1. Spirit Fanfics >
  2. Joan Of Arc >
  3. CH000 - Home

História Joan Of Arc - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - CH000 - Home


Ela tinha vinte e quatro anos quando morreu.

Era um acontecimento fatídico, ela supôs. Não tinha nem um trabalho que a desse o reconhecimento que ansiava ter, sua família odiava suas entranhas desde que assumiu abertamente ser bissexual e ela tinha muitos sonhos para serem realizados. Ela estava guardando dinheiro desde seus quatorze anos para viajar ao redor do mundo e agora... Agora tudo desabou. 

Por que ela teve que morrer tão jovem?

Seus últimos dias de vida dificilmente foram legais. O câncer estava em um estado muito avançado, não tinha como ela conseguir fazer coisas que normalmente fazia e o sofrimento com a quimioterapia só aumentava a medida que as semanas se passavam. Ela se lembrava de no ensino fundamental ter estado ao lado de sua melhor amiga, Sophia, quando a mãe da mesma faleceu por causa de câncer de mama, mas nunca passou pela sua cabeça que futuramente estaria igual a mãe de sua amiga: exausta, doente e deprimida.

Desde pequena Clara sempre ficou doente com bastante facilidade. Tonturas e enjôos, dores de cabeça fortes, gripes e resfriados, problemas respiratórios e pressão baixa, febres altas e dores no corpo... Mas ninguém, nem ela mesma, achou que fosse algo sério. Ela odiava hospitais e só ia no dentista uma vez por mês por que era obrigada — Clara sempre foi uma garota higiênica, não entendia por que ir no dentista. Ela se lembrava como se fosse ontem de sua primeira vez; doeu tanto que ela nunca mais se envolveu com as pessoas, só dava uns beijinhos, mas só isso. Se superasse seu medo idiota e tivesse ido no médico... Talvez ela não estivesse ali, deitada na cama de um hospital público e prestes a morrer.

Ninguém estava ali para ela — ninguém. Sua mãe havia falecido quando ela recém tinha completado seus dezesseis anos, sua irmã Marielen morava em outro país com os filhos pré adolescentes, seu irmão Matheus estava preso há quase dez anos por furto em um estado do outro lado do país e André, seu irmão mais velho, não mantinha contato com ela e fingia que ela nem existia por vergonha de ter uma irmã bissexual e com câncer.

Era só ela, sempre foi assim. Mas  foi só naquele momento crítico que Clara percebeu que ninguém se importava com sua situação.

E, pela primeira vez durante seus vinte e quatro anos de vida, Clara desejou ter sido uma criança e adolescente rebelde, ter sido uma garota mais extrovertida e uma pessoa menos grossa, ter aberto seu coração a paixões intensas e feito novas amizades, ter perdoado todos que a fizeram tanto mal, ter vivido loucamente sua vida como se não houvesse amanhã em vez de planejar um futuro que ela nunca teria, ter se amado independente de seus defeitos gritantes e, mais do que tudo, Clara desejava ter sido feliz.

Mas agora já era tarde demais.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...