História Jogo de Amor - Jikook - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Colegial, Comedia, Games, Jikook, Jimin Bottom, Jungkook!tops, N0chu_lun4, Namjin, Vhope
Visualizações 454
Palavras 1.727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem pela demora, mas aqui esta a recompensa e acho que gostaram ;)

Boa leitura :3

Capítulo 4 - Capítulo III - I wanted our "first" meeting to be more spicy


— Tae, isso não vai dar certo, deixa eu voltar..— Digo, mas talvez já fosse tarde demais, já estávamos na frente da grande e luxuosa balada.

Fazia tempo que eu não ia em um lugar como esse e a última vez que fui as coisas não terminaram bem, bebi demais e acabei fazendo loucuras, mas isso não vem ao caso agora.

— Nada disso, você esta lindo e precisa relaxar, não vejo você se relacionando com alguém a muito tempo — Fala em um tom malicioso, sabia bem o que ele queria dizer, Taehyung é bem pervertido — Agora vamos entrar! — Me puxa para dentro do local.

A música alta entrou por meus ouvidos, aquilo não parecia uma balada e sim uma boate, mulheres, homens e bebidas rolando soltas, somos menores de idade? Somos, mas identidades falsas estão por aí para isso.

— Ali, vamos — Aponta para um grupo de pessoas, então vamos ate eles — Oi gente, esse é o Jimin, Jimin esses são Jin, Hoseok, Namjoon e Yoongi — Nos apresenta, já vi alguns deles no colégio.

— Prazer — Digo um pouco tímido, sou assim fazer o que, notei um deles me olhar de cima a baixo com malícia, deveria ser o tal Yoongi, ele era realmente bonito e atraente.

— O prazer é todo nosso — Diz um deles sorrindo, sorrio de volta, mas meu sorriso morre ao ver um certo indivíduo aparecer, Jungkook.

— Olha só, o nerdzinho, Park Jimin! Pensei que não gostasse de lugares como esse — Fala em um tom zombeteiro, visivelmente bêbado, reviro os olhos.

— Jungkook acho que você bebeu demais, vamos voltar para casa...— Se pronuncia um de seus amigos, curiosamente o Yoongi o olhou irritado, não se dão bem também?

— Melhor não Nam, você também bebeu.

— Eu o levo! — Digo sem pensar, não queria estar aqui mesmo, então o levaria por mais que eu o odeie.

— Mas você acabou de chegar...— Tae iria continuar, mas o interrompo.

— Não esquenta, adeus! — Pego no braço de Jungkook o levando para fora, estava com meu carro então seria rápido.

Vamos ate meu carro e eu o destranco e coloco Jungkook dentro do mesmo, mas por algum motivo ele não estava cheirando a bebida, estranho.

O caminho foi silencioso, perguntei a ele seu endereço e o mesmo me respondeu, não tínhamos muito o que conversar, mas somente pelo seu olhar via que estava aprontando alguma coisa.

Chegando em sua casa o ajudei a ir ate a porta e o ajudo também a entrar, parecia que ninguém estava ali em sua casa, mas de repente uma coisa bem curiosa aconteceu, Jungkook saiu de meus braços e foi ate a porta de entrada a trancando.

— Pera..o que você esta fazendo? — Pergunto, foi ai que Jungkook se virou para mim e foi vindo em passos lentos.

— A Jimin...esperei tanto por isso...— Fala, engulo seco, com certeza é o efeito da bebida o Jungkook que eu conheço nunca falaria isso.

— Jungkook você esta bêbado não sabe o q...— Me corta me agarrando pela cintura e me surpreendendo com um beijo, arregalo os olhos, mas não consigo me separar dele, ele é mais forte que eu, ele foi aprofundando o beijo e pede passagem com a língua, hesito, mas logo cedo, o que eu estou fazendo? O que eu estou sentindo? 

— Jungkook...não..— Peço entre o beijo que logo é cortado com Jungkook indo ate meu ouvido.

