1. Spirit Fanfics >
  2. (Johnny Depp) Minha Annie >
  3. Ela não se aproximou

História (Johnny Depp) Minha Annie - Capítulo 4


Escrita por: Cupcake020Selvagem

Capítulo 4 - Ela não se aproximou


Fanfic / Fanfiction (Johnny Depp) Minha Annie - Capítulo 4 - Ela não se aproximou

07 DIAS ATRÁS

NARRADORA ON

Com centenas de mensagens chegando direto, seria meio obvio que Johnny Depp precisasse de um aparelho telefônico só para sua rede social. E foi o que o velho ator fez. Configurou seu celular e conectou seu Instagram. Que a propósito o número de seguidores multiplicou deste a última publicação de meses atrás sobre sua última turnê e grande parte disso era por apoio de força ao ator pela fase caótica que está ha anos tentando superar.


Analisando suas próprias postagens para ter alguma ideia de atualização clicou sem querer na notificação que surgiu a cima do aplicativo enquanto fazia zoom em sua própria foto. Rapidamente saiu de lá e foi para as configurações silenciar o App, algo que achou que já tivesse feito. Abriu novamente voltando a mexer e viu que foi mencionado em uma postagem. Ele só olhou a foto de perfil e viu que era de uma menina. Só por curiosidade ele resolve ver o que era. Ele nunca a tinha visto então porque menciona-lo.


Até clicar vendo a bio da garota já viu que não era dali. Era uma escrita diferente. Só conseguiu identificar seu nome (universal) Annie. Desceu para ver a publicação mencionada e era um vídeo com uma pequena coreografia de dança. Johnny não precisava entender nada da música, pois já entedia a mensagem. Só foi olhar o post embaixo escrito Carnaval e logo entendeu que era festa a fantasia. E as meninas estavam inspiradas em Jack Sparrow seu personagem. Ele subiu de volta pro vídeo assistindo mais uma vez.


Um sorriso fechado despretensioso surgiu do nada quando ele começou a encarar a menina da frente. Não sabia se era aquela meia, a saia, ou a espada na bota da garota ou os colares mais aquela fantasia era uma das mais lindas e bem sexy que já tinha visto. O vídeo era curto não se sabe quantas vezes ele reviu, até que clicou no nome da menina voltando a bio passando o dedo acima de seus postes até que sua mente deu um instalo bizarro soltando uma lembrança, quase lhe dando uma dor de cabeça...

- Porra é ela!


[...]


Johnny não tinha ainda acreditado que havia encontrado a garota, ele aceitou que nunca mais fosse vê-la. Era ela, e ela estava ali.


[...]


07 DIAS DEPOIS

Já havia se passado dias sem uma postagem dela... Entrou final de semana e nada. Será que aconteceu algo? Era carnaval na sua ultima postagem e depois da semana inteira, entramos no Domingo onde mais uma vez ela não atualizou nada. Era um pouco estranho pois a garota se mostrava ativa.


Durante essa semana ele viu toda sua pagina. Era loucura por mais não entendendo nada, se sentia atraído por ela. Viu ela de varias formas... uma mulher aparentemente “medica” de jaleco cuidando de alguns cães e falando deles. Ao mesmo tempo uma “menina” curtindo seu skate. Que alias ele reconheceu e sorriu sorrateiro pois estava com ele e ela não fazia a menor ideia disso. Teve algo que chamou mais sua atenção do que qualquer outra coisa. Arte. A moça também pintava. E tinha um talento lindo para aquilo.


Sentado em uma poltrona no seu quarto.

- Ela não se aproximou...


Disse ele fazendo um bico de lado girando seu celular na mão com sua lembrança do Parque que tivera com ela frente a frente. Desbloqueou e viu que era 5hs da Tarde, sabia que o fuso era diferente e possivelmente ela devia estar na cama ou na rua, não se sabe. Droga porque ela não da um sinal de vida?

Se ela estava de pirata, então ela é minha fã! E se é minha fã então ela gosta e acredita em mim! Foi o que pensou, ele tinha noção do seu poder, sabia que se mandasse uma mensagem pra garota, ela não iria respondê-lo. Ou por timidez ou por achar que seria trote. E pra evitar um possível xingamento ele fez algo pequeno... apenas deu um simples coração no vídeo.


