História Jimin - Traição - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Park Jimin (Jimin)
Tags Jimin, Park Jimin, Traição
Visualizações 115
Palavras 374
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


💜

Capítulo 4 - Capítulo 3


Acordo com os raios de sol que ultrapassavam as cortinas, me sentia bem, até a sensação de angustia dominar meu coração outra vez. Poderia ter dormido um pouco mais.

Me levantei do sofá, tirando o cobertor de cima de mim, me lembro de ter me deitado sem cobertor, Jimin me cobriu antes de ir, trabalhar.

Antes de ir trabalhar? Ou antes de ir se encontrar com aquela vagabunda?

Foi naquele momento que todo sentimento de tristeza se transformou em ódio.

Eu sentia um ódio tremendo, e fui real o suficiente pra entender que aquilo não era culpa da vagabunda que o Jimin está saindo, e sim dele mesmo.

Ele me devia o respeito, mesmo se foi ela que seduziu ele, ele me devia o respeito. Mas também pode ter sido tudo ideia dele.

Aquele traidor de merda.

As lágrimas começaram a sair novamente, e eu comecei a gritar de ódio.

Como eu pude ter perdido tanto tempo com esse imbecil.

Aquele idiota. Idiota? Eu sou a idiota aqui.

"Ela não tem ninguém"- aquele filho de uma p*, como pode falar isso de mim, eu deixei minha família no Brasil pra ficar com ele. Como eu pude ter sido tão burra?

Eu o amava, não tem como negar, ele me encantou, me tratou bem, e agora ele trata outra dessa forma. Talvez ainda melhor, enquanto ri da minha cara.

Eu não ia dar o braço a torcer, não irei chorar na frente dele. Eu vou dar o que ele quer, a liberdade que ele tanto quer, e essa mulher com quem ele sai vai ter ele.

Eu te odeio Park Jimin.

Algumas horas mais tarde

Como se não bastasse me trair esse imbecil está me fazendo espara-lo mais uma vez, resolvi não desmarcar o jantar, irei acabar com tudo la mesmo.

Durante o dia já arrumei minhas coisas e tudo que preciso e já sei onde irei ficar, só não tratei ainda das coisas do divórcio porque sei que se ligar para o advogado ele irá ligar pro Jimin na hora. E não quero que ele saiba da notícia por terceiros.

20:00 horas e nada desse traidor chegar, ok, então eu mesmo irei até você Park Jimin.

Pego o carro e vou rumo a empresa.

 


Notas Finais


💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...