História - Jimin, Tu Nera Gay? - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Tags Imagina Jimin, Jikook, Jimin Tu Nera Gay?
Visualizações 161
Palavras 1.163
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Apenas "três palavras", Jeon!


[...]

 – Eu posso explicar. – digo finalmente ter conseguido levar/arrastar Jungkook até ao nosso quarto antes que ele conseguisse jogar a S/n pela janela.

Mordi o lábio vendo seu semblante enfurecido.

Me desencosto da porta e dou passos lentos em sua direção mas atento a qualquer ataque que Jeon possa fazer.

Suspiro fundo e começo alfinetar minha calça frouxa com os dedos, tentando ao máximo me acalmar com os simples movimentos. Mas tudo só piora quando vejo os lábios de Jeon se formarem em um perfeito biquinho que só ele consegue fazer. 

Por mais que isso venha ser uma das visões do paraíso, pode ter certeza, isso não é lá um grande sinal. É pior.

É um terrível sinal!

Acalme – se Park Jimin, tudo vai dar certo, tudo vai ficar bem, você só precisa mostrar agora, nesse exato momento, a sua posição nessa relação, você precisa mostrar quem é o macho alfa e quem é que manda!

Certo! 

Penso convicto e mais esperançoso. Encaro Jeon com o semblante mais sério que eu possa fazer.

Abro a boca pronto para mostrar quem é que manda.

– Jeon me desculpe,  me desculpe! Juro que foi sem querer! É  que ela parecia tão coitada que não resisti e convidei ela para vir morar aqui! Me e desculpe de novo, na hora eu não estava raciocinando bem, eu juro! Mas quando vi já estava com ela dentro de casa e você querendo matar a guria! – digo pondo as mãos juntos implorando, corro em sua direção ficando a centímetros de Jeon, tentando ter o meu melhor olhar misericórdia, suspiro com pesar. – Jeon só... Me desculpa. – digo de olhos fechados esperando já a brincadeira vir. 

 – Esta tudo bem, Jimin, ela pode ficar. – disse parecendo o mais calmo possível.

Abro os meus olhos imediatamente e encaro Jeon. Começo a rir, não de alívio ou coisa do tipo – não sinto alívio algum até aonde eu sei – , mas sim de nervosismo por achar que aquela imagem de um Jeon Jungkook calmo ao receber a grande notícia que eu,– vulgo seu namorado – esteja pondo uma desconhecida em nossa casa sem motivo algum, em vez de um Jeon Jungkook raivoso. Tenho certeza que neste instante  o meu Jungkook estaria jogando a menina pela janela ou a expulsando da pior maneira possível.

Ponho a mão na boca abafando a maioria de meus risos engasgados e desacreditados.

 – O que é isso? Algum tipo de brincadeira? – digo ainda rindo, enquanto Jeon continua a melhor com cara de “tô nem aí para essa vida” e com o maior semblante de um despreocupado da vida. 

Aquele não devia ser e nem era o meu Jeon. Nunca o vi tão.... retardado? Digo isso por que estou tão acostumado ao ver Jungkook gritando e me prensando de um lado para o outro que, vê-lo calmo chega até ser um milagre!

E que milagre! 

Rio novamente, agora com o dedo indicador apontado para o seu rosto.

 – Olha espero que isso não seja algum tipo de brincadeira, por que se for, Jeon você está muito encrencado comig...

Antes que eu terminasse de falar, sou pego de surpresa. Primeiro por Jeon Jungkook e segundo pelos lábios do mesmo. 

Não tenho tempo de raciocinar ou de reagir quanto ao seu ato, pois estou muito ocupado me deliciando em seu prazeroso mar.

Seus lábios me instigavam de um jeito feroz e intenso, com o quase peso de seu corpo contra o meu, os meus pés recuavam para a trás enquanto nossas bocas se remexiam lentamente iniciando agora, um beijo lento. Sua língua me invadiu de tal forma que arfei tentando pedir espaço pela falta de ar, mas Jeon não me deu brecha alguma, pelo ao contrário, só aprofundo mais o nosso beijo que ficava cada vez mais rápido e intenso. Trombei a minha cabeça para trás assim que Jeon mordeu meu lábio inferior, e só então percebi que a parede roçava em minhas costas.

