra dor de cabeça teu, agora cala a boca e toma. - Ela dá um sorrisinho meigo e vai pra cama dela -

 Eu começo a beber e pra quem não sabe fazer quase nada na cozinha até que o chá tá bom.

Esse sorriso me acolheu pois me lembra muito minha Omma cuidando de mim  quando era criança e  uma lembrança veio de quando tinha acho que  apenas 4 anos, eu havia ralado o joelho brincando com um garotinho da mesma idade que eu do qual eu não me lembro....... E minha Omma como sempre cuidou de mim com todo o carinho.......

Flashback On

_ Eu quero minha Omma - Falo chorando depois de ter caído e ralado o joelho -

_ Calma Bee, ela já vem pa-pla cuida do seu dodói - um garotinho da mesma idade que eu tenta me consolar, mas eu continuo chorando então ele me dá um abraço todo desajeitado -

Minha Omma chega e pergunta o que havia acontecido, mas eu não conseguia falar direito por causa dos soluços então o garotinho fala por mim.

_ Então você caio?

_ Uhum..... - Ela me pega no colo e o garotinho pergunta -

_ Tia ela vai ficar bem?

_ Claro que vai Guinho, até mais! Da tchau pro seu primo Bee!

_ Xau Guinho - Falo  já bem mais calma do que antes  -

_ Até amanhã Bee - Ele acena -

Voltamos pra casa e ela passa um remédio no local machucado e então começa a arder e eu começo a chorar mas minha Omma me acalma cantando Serendipity com a voz angelical dela.

_ Pronto Bee - Ela fala depois de finalizar com um beijinho em cada joelho e dá um sorriso meigo

_ Te amo Omma.......

Flashback Off

Derrenpente uma lágrima caí, sinto saudades da minha eomeoni, eu queria apenas um lugar onde eu me sentisse segura para chorar a vontade sabendo que depois serei  consolada e desabafar tudo que está entalado na minha garganta a anos sabendo que mesmo o quão podre fosse o meu desabafo essa pessoa ainda estaria comigo até o fim, mas o problemas é que não encontro nenhum porto seguro em que me sinta segura pra isso. Não posso demonstrar fraqueza ao meus inimigos a não ser que queira ser destruída, pisada em pouco em pouco com seus insultos e tantas outras palavras cruéis, até que sobre apenas pedacinhos de mim e da minha alma.

Mas.... Quem é esse Guinho é porque eu não me lembro dele que inclusive é meu primo, o esquisito é a forma como ele aparece nas minhas lembranças, um borrão no lugar de uma pessoa. Automaticamente vem outra lembrança, dessa vez eu tinha 10 anos e ele me deu um presente pois no dia seguida estaria fazendo 11 anos.......

Flashback On

Chego no escola quase que saltitando muito animada pois amanhã estarei fazendo meus 11 anos, só que sem meus pais, mas eu não tenho mais lágrimas pra chorar, já chorei tudo o que podia no meu quarto antes de vir a escola e também não quero que Guinho me veja triste se não ele provavelmente também irá ficar ou não já que o coração dele é de pedra.

Vou ao meu armário e guardo algumas coisas e pego outras e duas mãos interferem o meu campo de visão ficando tudo preto.

_ Hã.... Quem é?

_ Adivinha - Fala tentando imitar outra voz -

_ Guinho, você não engana ninguém

_ Quem é Guinho?

_ Não adianta, eu sei que é você - As mãos são tiradas e eu me viro -

_ Não tem graça S/N, você sempre acaba acertando!

_ Então na próxima tenta outra coisa.

_ Ok, hum..... Tô sabendo que amanhã alguém estará fazendo aniversário...... - Aponto pra mim mesma - Mas eu não me lembro quem é......

_ Ah para de brincadeira que você sabe sim, não se finja de desentendido!

_ Ah, verdade como eu poderia esquecer o aniversário da professora Kelly - dou um leve tapa no seu ombro - Tô de brinks, feliz aniversário Bee - Ele me entrega uma caixinha embrulhado num papel de presente -

_ Obrigado Guinho, não precisa me dar presente - O abraço 

_ Claro que preciso e, ah só abre em casa é uma surpresa......

Flashback Off

Porque eu não me lembro dele?.... Mano é muita coisa primeiro esse tal de Suga que por algum motivo desconhecido sabe mais do que deveria e agora esse Guinho que é simplesmente um borrão diante as minhas lembranças do passado. Eu vou enlouquecer, não consigo ter paz em nenhum momento.

Termino o chá e olho para o lado vendo Sana dormindo, coloco a caneca na cabeceira da minha cama e me dirijo a ela a cobrindo melhor, volto pra cama e me deito sonhando com tudo preto, realmente estou muito cansada.

Continua......


Notas Finais


Pelo visto o Suga é primo da S/N e foi bem próximo dela na infância.

Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...