História Jomaz - Descobertas no amor - Capítulo 9


Escrita por:

Visualizações 61
Palavras 1.882
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - O acidente


(Thomaz)

O João correu pra rua e eu fui atrás dele

Thomaz: João está frio, vamos pra dentro - falo enquanto tento o alcançar

João: pode ir - continua andando

Thomaz: João, em toda minha vida eu tinha um sonho, ser jogador de futebol. Mas agora, meu sonho é ter uma família com você

João: Thomaz, por favor me deixa em paz

Thomaz: não

João: quero ficar sozinho

Thomaz: João eu te amo

João: Thomaz...

(Larissa)

Estava em casa botando meu plano em ação, mas para isso faltava uma coisa. Passar o plano para meus aliados

Pego meu telefone e ligo pra eles. Depois de uns minutos eles chegam

Larissa: muito bem, eu os chamei aqui por que infelizmente as nossas marionetes se voltaram contra mim

Gabriel M(Moura): como isso aconteceu?

Larissa: a Bruninha contou tudo

Gabriel M: é oque faremos?

Larissa: vamos pôr o plano B em ação

Gabriel M: só não esqueça do nosso trato

Larissa: claro eu prometi. Você receberá seu dinheiro quando tudo acabar, você terá sua vingança contra João e o seu dinheiro. E eu terei novamente o Thomaz

Gabriel M: muito bem, quando tudo acabar eu quero meus 35 mil e ela quer os 25 mil dela

Larissa: o combinado era 30 mil e 20 mil

Gabriel M: é mais você acabou sendo descoberta, é isso bota nós na sua encrenca

Larissa: está bem, não se preocupem. Terão o dinheiro, desde que não haja falhas

Mah: e alguma vez eu já falhei? Até hoje ninguém suspeito

Larissa: ninguém exceto o Thomaz e a Bruna. Você tem que parar de se preocupar com o João e olhar ao redor, as pessoas a sua volta estão desconfiando

Mah: não se preocupa, eu sei lidar com eles

Larissa: eu só não quero falhas

Gabriel M: porque? Você falhou tantas vezes

Mah: uma delas foi trazendo a Graciely, no que você pensou pra trazer a ex do meu atual

Gabriel M: isso foi patético

Larissa: olhem bem, eu não falho. Odeio falhas, mas odeio principalmente traidores, e sabe oque faço com traidores? Acabo com eles

Gabriel M: não foi isso que aconteceu com João Pedro, Lucas, Graciely e principalmente a Bruna

Larissa: eu já estou cuidando desses dois, Graciely...bem ela ainda é útil mas não sabe. E Bruna? Ela está na minha mão, como uma marionete, eu a controlo

Gabriel M: claro, então ser descoberta era seu plano?

Eu o olho bravo

Mah: não se preocupa Lari, ele está brincando - se aproxima - somos melhores amigas, vencedoras, irmãs. E ninguém se mete com minha irmã. Todos pagarão

Larissa: você acabou de me dar uma ideia

Mah: qual?

Larissa: você verá - sorrio

Escutamos um barulho vindo da porta e eu a abro

(Luckas)

Eu estava em casa preparando minhas inscrições para um teste, para poder entrar em um time de futebol. Um sonho que eu e o Thomaz sempre tivemos desde crianças

Eu termino a minha inscrição e fico mexendo no celular quando vejo uma foto minha do Thomaz e da Larissa pequenos. Então resolvi visita-la, mesmo estando de noite

Sai e fui até sua casa, chegando lá sou atendido por sua empregada que me deixa entrar. Eu subo as escadas e vou até seu quarto, ao me aproximar dele escuto ela conversando com alguém

Tentei ouvir mais de parto, mais derrubei um vaso, ela a abre a porta

Larissa: Luckas?

Luckas: oi Lari

Larissa: oque faz aqui?

Luckas: lembrei dos nossos velhos tempos e vim te ver e... Mah?

Mah: Luckas, Oi anjo

Luckas: oque voce faz aqui?

Mah: com ajudar na campanha da Lari

Luckas: mas eu te pedi ajuda e você me falou que estava ocupada com as provas chegando

Larissa: é, eu vou ajudar ela com as provas

Luckas: porque não pediu minha ajuda? Um menino? Oque e faz aqui?

Mah: Luckas é que...pera aí, você está desconfiando de mim?

Luckas: não é que...

Ela começa a chorar

Mah: como você pode. Eu sou fiel a você

Luckas: eu te amo Mah

Mah: eu também te amo Luck - me beija - vai pra casa

Luckas: eu posso te levar

Mah: vou dormir aqui

Luckas: mas desde quando são amigas - digo desconfiado

Mah: cansei de desconfiança, vamo terminar

Luckas: não. Eu te amo

Mah: então vai pra casa, e conversamos amanhã

Luckas: tá

Gabriel M: espera, meu motorista está aqui perto, ele pode te levar

Luckas: não precisa

Mah: que isso Luckas, aceita a carona do Gabriel

Luckas: tá bem

Gabriel M: vou ligar e o avisar, pode ir indo

Luckas: valeu, tchau amor

Eu vou descendo as escadas e ligo pra Bruna

*Ligação ON*

Bruna: alô, quem fala?

