1. Spirit Fanfics >
  2. Jovens Para Sempre >
  3. Novo emprego!!

História Jovens Para Sempre - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Novo emprego!!


Fanfic / Fanfiction Jovens Para Sempre - Capítulo 2 - Novo emprego!!

|23h - Seul - Maria Alice ON|

─ Finalmente ─ Me deitei no sofá e respirei fundo.

O dia havia sido realmente longo, em menos de vinte e quatro horas eu começaria em meu novo emprego e eu estava tomada pelo nervosismo. Minha formatura em administração havia sido a quatro anos atrás e decidi fazer música e assim foram meus últimos oito anos, sinceramente não tenho nenhum arrependimento.

Fui chamada para uma entrevista na BH a dois meses e a uma semana finalmente recebi a confirmação, fui selecionada como coordenadora ou seja eu basicamente seria responsável por fiscalizar e organizar um certo número de artistas.

Permaneci deitada no sofá refletindo sobre minha vida até ouvir uma batida na porta.

─ Boa Noite, Alice ─ O porteiro falou quando abri a porta.

─ Boa Noite, Dong ─ Sorri.

─ Chegou uma encomenda para a senhora ─ Ele disse com o seu jeito tímido.

─ Ah, obrigada por trazer ─ Sorri e ele arrumou os óculos antes de me estender a caixa que estava em suas mãos.

─ Bom era só isso mesmo ─ Disse sem jeito ─ Te desejo boa sorte amanhã ─ O encarei.

─ Como sabe de amanhã? ─ Encostei-me à quina da porta e inclinei um pouco a cabeça.

─ Eu ouvi sua conversa ao telefone, mas não foi de propósito ─ Disse rápido ─ Foi um acidente.

─ Tudo bem, Dong ─ Gargalhei do seu rosto avermelhado ─ Agora preciso entrar, tenha uma boa noite.

Entrei em casa e coloquei a caixa em cima da mesa e a abri, tirei a caixa enfeitada de dentro e tentei abri-la sem sucesso, acabei desistindo e fui tomar um banho quente para finalmente ir para a cama, guardei a caixinha na gaveta da cômoda e tranquei a gaveta.

|6h - Seul|

Despertei com o toque do meu despertador e pulei da cama, olhei para o visor e o relógio marcava nove e meia, entrei em completo desespero já que o meu horário de chegada era ás oito horas, comecei a correr de um lado para o outro até lembrar que o relógio estava atrasado para me ajudar a despertar mais cedo, suspirei irritada comigo mesma por ter esquecido e sai do quarto. Tomei um banho, lavei o cabelo e arrumei meus cachos em um rabo de cavalo alto. Comecei a revirar meu guarda-roupa e decidi usar algo mais profissional, decidi usar uma blusa social branca e uma calça vermelha, escolhi um colar, uma bolsa e meu salto alto.

Terminei tudo e desci para pegar meu carro, sai da garagem super nervosa para meu primeiro dia e respirei fundo durante o caminho tentando me acalmar. Cheguei cedo e comecei a andar pela empresa já que o Sr. Bang ainda não havia chegado, acabei ficando em uma sala de espera.

Algum tempo depois uma movimentação se iniciou, pessoas entravam e saiam da salinha carregando materiais. Duas mulheres passaram por mim correndo, elas pareciam desesperadas abriam e fechavam gavetas rapidamente causando muitos ruídos na sala silenciosa.

─ Não acredito nisso esses garotos são impossíveis ─ A asiática disse.

─ Eles vão pedir desculpas e todo mundo vai esquecer isso ─ A loira falou rindo, tirou algo de uma gaveta e acenou para a asiática.

─ Isso é o pior ─ A asiática revirou os olhos, elas sorriram e saíram às pressas.

Trinta minutos depois finalmente o Sr. Bang chegou e me chamou na sua sala, ele passou alguns minutos apenas me explicando como as coisas funcionavam na empresa e depois tirou alguns papéis de uma gaveta, se levantando.

