1. Spirit Fanfics >
  2. Jogo do Destino- Bailey e Noah >
  3. O Contrato

História Jogo do Destino- Bailey e Noah - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oie!! capítulo novo pra vocês

Capítulo 3 - O Contrato


Bailey (pov)

Quando entrei na sala de reunião e vi quem estava sentado naquela mesa, meu mundo parou, um filme se passava pela minha cabeça.

Flashback On

 Noah Urrea o garoto que desde os 6 anos de idade era o meu melhor amigo e com o tempo nossa amizade foi se transformando em algo maior. Quando tínha 16 anos e ele 17, demos nosso primeiro beijo juntos( obvio porque Noah já tinha dado vários outros beijos) e isso de certa forma me incomodava, mas não falava nada afinal, éramos somente amigos. Quando ele me beijou me senti o garoto mais feliz do mundo ele disse que queria que fossemos mais que amigos e eu com certeza aceitei de imediato. Mas Noah disse que teria que ser escondido de todos, afinal ninguém sabia a nossa sexualidade e nem nós mesmos, estávamos nos descobrindo. Eu sabia que era gay mas Noah tinha suas duvidas pois sempre ficava com meninas e eu fui o primeiro garoto. Estávamos juntos a quase 1 mês.

Um dia em uma festa de aniversário de uma colega nossa da escola, íamos os dois juntos, mas ao chegar na festa nos separamos para não dar na cara nosso “relacionamento”. Noah ficou o tempo todo colado com a Ana ( a aniversariante) e eu fiquei com nosso outros amigos. Aquilo começou a me incomodar mas deixei pra la. Depois do parabéns enquanto todos estavam se servindo do bolo vi Noah e Ana irem para o fundo da casa,fui atrás deles. Quando cheguei la escutei a conversa deles:

Noah: Ana, você é a garota mais linda de toda a escola, gostaria muito que fosse minha namorada

(Meu sangue gelou,meu coração se partiu em mil pedaços)

Ana: Eu iria amar ter o garoto mais lindo e mais popular da escola como meu namorado.

(aí eles se beijam)

Uma lágrima escorria pelo meu rosto, peguei e saí daquela festa sem olhar para trás, chegando em casa já não conseguia segurar o choro, me fechei no quarto e desabei em lagrimas.

Umas 2 horas mais tarde escutei a campainha, já não estava mais chorando e sim sentia uma certa raiva crescendo em meu peito. De repente alguém bate na porta do meu quarto, resolvi ficar quieto talvez desista ,pensando que estou dormindo, já imaginava quem seria.

Noah: Bailey sei que está ai e está acordado, agora abra aqui por favor?

Fui até a porta e abri

Bailey: O que você quer e o que esta fazendo aqui?

Noah entra fechando a porta atrás de sí

Noah: Por que saiu da festa??

Bailey: Aquela festa já tava uma merda e eu naão queria ser um estraga prazeres, então vim embora.

Noah: Por que não me avisou? Eu teria vindo com você.

Ri sarcástico

Bailey: Não queria atrapalhar o novo casal do momento.

Noah arregala os olhos e fica meio pálido

Noah: C-Casal?

Bailey: Não precisa se fazer de desentendido eu vi e ouvi você e a Ana. Espero que sejam felizes juntos

Noah: Bailey espera!!

Bailey: Não Noah, nem comece com desculpas esfarrapadas que não vai colar.

Noah tem lagrimas nos olhos,olha pra mim e diz:

Noah: Bailey eu gosto muito de você de verdade, mas não posso te assumir pra família e amigos, você é um garoto e não dá, eles já mais entenderiam.

Aquilo foi como uma faca no meu coração

Bailey: OK Noah! Ali na minha escrivaninha tem uma sacola com algumas coisas suas que tinham aqui em casa, pode levar, Acho que isso é o fim não é mesmo!!! Sorrio triste

Noah: NÃO Bailey por favor, podemos voltar a ser melhores amigos.

Bailey: Sinto muito Noah, não tem como nossa amizade continuar depois disso, nunca seria a mesma coisa. E além disso minha mãe vai me transferir de colégio na segunda-feira.