Luckas: alô, Bruna, é o Luckas

Bruna: como conseguiu meu número?

Luckas: mistério 

Bruna: tá, pra que me ligou?

Luckas: vim falar com a Larissa

Bruna: e conseguiu?

Luckas: mais ou menos, ela tinha visita

Bruna: quem?

Luckas: um garoto, e a Mahressa

Bruna: oque ela fazia ai?

Luckas: disse que veio estudar

Bruna: como assim disse?

Luckas: Bruna. Eu não acreditei muito

Bruna: você não acreditou nela, que milagre

Luckas: hahaha que engraçada você é

Bruna: mas e o garoto?

Luckas: não conheço, mas o nome dele era Gabriel

Bruna: estranho?

Luckas: oque?

Bruna: oque ele fazia ai?

Luckas: eu também não entendi e... Preciso desligar, o motorista dele chegou. Eu te ligo amanhã, mas te adianto. Botei uma escuta no quarto da Lari. Agora Tchau, te amo

Bruna: você oque?

*Ligação OFF*

Luckas: não acredito no que falei

O carro buzina e eu entro

Luckas: oi tudo bem

Motorista: tudo, pra onde vamos?

Luckas: pra minha casa, eu te falo onde é - pego o cinto

Motorista: oque está fazendo?

Luckas: pondo o cinto de segurança

Motorista: não se preocupe, sou um bom motorista, não vai precisar

Luckas: mas...

Motorista: confia em mim

Luckas: tá bem - eu não coloco o cinto - vamos

(Mah)

Luckas desce as escadas e eu escuto ele falando com a Bruna

Larissa: acho que ele acreditou

Mah: não, ele está falando com a Bruna

Larissa: e oque faremos?

Gabriel M: tenho um amigo que me deve, vou pedir pra ele pegar o Luckas

Mah: tá, mas ele vai continuar investigando

Larissa: tem um jeito

Mah: qual?

Larissa: dar um fim nele

Mah: e como seria? Sequestra-lo?

Gabriel M: mais além disso

Larissa: muito bem, vamos botar um fim no Luckas

Mah: vão suspeitar de nós

Larissa: não se for um acidente

Gabriel M: muito bem, falarei ao meu amigo

Mah: ele é de confiança?

Larissa: não importa, ele vai fazer. Ou vai pagar

Gabriel M: sim, ele é de confiança

Gabriel liga pro amigo que logo em seguida vem buscar o Luckas

Mah: eles já foram

Larissa: ótimo, o Luckas não é mais um problema

Mah: é

Eu beijo Gabriel

Gabriel M: quando isso acabar, iremos embora, juntos

Mah: te amo

Gabriel M: também te amo

Larissa: aí que lindo, os dois se amam. Mais agora precisamos acabar com Lucas e o Jottapê

(João)

João: Thomaz..eu 

Viro pro lado e vejo um carro vindo em minha direção, o Thomaz o vê e corre em minha direção, e me empurra pra tras

Eu caio no chão e bato a cabeça, e acabo ficando inconsciente por apenas 3 minutos. Ao abrir os olhos, me levanto e vejo o Thomaz caído no chão

Corro em sua direção, e o vejo com uma ferida na cabeça por conta da batida

João: Thomaz, Thomaz por favor acorda. SOCORRO. POR FAVOR ALGUEM ME AJUDA

Eu pego meu celular e ligo pra uma ambulância e aviso do acidente. Ao desligar vou checar os outros passageiros que estavam no carro, que bateu em um poste, eu abro a porta da frente e tinha um homem ali

João: moço, moço

Checo o pulso dele

João: ele..tá morto

Olho pro banco de trás e não havia ninguém, quando olho pro homem novamente eu vejo que o vidro da frente tinha sido quebrado com a batida. Eu vou pra frente do carro e vejo alguém caído no chão, e uma poça de sangue

João: senhor

Vou até ele e olho seu rosto

João: L-Luckas?

Ele estava inconsciente, e com uma ferida enorme na testa, e uns cortes de vidro pelo corpo. Checo seu pulso que estava bem fraco

João: droga Luckas, acorda. Luckas

Após alguns minutos a ambulância chega e nos leva ao hospital, de lá eu aviso meu pai e meu irmão, e ligo pro Biel

Biel chega

Biel: oque houve?

Joao: eu..eu

Biel: oque houve!? - vem em minha direcao

João: eu..

