História Jingle bells - Quando milagres acontecem - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Tags Riren, Shingekinokiojin, Yaoi
Visualizações 104
Palavras 420
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal!
Já faz um bom tempo que estava querendo escrever uma história nesse estilo com esse casal que amo por demais. Com o final de ano chegando e a festividade natalina se aproximando resolvi finalmente postar.
Espero que gostem e peço que se encontrarem algum erro me avisem que corrigirei imediatamente.
Boa leitura meus amores! 😘

Capítulo 1 - Cap. I - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Jingle bells - Quando milagres acontecem - Capítulo 1 - Cap. I - Prólogo

Eren olhou para a carta em suas mãos. Por um segundo ou dois foi impossível enxergar através do véu formado pelas lágrimas. Ainda não conseguia acreditar que Mikasa se fora. A incredulidade havia sido sua primeira reação ao receber o telefonema comunicando que sua irmã e Jean morreram em um acidente aéreo. Mikasa fora uma das pessoas mais alegres e cheias de vida que havia conhecido. Como isso podia ter acontecido? Tinham dois filhos! Um casamento sólido e feliz, por mais que ele e seu marido andassem sempre a trocar farpas, mesmo que por telefone. Um lar completo. Mas havia acontecido. E num piscar de olhos Hime e Larin ficaram órfãos.

Eren piscou algumas vezes, tentando enxergar a letra corrida e familiar de Mikasa, a caligrafia da irmã escrita em tinta vermelha numa espécie de manifesto à vida. A tristeza era tão grande que o impedia de respirar, bloqueando sua garganta. Ninguém além dela, teria escrito algo tão importante com uma caneta vermelha.

Respirando fundo, finalmente começou a ler.


Querido Eren,

Se estiver lendo essa carta, então o inesperado aconteceu. Por alguma razão Jean e eu estamos mortos e meus queridos filhos Hime e Larin ficaram órfãos. Essa é a coisa que os pais mais temem. O que acontecerá com nossos filhos, se circunstâncias alheia ao nosso controle nos afastarem deles? Conversamos sobre esse assunto após o nascimento de Larin, lembra-se? Infelizmente, as tais circunstancia que tanto temíamos se abateram sobre a nossa família. 

Espero que não esteja arrependido, porque seria obrigada a pedir para voltar do céu para fazer com que cumpra sua palavra. Meus filhos devem ser criados pelo pai substituto que eu escolhi: você! Sei que não vai ser fácil, mas eu acredito em você. Ame-os e guarde-os como eu o teria feito.

Obrigada meu querido irmão e que Deus abençoe você e o proteja.

Com amor,

Mikasa J. Arckemam


A carta trazia o selo de um cartório e era assinada por duas pessoas estranhas que haviam servido de testemunhas.

Eren deixou as mãos caírem ao longo do corpo e olhou através da janela, as emoções caóticas. O que faria? Mal conhecia os sobrinhos. Eles viveram em trost onde Jean trabalhava nos últimos cincos anos. Raramente vinham a Maria e, além do mais era um completo ignorante em matéria de crianças. Seria um desastre de um pai. Ainda era muito jovem nem sequer começou a faculdade. O que faria?

Uma coisa era certa, cumpriria a promessa feita à irmã, embora ainda não soubesse como.

Precisaria de um verdadeiro milagre.


Notas Finais


Por hoje é isso!
Pretendo terminar essa história no dia 24 ou 25 de dezembro. Até lá espero que vocês possam me acompanhar e dar uma chance -mesmo que - mínima - a esse tosco enredo.
Obrigada!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...