História Jogo de amor - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Brasil, Canarinha Francesa, Canarinho Pistola, Copa, Lobo Da Rússia, Romance, Rumo Ao Hexa, Treta
Visualizações 423
Palavras 373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Por favor, não levem isso a sério
VAI BRASIL
RUMO AO HEXA

Capítulo 1 - Primeira vista


Naquela tarde russa, um avião chegava no aeroporto, trazendo a seleção francesa para competir na COPA de 2018, mas nossa atenção vai para a jovem mascote, uma canarinha de penas douradas e macias

Ela desceu do avião, sendo recebida por repórteres e admiradores. Enquanto conversava com algumas pessoas, um jovem lobo se apresentou

-Madame-ele disse, com um puta sotaque-É um prazel recebe-la

-Obrigada-ela respondeu

-Uma beleza dessa, deveria conhecer outras obras de arte. Já ouviu falar do Hermitage?

-Oh, claro-ela sorriu

-Vamos?-ele ofereceu o braço

-Eu adoraria, mas tenho que levar as malas pro hotel e estou cansada da...

-Oras, mas os responsáveis levaram suas coisas-ele disse interrompendo-E logo iremos trabalhar, assim não teremos tempo. Por favor?

Mesmo relutante, ela aceitou, eles seguiram num carro particular, até o museu. Ambos aproveitaram o passeio, observando as mais belas obras

Após a tarde, eles seguiram para o hotel, conversando sobre o evento que teria e sobre quem seria o campeão 

Quando chegaram, entraram juntos no hotel e a Canarinha se impressionou com o estilo do saguão, uma mistura do moderno, com um toque de renascença e barroco

Mas uma pessoa em particular lhe chamou atenção, no bar, com uma camisa amarela e uma cara de quem ta puto, um canarinho estava sentado

-Aquele cara?-o lobo disse-Não se meta com ele, é o mascote do Brasil, o chamam de Canarinho Pistola

O Canarinho lhes mandou um olhar puto, mas essa parecia ser uma expressão comum dele

-Vamos

O Lobo a puxou para cima, com força, mas sem machucar. Parou em frente a porta de seu quarto, o Lobo disse ter pegado a chave dela, enquanto ela estava distraída 

-Onde está?-ela perguntou

Ele procurou nos bolsos, mas simplesmente não encontrava a chave

-Deixou cair

O Canarinho Pistola vinha na direção deles, com uma chave em suas mãos. Ele entregou a Canarinha, embora parecesse puto, ele até parecia mais calmo

-Achou ou roubou?-o Lobo disse, se aproximando 

-DON'T TOUCH ME, HIJO DA PUTA, VAI TOMAR NO CU!

-Meninos!-ela interrompeu, antes que eles brigassem

O Canarinho seguiu para o próprio quarto, rápido, mais firem. O Lobo sorriu, esnobe

-Não se meta com ela, você viu o porque 

Então, após uma despedida, ele se foi, deixando ela livre pra descansar 


Notas Finais


Por enquanto é só crianças


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...