História FIC CANCELADA - Jimin - Traição - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jimin, Park Jimin, Traição
Visualizações 226
Palavras 618
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


💜

Capítulo 2 - Capítulo 1


Estava em casa deitada no sofá com um cobertor, assistindo um Dorama. Tentava prestar atenção mas meus olhos não paravam de olhar as horas e pensar o quão tarde estava e Jimin não havia chego ainda.

Eu realmente dessa vez não pretendia iniciar uma briga, nem vou dizer nada. Mas ele também precisa colaborar, já são 01:00 da manhã.

Escuto a porta ser aberta, deito no sofá, não quero aparentar que estava esperando por ele.

Jimin passa pela porta tira os sapatos, olho para ele disfarçadamente, ele está com aquela cara de poucos amigos que está sempre pra mim ultimamente.

Espero ele entrar e me cumprimentar.

Mas não.

Ele passa direto por mim, sem ao menos dizer um boa noite ou um bom dia.

Eu não acredito que ele fez isso, e é óbvio que ele viu que eu estava acordada, até porque quando ele vê que eu dormi ele costuma desligar a TV e me levar pra cama em seus braços.

Mas hoje não, hoje ele nem sequer me disse um olá.

Okay, hoje estou disposta a não brigar com ele, não dessa vez.

Continuei alí, deitada , com um pequeno pingo de esperança.

Acho que ele foi tomar um banho.

Escuto seus passos e o sinto o cheiro do seu sabonete, como queria abraça-lo, mas isso iria ferir meu orgulho.

Ele mas uma vez passa pelo cômodo sem falar nada, e vai para a sala de estar, aquilo foi frustrante, resolvo ir até a cozinha atacar a geladeira.

Pego o bolo de prestígio coloco na mesa e me sirvo um pedaço, estava me preparando para guardar quando Jimin entra na cozinha, ele pega um  copo e enche de água e bebê em seguida, sem dizer nada mais uma vez.

Resolvo dizer algo.

Você: Quer um pedaço?

Jimin: Não, pode guardar.- disse sem ao menos olhar pra mim.

Você: Ok.

Guardei o bolo e voltei pra sala pegando meu cobertor desligando a tv e indo para o quarto.

Algum tempo depois Jimin chega e se deita na cama, sem ao menos jantar.

No outro dia

00:30 mais uma vez Jimin ainda não havia chego, a alguns dias nós nem sequer trocamos mensagens pelo celular, até porque ele diz que eu estou atrapalhando o trabalho dele. Com muita luta eu consegui parar, talvez eu seja um pouco grudenta.

Dessa vez resolvi espera-lo para jantarmos juntos, talvez isso nos reaproxime.

02:00 e nada do Jimin, até que escuto o barulho da porta.

Você: Jimin, porque chegou tão tarde? Você sabe que horas são?

Jimin: Boa noite pra você também.

Você: Boa noite? Onde você chegou passou por mim e nem sequer me dirigiu a palavra, agora quer que eu diga boa noite?

Jimin: antes de reclamar sim, pelo menos diga boa noite.

Ok, eu preciso me controlar, eu realmente estou tentando mudar a nossa situação atual.

Você: eu estava te esperando pra jantar. Vou esquentar a comida já deve ter esfriado.

Jimin: eu não estou com fome.

Você: como assim Jimin? Você precisa jantar, já faz dias que você está indo dormir sem jantar.

Jimin: eu não estou indo dormir sem jantar, estou jantando antes de vir pra casa.

Você: C-como assim Jimin? Você sabe o quanto gosto qque jantamos juntos, eu sempre te esperei você sabe disso.

Jimin: Você me esperou porque quis S/n, eu não pedi pra me esperar.

Jimin sai da cozinha. 

O que está acontecendo com o nosso casamento? Jimin nunca foi assim comigo e isso me assusta, mas eu não posso ser fraca, não na frente dele.

Vou até meu quarto de (coisa que você gosta de fazer, seu hobby) e me tranco lá, e deixo todas as lágrimas rolarem, sem prender nenhuma.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...