– Jeon... – murmurei baixinho o afastando devagar e encerrando o beijo. Toquei em seu braço que fazia menção de ir para de baixo de minha blusa. 
Só conseguia ouvir os suspiros apressados de Jeon em minha frente. Sua testa encostada na minha, seus olhos fechados o deduravam o quanto estava se controlando para não avançar mais do que deveria.

– Quando aquela mulher estiver aqui... – murmurou baixo mas alto o bastante para eu ouvir. – Eu não vou poder fazer isso... – sussurrou movimentado sua cabeça para frente, suspirei assim que senti Jeon morder o lóbulo de minha orelha. – E isso... – sussurrou novamente, agora deixando um rastro de beijos molhados sobre meu pescoço. Mordi o lábio aproveitando a sensação que Jeon me proporcionava. – E nem isso... – disse por último, me dando um selinho demorado. Confuso que, eu não queria nem morto desgrudar daqueles lábios macios que eram de Jungkook.

– Jimin eu sei que eu nunca falei isso antes para você e você vive me dizendo mas...

Meu coração acelerou naquele instante, não estava realmente conseguindo acredite que Jeon Jungkook iria dizer as três palavras mais esperadas por mim! 

Ah pelo menos alguma coisa aconteceu de bom deis que aquele encosto chegou aqui!

– Jimin... Eu acho que, eu te...

Antes que o Jeon terminasse a sua frase – para que eu pudesse sair correndo e contar para os quatros cantos do mundo que Jeon disse as três palavras “Eu te amo” – , um certo encosto abre a porta antes o que faz eu  – automaticamente – empurrar Jungkook fazendo ele – infelizmente – Não falar a frase tão esperada por mim.

Só conseguia sentir o meio rosto ficar quente de uma forma incrivelmente rápida. Meu olhar rolou ao chão e parou no rosto daquele encosto.

Ah se eu pudesse matá-la, se eu pudesse!

Mordo a língua tentando segurar a raiva que corre sobre mim. Respiro fundo tentando não surtar.
Seu olhar estava para baixo, e pela primeira vez no dia, ela parecia visivelmente arrependida por entrar daquele jeito. Deu passos para trás e fez menção de fechar a porta o mais rápido possível.

– Me desculpem...Eu...Eu não queria... eu não sabia que vocês pudessem estar... Ai meu Deus! Me desculpem mesmo! – dizia a menina com o tom de voz cada vez mais baixo.

Abri um pequeno sorriso, ao menos ela estava arrependida, certo?

 – Não, esta tudo bem. – digo também sem graça.

Um barulho foi ouvido no outro canto do quarto, chamando atenção de nós três.

Engoli em seco. Aquilo só podia significar uma coisa...

– Eu vou me atrasar para a aula... – murmuro de olhos arregalados para o despertador. Saio de meu lugar e vou em direção a Jungkook, dou um beijo em sua bochecha e murmuro baixo para que, só o mesmo possa ouvir.

 – Conversamos  sobre isso mais tarde...

Pego minha mochila e saio correndo pela porta deixando Jungkook e aquele ninho de encosto para trás.

Jungkook não seria capaz de mata-la se eu deixasse os dois sozinhos...ou teria?

Ah, mas é claro que não! Se o mesmo aceitou a vinda dela em nossa casa de boa, o que de ruim Jeon poderia fazer?


Notas Finais


Aaaaaaahhbbhgg~~~

Olha quem apareceu!! ( eu nenê)

Cara, era para esse capitulo ter saido quarta feira, eu já tinha a metade dele pronto o que me restava era só escrever quando chegasse em casa da escola! (Simples certo?) ERRADO! >.<
Eu estava tão cansada que fui direto para cama escrever o capitulo para só então dormir! Mas quem disse que o tempo gosya de mim? Agora eu estou com alguns contratempos sem contar que houve algumas coisas na escola...

Aigoo! Prometo que irei explicar tudo e que quarta (torçam!) Vai sair capitulo!

~(*0*)~

Beijos :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...