─ Por enquanto você vai ficar responsável pela administração de ensaios de um grupo e de uma solista, vou apresentar você a eles agora, vamos? ─ Saímos e o nervosismo me dominava por mais que eu gostasse do BTS, ser escolhida colocaria um peso enorme nas minhas costas, então eu estava dividida entre querer que fossem eles e não querer.

─ Claro ─ Falei ficando cada vez mais nervosa.

Nós pegamos o elevador para o terceiro andar e um silêncio enlouquecedor se fez, assim que as portas abriram o Sr. Bang saiu e eu o segui.

Ele parou em frente a uma sala e bateu na porta.

─ Aqui, é onde nossa nova solista grava e compõe, ela é a primeira solista a assinar contrato conosco e não ser asiática ─ Ele disse abrindo a porta ─ Achei que ela se sentiria, mas a vontade em trabalhar com outra brasileira.

─ Ela também é brasileira? ─ Perguntei surpresa.

─ Sim, acho que contratar estrangeiros foi uma das melhores decisões que tomei ─ Ele disse sorrindo, ele cumprimentou o produtor sentado na mesa de som e o homem retirou o fone de ouvido, se virou para mim e fez uma reverência ─ Poderia chamar a Rosé aqui um minuto?

O homem se inclinou e avisou em um microfone que Sr. Bang estava ali, logo em seguida a mulher dentro da cabine retirou o fone, pegou uma garrafa de água e veio até nós.

─ Olá ─ Ela disse com o sotaque carregado que eu conhecia bem ─ Você é nova ─ Ela disse sorrindo e estendeu a mão ─ Me chamo Rossamy.

─ Maria Alice, serei sua nova "supervisora" ─ Falei sorrindo e ela deitou um pouco a cabeça.

─ Gostei do sotaque ─ Ela disse em português e piscou.

Conversamos por um tempo e discutimos sobre o trabalho, logo depois de me deixar informada de todos os horários, o Sr. Bang me levou para conhecer o grupo com o qual eu iria trabalhar, fui guiada até o elevador e nós descemos até o segundo andar, lá haviam apenas três salas e nós fomos até a única porta branca.

Entramos e Dope soava alto no ambiente, era uma sala de prática branca, com uma parede espelhada, o piso possuía uma marcação que separava a área de dança e da produção, várias pessoas estavam ali acumuladas fazendo coisas diversas, havia um amplo espaço com maquiadores e cabeleireiro que arrumavam os materiais, enquanto o grupo treinava.

─ Tudo bem, trinta minutos de descanso ─ Sr. Bang bateu palmas e disse alto, todos começaram a desligar as câmeras e a arrumar equipamentos, mas eu continuava parada no mesmo lugar em extasiada.

Observei o PD chamar a atenção dos sete garotos que estavam parados juntos rindo do outro lado da sala e eles começaram a se aproximar.

─ Garotos, essa é a minha nova assistente, Maria Alice ─ Ele disse apontando para mim e fiz uma reverência.

─ 2!3! Olá, nós somos o Bangtan! ─ Eles disseram juntos, fazendo uma reverência e não consegui evitar um sorriso impressionado.

─ Você está bem? ─ Jimin me perguntou e eu balancei a cabeça e respirei fundo.

Minha cabeça rodava, sentimentos mistos me atingiram o primeiro foi a alegria, seguido de preocupação e o principal medo.

─ Não precisam se apresentar, eu sei quem são vocês, sou uma grande fã ─ Falei depois de respirar fundo.

─ Você é mesmo uma fã? Legal ─ Jimin disse e me olhou como se fosse a coisa mais surreal do mundo.

─ Vou precisar ir, tomem conta dela ─ O Sr. Bang disse após ler uma mensagem no seu celular ─ Te desejo boa sorte ─ Ele disse e eu o olhei confusa enquanto ele saia.

─ Ele está brincando ─ Jin falou sorrindo, um sorriso lindo.

─ Espero que sim ─ Resmunguei e sorri.

•••••



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...