— Eu sei que você me quer, assim como eu te quero, não resista — Diz de forma sedutora em meu ouvido isso era excitante, espera o que eu estou dizendo? Ele esta bêbado! É só me separar dele ir ate a porta e ir embora, simples! 

Mas não, a hora que ele me beijou novamente esqueci de tudo, se me perguntassem qual meu nome agora não saberia responder. 

Jungkook me pega no colo, me fazendo colocar as pernas em volta a sua cintura, sem parar o beijo e me leva para o que eu acho ser seu quarto e me deita em sua cama.

O mesmo separa nossas bocas e tira sua blusa juntamente a minha e começa a beijar meu abdômen deixando selares molhados no local.

Aquilo estava avançando ate um nivel que eu nunca achei que avançaria com ele, uma sensação estranha.

Vai ate meu pescoço deixando chupões e mordidas, aquilo deixaria marca, mas tudo isso estava sendo esquecido naquele momento, por incrível que pareça estava sendo prazeroso.

Inverto as posições ficando por cima, vejo ele sorrir ladino, se ajeita me fazendo ficar melhor em seu colo e aperta minha cintura juntamente a minha coxa me fazendo gemer arrastado.

— Quem dira, Park Jimin tão submisso a mim, gosta disso, não? — Direciona suas mãos ate minha bunda a apertando forte, mordo meu lábio inferior contendo o gemido e vejo ele me olhar reprovativo — Nada de conter os gemidos, Park, hoje quero você gemendo bem alto e claro para mim — Beija meu pescoço apertando minha nádega mais forte, não me contendo acabo por gemer e Jungkook sorri, estava me sentindo um cachorrinho em suas mãos.

Ao sentir suas provocações decido brincar um pouco também,  então começo a rebolar em seu colo, ele joga sua cabeça para trás mordendo o lábio inferior e segurar minha cintura agora ditando os movimentos, aquilo realmente estava sendo prazeroso, Jungkook tinha uma pegada.

— I-Isso...a-assim..awn — Gemia, a cada um de seus gemidos eu ficava mais excitado e a ereção entre minhas pernas já era visível, assim como a sua que já sentia embaixo de minha bunda. 

Sorrio parando os movimentos, ouvindo ele gemer reprovativo, saio de seu colo e ele me olha curioso, Sorrio malicioso, como Tae disse preciso relaxar, por mais que seja, ou não, com a pessoa errada.

Vou ate sua ereção visível e desabotoei sua calça e começo a retira-la juntamente a sua cueca , Jungkook seguia cada um de meus passos mordendo seus lábios.

Retiro todas as suas peças e vejo seu membro saltar para fora já vendo o pré gozo, mordo meu lábio inferior e o olho de canto, ele estava necessitado, necessitado ate demais, sem pensar duas vezes abocanho seu membro, fazendo movimentos de vai e vem lentos.

— J-Jiminie...m-mais r-rápido...— Coloca sua mão sobre minha cabeça me fazendo ir mais rápido, engasgava algumas vezes, mas Jungkook não se importava e continuava com os movimentos cada vez mais rápidos, o mesmo puxa meus cabelos com força me fazendo o encarar — Agora é minha vez.

Confesso que isso me assustou, mas me excitou, ele inverte as posições novamente me fazendo ficar por baixo, ele pega em meus braços e os junta os colocando acima de minha cabeça.

Jungkook pega uma corda - que realmente não sei de onde ele tirou - e amarra minhas mãos, mordendo os lábios logo a seguir.

Ele vai beijando todo meu corpo ate chegar em minha calça e a retirar lentamente, meu membro pulsava, agora eu estava necessitado e ele estava adorando isso, estava me vendo tão entregue a si.

Retira minha calça me deixando apenas com uma boxe que logo ele faz questão de retirar também, e me olha de cima abaixo, seu olhar para meu  corpo era como o olhar de um animal para sua presa, estava me desejando.