Noah: O QUE? NÃO, você não pode ir embora Bailey( fala chorando)

Bailey: Vai ser melhor assim vou morar em LA com meu pai e depois minha mãe vai também afinal a única coisa que nos prendiam aqui era minha amizade com você, eles não queriam nos separar, mas como eu que pedi eles aceitaram.

Bailey: Eu gostava muito de você Noah, aliás eu te amei, mas isso acabou, espero muito que você seja feliz Noah e que você possa ser tudo aquilo que sua família mais desejou. Agora se me der licença tenho que arrumar minhas coisa me mudo na terça-feira

Noah se levanta e abraça Bailey e diz em sussurro:

Noah: Eu te amo(soluço)

Bailey: Adeus Noah...

Ele se vira pega a sacola e vai embora e eu desabo no chão chorando. Depois disso nunca mais ouvi falar dele e perdi o contato.

Flashback Off

Quase 8 anos depois ele esta aqui na minha frente e eu não sei como agir. Vou tentar agir profissionalmente;

Bailey; É um prazer recebe-los aqui na PLATTINUM MUSIC, Sr. Miller e Sr Urrea

Falo me apertando a mão deles. Ao toque da minha mão e do Noah senti como um choque atingir diretamente meu coração e assim revivendo um sentimento que achei esta esquecido.

Noah (pov)

Assim que ele tocou minha mão, meu coração quase parou e  logo depois começou a bater loucamente, vi ele se sentar na ponta da mesa agindo profissionalmente (todo lindo e elegante), mas sei que assim como eu por dentro estava gritando. Queria correr e lhe abraçar e não soltar mais.

Bailey: Então já que estamos todos aqui podemos começar-Shivani...

Ele iniciou a reunião todo sério pedindo pra sua irmã prosseguir. Agora que reconheci Bailey lembro perfeitamente da Shiv pequena, ta certo que ela e só 2 anos mais nova que Bailey mas era a mais pequena de nós.

Shivani: Então estamos aqui para apresentar o possível contrato entre o artista Noah Urrea e a PLATTINUM MUSIC. Na pasta em sua frente está uma cópia do contrato.

Todo pegam a pasta e analisam o contrato

Shivani: E então o que dizem

Giovany: posso conversar a sós com meu artista?

Shivani: É claro

Bailey: Shivani vamos até a sua sala, também preciso falar  com você.

Bailey levanta e sai andando firme e Shiv o segue. Ficamos sozinhos.

Giovany: Noah! Esse contrato é espetacular, você fara em pouco tempo o dobro de sucesso que já faz. VAMOS ASSINAR

Noah: Claro, confio em você.( e além disso agora tenho a chance de ficar mais perto do Bailey)

Bailey (pov)

Entramos na sala da Shivani

Bailey: Shivani não quero esse cara na gravadora!

Shivani: COMO É? Você é Louco. Ele vai ficar sim. Bailey a gravadora precisa dele ,nós podemos crescer mais em muito pouco tempo. E você não vai acabar com isso.

Bailey: To vendo que não terei chance de fazer você mudar de ideia.

Shivani: NUNCA!

Bailey: Então vamos voltar.

Voltamos e entramos na sala

Shivani: E então o que dizem? Por nós você já está na gravadora.

Shiv sorri olhando pra mim e eu sorri fraco.

Noah: Já assinamos

Shivani: Perfeito

Noah( pov)

Ao falar que já havia assinado Bailey pareceu surpreso, mas sorriu fraco. Então ele levanta e vem até mim. Minha  garganta seca, levanto e ele me estende a mão

Bailey: Bem Vindo a PLATTINUM MUSIC

Apertamos a mão e eu sorri.

Bailey: Agora minha secretaria e a Shivani vão lhe acompanhar em um tour pela gravadora,. E se me dão licença tenho um compromisso. Com Licença.

Shivani: Que compromisso?

Bailey olha mortalmente pra Shiv e diz.

Bailey: É um compromisso pessoal Shivani

Shivani: Ok

Bailey: Até mais

Acho que o Bailey ta fugindo de mim.

Shivani: Vamos?

Noah: Vamos

 

 

Continua...

 


Notas Finais


Desculpe os erros!!
E aí estão gostando?
até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...