1. Spirit Fanfics >
  2. .jisungalicious; minsung >
  3. 3 for 3 (hot final)

História .jisungalicious; minsung - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


assim; acabou a luz 3 vezes só hoje, eu perdi a porra da minha aula online de ballet e capaz de cair denovo
sem paciencia, ainda mais que o homem pateta ta aqui na minha cidade, aquele fdp

enfim eu dei meu melhor - diria meu cu - neste capítulo, e por mais que não tenha chegado nas 1000 palavras eu digo;
eu tentei

Capítulo 4 - 3 for 3 (hot final)


Felix não soube como chegou naquele ponto; aquele em que Jisung rebolava em seu colo enquanto Minho marcava o pescoço do Lee.

 Era uma sensação incrível, deixava-o com a mente nublada de prazer. Minho o deitou – agora – na cama daquele quarto, e sussurrou algo para Han, que deu uma risadinha e deu um selinho demorado no Know. Felix não entendeu nada, então Minho direcionou-se a poltrona e sentou lá, em seguida Jisung se levantou do colo do Lee e ficou parado, Felix por um momento ficou sem saber o que fazer; tinha uma ereção consigo, não era possível que iriam parar por ali.

Mas pensou errado.

- levantem-se – Ditou Minho, imediatamente ambos se levantaram, Felix sem entender nada e Jisung com esperança nos olhos – tirem as roupas, agora.

Felix ficou com vergonha, já Jisung tirava rapidamente.

- Não ouviu, Lix? – o Lee olhou torto para Felix, que apenas começou a se despir.

O último citado estava deveras excitado; a voz de Minho o comandando era completamente prazeroso e o corpo de Jisung era extremamente perfeito, cheio de curvas e lineaturas aperfeiçoadas, diria detalhes feitos por mãos extremamente delicadas.

- amor – disse Minho a Jisung – dê o seu melhor para Felix, de preferência faça ele não esquecer de hoje tão cedo – Jisung sorriu para o Lee mais velho e então Minho o olhou – Felix, por favor, sente-se e aprecie seu show.

 Felix, sem entender, apenas sentou-se. Em seguida, Jisung ainda levantado colocou uma das mãos no pescoço de Felix, começando a beijar o local citado. Os beijos passaram de sua mandíbula – até então jogada para trás – para seu tronco, descendo os pequenos beijos molhados para sua barriga, em seguida chegando ao seu pau, a esta altura Han já estava ajoelhado, apenas o olhando, enquanto pegou o falo delicado com uma das mãos, depositando uma pequena lambida na glande enquanto ainda o encarava. Felix só conseguiu gemer rouco e jogar a cabeça para trás, o que Jisung amou aquele som vindo da boca de Felix, começando a usar a mão que estava no falo do garoto para fazer movimentos de vai e vem; o último citado sentiu um misto de sensações, a mão de Jisung era extremamente macia e quentinha, e amou os choques térmicos quando sentiu o metal do anel passear no pau alheio.

 Cada gemido que saia de Felix era um incentivo para continuar. Cada barulho que era transmitido por algum dos dois, excitava Minho, que até então se segurava por enquanto.

 Han colocou então, o membro do Lee em sua boca, chupando toda a extensão. Não demorou muito para, ter os cabelos entrelaçados com os dedos do australiano e começar a ter a boca totalmente fodida. Os movimentos eram fundos, ora lentos ora rápidos, aqueles movimentos eram o suficiente para Minha quase gozar só de ver e ouvir os barulhos; Os gemidos roucos de Felix eram deveras excitantes, sem contar de ver Han ali, mamando todo o caralho com vontade, mesmo com alguns engasgos, estava amando a sensação.

 Assim que viu Felix aumentar as expressões e a velocidade no garoto, achou que era melhor parar de brincar, estava cedo demais para acabar algo bom assim; - pare, agora – Dito isto, Felix, tirou lentamente a cavidade bocal do garoto em si, sentindo este dar um último selinho na glande do Lee.

 Minho, agora totalmente nu, levantou Jisung de um jeito agressivo – Como Jisung amava – e ditou algo em seu ouvido, e precisamente o pedido foi atendido, tendo o Han totalmente de quatro para ambos.

 Felix sentiu que poderia gozar somente vendo aquilo, não era brincadeira. Minho vídeo o rosto de Felix para si e depositou um beijo quente em seus lábios, usando a própria língua como se abrisse mais o espaço para si.

 Felix entendeu.

Assim que aquele beijo cessou, Felix foi em direção as bandas do garoto de quatro e separou-as, dando visão do garoto contraindo-se, e então começou um beijo grego no local, passeando a língua por cada lugar do pequeno espaço e chupando-o, ouvindo Jisung gemer manhosinho, mas logo aqueles gemidos foram parados pelo pau de Minho, indicando que havia começado um boquete neste.

E que boquete.

 Felix afastou-se do pequeno lugar ainda lambendo os lábios e posicionou-se atrás deste, encaixando o próprio falo no cuzinho guloso de Han. Aos poucos, ia adentrando o espaço – até então – apertadinho, arfando quando sentiu tudo dentro do garoto. Jisung sentia-se do céu ao inferno, chupando um enquanto o outro estava prestes a lhe foder o deixava completamente excitado, empolgado e extasiado.

Quando Felix começou a meter um tanto quanto fundo, viu Jisung se balançar no ritmo das estocadas. Aquele quarto ficava quente, os três ficavam quentes. Assim que Felix segurou firmemente na cintura do Han, começou a ir rápido e fundo, ouvindo os gemidos abafados deste.

 E puta que pariu, Felix nunca pensou que os gemidos de Minho iam ser tão bons como aqueles.

 Em uma das estocadas, o australiano ouviu – e sentiu – Jisung gemer alto e tremer, indicando que havia achado seu ponto frágil. E como havia sido fácil. As próximas estocadas foram certeiras, fazendo Han estremecer, mas apenas não chegou no ápice pois Felix tirou o próprio pau, então Minho foi até onde o Lee estava e – também perto do ápice –, deu uma última estocada certeira, fazer Jisung gemer alto e gozar em jatos fortes nos lençóis, em seguida tendo Minho se desmanchando em si.

 Assim que Minho terminou e retirou-se, deu lugar a Felix, para dar as últimas estocadas, gozando dentro de Han e prolongando o prazer deste.

 Estavam cansados, e não era pouco. Os três se jogaram na cama, deveras satisfeitos com que haviam feito.

 - gostou, lix? – disse Jisung abraçando-se neste.

- muito, bem melhor que minha experiência no banheiro, eu diria.


Notas Finais


gente eu quero morrer pqp colica infernal
enfim feliz natal tchau

meu cu ta dado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...