1. Spirit Fanfics >
  2. Joker - Jikook >
  3. Sem remetente

História Joker - Jikook - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpa os erros

Capítulo 4 - Sem remetente


Fanfic / Fanfiction Joker - Jikook - Capítulo 4 - Sem remetente

- Jimin. Acorde. - sr.Park entra no quarto. O filho era para ter acordado a meia hora. Ele se depara com o gato preto na cama de Jimin - Da onde veio esse bicho?

Jimin se espreguiça.

- Ele apareceu ontem. Acho que meu despertador quebrou. - Coçou a cabeça.

- Compro outro pra você e trate de achar o dono desse gato. - Jimin assentiu - Vou trabalhar, tchau. - Saiu do quarto fechando a porta.

Jimin chamou o gato para seu colo e fez um carinho no mesmo.

- Algo me diz que vamos nos dar bem.


[...]


A aula estava entediante, tanto que olhar um passarinho na janela era mais interessante. Estranhamente o gato preto - que Jimin tinha certeza ter deixado em seu quarto - estava ali, em cima do muro do colégio.

O sinal bate. Rapidamente o garoto vai até o gato mas ao chegar lá, ele já havia sumido.

- Procurando alguma coisa?

Ao se virar, era Ele...

- Jungkook... - O moreno sorriu.

- Olha só! Se não é o nerd! Park Jimin. - um garoto entre um grupo de 5 se pronunciou.

Jimin engole seco. Jungkook bercebe o medo que o menor estava sentindo. Quem eram aqueles caras? Só uns idiotas que zoavam com a cara de Park a muito tempo.
Eles se aproximaram, Jungkook parou o que parecia ser o "líder" daquele bando de manés com a mão em seu peito.

- Fique longe. - O moreno disse. O outro riu debochado. Jimin ficou surpreso.

- E quem é você panaca? - outro garoto do grupo pergunta.

Jungkook sorriu assustador mas não respondeu.

- Ficou surdo? - O líder pergunta. Jungkook novamente permaneceu calado e ele estava pronto para dar um soco em sua cara. Foi impedido por Jeon que segurou e quebrou seu pulso, fazendo aquele garoto gritar de dor.

- Eu avisei pra ficar longe. Vão pagar por tudo que fizeram com ele. - se referiu a Jimin. Os garotos engoliram seco e saíram correndo.

Jimin ficou de boca aberta e começou a rir. Jungkook amou isso, ver ele rindo.

- Cara você é louco! - Sorriu.

- Louco? - Sorriu - Ah tanto sentido na loucura, permita-se enlouquecer.

Jimin ficou pensativo olhando para o moreno. Ouviu um miado e se virou para trás, o gato preto voltou.

- Aí esta você! - Pegou-o no colo. Se virou para Jungkook mas ele não estava mais lá - Sabe, gosto dele. - ouviu um miado como resposta e sorriu - Vem, vamos pra' casa.

[...]

Casa de Jimin, 19h00min.

O Park mais velho chegou, em suas mãos várias cartas. As colocou na mesa vendo uma por uma até que se deparou que uma era para seu filho. Não havia remetente, apenas o nome de Jimin, o endereço e um celo. Deu de ombros e levou a mesma para o filho.
Bateu na porta e ouviu um "entre", assim o fez, logo viu o bichano dormindo na cama do filho e o próprio Jimin fazendo alguma tarefa de casa na pequena mesa que tinha em seu quarto.

- Ah oi pai. - largou o que estava fazendo.

- Vai ficar com ele? - apontou para o gato.

- Se você deixar, eu me apaguei.

O mais velho sorriu.

- É bom cuidar bem dele garoto! - Jimin assentiu. Seu pai sentou na cadeira em seu lado - O que está fazendo?

- Trabalho da escola. - Respondeu e viu seu pai meio... triste? Já tinha uma ideia do que se tratava - Sente falta dela não é?

- Muita.  - suspirou.

- É, eu também. Mas, lembra como ela era? Tenho certeza que não gostaria de te ver assim.

O mais velho riu sôfrego.

- Ela teria orgulho de você. Igual eu tenho.

- Obrigado pai... - O abraçou.

- Toma, alguém te enviou isso. - entregou a carta para o filho e se levantou - Boa noite filho.

- Boa noite.

Jimin olhou tanto a frente quanto a parte de trás do envelope. Abriu e começou a ler.






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...