Annie ON

Uma fucking curtida.


- Isso é um perfil de fã não possível ele nunc... – arregalei os olhos quando cliquei no nome. – MEU DEUS ISSO TA VERIFICADO. – me sentei na cama – PUTA QUE PARIU. – pus a mão na boca abafando o palavrão.


E agoraaa??? Porque caralhos eu postei isso? Na verdade porque Ele curtiu isso? Será que é comum ele sempre interagir assim?


- Ehh... deve ser isso mesmo. Ele... ele deve fazer muito isso. Certeza. Com todo mundo. – Dizia confirmando com a cabeça tentando me convencer.


Depois de uma hora ainda tentando aceitar, me acalmei depois de me levantar para ir beber um pouco de água fingindo naturalidade pra minha família que estava na sala. Voltei me deitando na cama e resolvi bisbilhotar o perfil do Johnny. Vi seus poucos vídeos e alguns posts. Será que ele se lembra de mim ou só curtiu por simpatia de ídolo. Seria um sonho.


[...]


NARRADORA ON

O dia foi bem movimentado para a brasileira. Depois de horas tendo insônia, dormindo e acordando, ás 7hs da Manha teve que se levantar para seu Estágio. Hoje ela ficaria o dia todo cuidando do Loki, um Dogue Alemão, era branco com pintas pretas e parecia um dálmata gigante.

Ao chegar no estágio sua colega de escritório começou a filmar a entrada do “doguinho” gravando a reação alegre da amiga. Annie resolveu aproveitar e fazer um vídeo sobre. E foi assim o dia todo. Ela mostrou ele se alimentando, acalmando/relaxando para dar os medicamentos dele, fez alguns exames e passeou pelo quintal próprio da empresa até voltar e ele dormir entre as seus pés enquanto ela digitava o relatório dele no computador.

Ao fim do dia ela se despediu e foi pra casa editar e postar o primeiro vídeo depois de uma semana offline. Sobre a aquela tal curtida inesperada ela resolveu ignorar. Pois jamais conseguiria enviar alguma mensagem pra Ele.


Annie ON

Ok!! Eu sei que não deveria evitar mais o que quer que eu faça? Eu não tenho culhões. Nunca tive e não vai ser agora que vou ter né.

Ele só curtiu lá e pronto, nem deve se lembrar. E vamos ser sinceros... Ele tem suas preferências, sua rotina e claro que ficar o dia todo no Instagram não é a cara dele.

Tirei um print da curtida mostrando pra minha irmã pessoalmente. E é óbvio que ela riu da minha cara.

- E aí o que você vai fazer... – Ela me perguntou.


- O que é que tu quer que eu faça?


- Sei lá, a sorte é sua.


- Tem mais uma coisa...


Contei a ela sobre minha saída de casa até o hotel e o que aconteceu na Quarta e na Sexta Feira mostrando a caixa e os cordões que ele havia me presenteado.


- Caraca. KkkkK – ela viu as iniciais JD no fundo da caixinha. – Cê tá curtindo com a minha cara né... – ela dizia negando com a cabeça.


- Não!! É sério Valéria eu não tô.


E ela continuava rindo.

- Me ajuda. – pedi com minha voz quase suplicando.


- E o que é que tu quer que eu faça criatura?


- Sei lá tu é minha irmã mais velha, diz alguma coisa me orienta.


- Primeiro porque ele te deu isso? Tem certeza que vocês não conversaram?


- Aaah eu não sei, e não. Não conversamos, disso eu tenho certeza absoluta.


- Ok. talvez... ele queira te conhecer ou... ele viu que você respeitou o momento dele e não o perturbou.


Ela continou, segurando e tocando em um dos cordões.

- ...Ou ele mesmo deve sempre agir assim com os fãs. Sinceramente eu não sei o que dizer, ele pedir para o segurança te entregar... – Ela negou com a cabeça pensando sobre me devolvendo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...