Biel: olha garoto! - me pega pela camisa

Zé: calma Biel. O Thomaz está em cirurgia junto com o Luckas

Biel: cirurgia?

Zé: ele teve uma forte pancada com o impacto

Biel: meu irmão...

Zé: eu te entendo voce, mas a única coisa que podemos fazer e ficarmos calmos. Avisou sua mãe

Biel: avisei, mas ela está em uma viagem na trabalho. Esta muito ocupada

João: papai...

Zé: ficou com a Naira em casa. Achou melhor ela não vir depois de hoje

João: eu falei com a polícia....ele...foi atropelado - rio - ele foi atropelado...ele disse que me ama

Zé: João fica calmo

João: o médico falou que... não estou louco...disse..qu-que é normal - rio denovo - eu estou em...qual o nome

Zé: estado de choque, fica calmo, eu estou aqui

Bruna: oque aconteceu? Vim assim que você me mandou mensagem

João: eu..nao sabia..com...com quem falar...porque eles... eles foram..

Zé: o Thomaz foi atropelado, e o Luckas estava no carro

Bruna: oque? - chora - e a Mahressa?

Zé: não sabemos

Doutor: senhor Gabriel Costa

Biel: eu

Joao: oque houve?

Doutor: o paciente teve umas complicações durante a cirurgia e....

Biel: fala logo, onde ele esta

Doutor: ele está no quarto número 120 mas após a cirurgia ele acabou... - vamos pro quarto - Os senhores não podem ir ele..

Entramos no quarto do Thomaz e o encontramos em uma maca

O médico nós explica oque aconteceu, e nos deixa com o Thomaz

Bruna: eu não acredito

Biel: em resumidas palavras...ele

Enfermeira: está em coma

João: o Thomaz? - choro

Enfermeira: ele tem chances de acordar, é muito cedo pra tirar qualquer conclusão

Bruna: e o Luckas?

Enfermeira: quem?

João: nosso amigo. Luckas Moura, ele estava no acidente

Enfermeira: claro, eu checarei para vocês

Biel: eu vou junto. A irmã dele está de viagem e os pais, não são muito presentes

Eles saem

João: podem me deixar sozinho com ele

Bruna: claro

Zé: se precisar - saem

João: Thomaz....por favor...acorda - pego sua mão e me sento de frente para ele - eu te amo, você não pode fazer isso comigo. Por favor, o Luckas está na cirurgia. Ele é seu "irmão", precisa de você, o Biel precisa, e eu também. Por favor, eu te amo

Uma máquina começa a apitar

João: Thomaz?

Uns funcionários do hospital entram no quarto

João: oque houve?

Enfermeira: senhor, por favor se retira

João: oque aconteceu?

Doutor: droga, desfibrilador

João: des... Oque?

Enfermeira: senhor vem - me pega

João: Thomaz! 

Ela me pega e me coloca do lado de fora

João: por favor, Thomaz

Bruna: João, oque houve?

João: o Thomaz...ele.. Que cara é essa?

Bruna: João..o Luckas

João: que que tem?

Bruna: ele...

João: ele oque?

Bruna: ele..

(Larissa)

Gabriel havia ido embora, e eu estava com Mahressa, em frente a casa do Lucas, quando recebo uma mensagem

Larissa: Mahressa

Mah: fala

Larissa: o Thomaz e o Luckas estão no hospital

Mah: maravilha

Larissa: não comemora. O Thomaz está em coma ainda é um problema

Mah: e o Luckas?

Larissa: não sei

Mah: temos mais um problema

Larissa: qual?

Mah: o homem que causou tudo

Larissa: ele morreu no acidente

Mah: o idiota causou o acidente e morreu

Larissa: a sorte está ao nosso favor

Mah: não esqueça que temos uma pedra em nosso caminho

Larissa: que pedra?

Mah: duas na verdade. João e Bruna

Larissa: não se preocupa com eles, não são uma ameaça

Mah: eu não sei

Larissa: o João está sofrendo, não é problema e eu vou mandar o Gabriel mandar um recado pra Bruna assim ela não se meteram em nosso caminho

Mah: ótimo. Tudo saiu como o planejado, agora nos preocuparmos com oque estamos fazendo agora

Larissa: certificou-se

Mah: sim, o pai e a mãe dele estão em um jantar, só ele está ai

Larissa: otimo

Mah: faz as honras - estica um esqueiro

Larissa: com certeza

Eu pego o esqueiro acendo um fósforo e taco em cima da gasolina que botamos em volta de sua casa

Larissa: Mahressa

Mah: fala amiga

Larissa: diga adeus ao Lucas

Mah: adeus Lucas

Larissa: adeus, babaca

Olhamos a casa pegar fogo, enquanto o fogo se espalhava ainda mais rapido

Lucas: Socorro!

Saímos de lá e deixamos a casa queimando



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...