— Ahh Jimin, você não sabe o quanto estou te desejando agora...quero estar dentro de você, anjo — Diz subindo para meu abdômen e deixando vários chupões, me contorcia a cada toque seu.

Jungkook sem aviso nenhum me vira brutalmente me fazendo ficar de quatro para ele, o mesmo sem aviso prévio enfia um de seus dedos em minha entrada, a qual já escorria lubrificante natural, solto um gemido alto, e Jungkook começa com os movimentos de vai vem devagar ate me acostumar.

— Vamos Jimin, geme pra mim! — Fala autoritário, quando o mesmo coloca mais dois dedos em minha entrada.

— Ahh J-Jungkook...

— Mais alto! — Começa com movimentos mais rápidos e mais fundos me fazendo delirar.

— J-JU-JUNGKOOK...K-KOOK...AWN..JEON!

— Isso mesmo — Retira os dedos de minha entrada — Agora vamos para o ponto principal...pronto? — Assinto sentindo seu membro roçar em minha entrada e assim me penetrar.

Doía no começo, mas com o tempo fui me acostumando e toda a dor se transformou em prazer e tesão.  

Jungkook gemia abafado em meu ouvido, indo cada vez mais rápido com os movimentos.

— AHH...JEON...J-JUNG-JUNGKOOKIE..— Solto um gemido alto quando o mesmo acerta minha próstata, no quarto só se conseguia se ouvir meus gemidos junto aos seus e o barulho de nossos corpos se chocando.

Jungkook dava pequenos beijos em minha nuca indo cada vez mais rápido.

— Ahh Jimin..tão apertado..awn....awn..Jiminie— Geme em meu ouvido logo mordendo meu lóbulo.

— Jungkook...e-eu..vou..— Gozo em seu abdômen e logo sinto o líquido quente também percorrer por minha pequena entrada.

Mesmo depois de gozarmos, ele não parou e continuou a estocar fundo e forte, conseguia sentir sua respiração quente batendo em minhas costas.

— Awnn..awn..J-Jiminie..— Dá um tapa em minha bunda me fazendo dar um pequeno grito de dor.

Jungkook me coloca em seu colo, então começo a quicar enquanto ele estocava.

— Awn..Jeon..— Entrelaço minhas mãos em seu pescoço, enquanto ele me dava pequenos selinhos rápidos assim como estocava.

— T-Temos q-que r-repetir isso m-mais vezes..ahh — Diz e eu assinto, sexo sem compromisso seria uma boa. 

Estavamos suados, mas não paravamos com os movimentos, pareciamos um casal que não transava a séculos. Logo deitamos na cama, exaustos e Jungkook beija minha testa, ficando ao meu lado.

— E-Eu não acredito que transei com você, tomara que não se lembre disso, afinal esta bêbado — Digo e vejo ele me encarar risonho.

— Achou mesmo que eu estava bêbado? — Pergunta e eu arregalo os olhos, como assim?

— Mas v-você..  

— A ChimChim03 eu realmente queria que nosso "primeiro" encontro fosse mais picante — Diz e eu arregalo os olhos, então ele era realmente o Mr.Bunny? 

Jungkook encara minha expressão levemente confusa e assustada e sorri com malícia.

— Eu me lembrarei de cada minuto e de cada gemido seu, e quero que saiba que... — Se aproxima de meu ouvido — Adorei nossa primeira vez, então que tal repetir? Uma segunda rodada, talvez — Pergunta em um sussurro malicioso me fazendo engolir seco.

Me coloca em seu colo e me dá um selinho rápido, começando novamente a beijar meu pescoço.

— O que acha? — O que aconteceu com Jeon Jungkook? A minha noite começou de um jeito e acabou totalmente de outro, mas o pior foi que eu gostei e com certeza vou repetir.



Notas Finais


O que acharam? Esperavam por essa? Acho q não, foi um tiro pra todo mundo akakak


~Kisses da Shin<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...