História Jovens Rebeldes - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Colégio, Escolar, Romance, Shoujo, Yaoi, Yuri
Visualizações 26
Palavras 761
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


E ai CLÁUDIOS E CLAUDIAS! Estou trazendo mais uma Fanfic para vocês ela é meio diferente ela tem de tudo um pouco tem Yuri Yaoi Shoujo! Tipo de tudo mesmo até relação de professores com alunos e professores entre professores tudo que você imaginar vai ter que você gosta desse tipo e mais beijos e boa leitura!

Capítulo 1 - Prólogo


Prólogo

Primeiro dia de aula, Elliot estava em sua casa se arrumando para o colégio.

Elliot, e um garoto extrovertido, gosta de zuar e fazer brincadeiras, algumas de mal gosto. Mas ele é "gente boa". Ele tem cabelos castanhos, olhos cor de mel, usa um estilo mais despojado.

(Elliot) Como assim? Já são meio e dia? - fala se levantando da cama, e saindo em disparada para o banheiro.

Ele sabia que estava atrasado, mas meio que ele ta pouco se fudendo pra isso.

Ele termina seu banho rápido, sai do banheiro e veste a roupa.

(Elliot) puta merda! - fala pegando a mochila e com uma torrada na boca. Ele sai de casa, e sobe na moto, uma esportiva vermelha.

[...]

Molly, ja estava arrumada para o primeiro dia de aula. Molly, uma garota "patricinha" gosta de se meter ma vida dos outros, e as vezes se acha muito, e menospreza os outros. Ela tem cabelos ruivos e grandes, olhos esmerada, super bonita.

(Molly) oi? Como assim, minha sessão de fotos esta cancelada? - pega a mochila e sai de casa.

Ela estava indignada, pois sua sessão de fotos estava sendo cancelada, e ela precisava disso para seu book.

(Molly) ah, okay, só quero que isso seja mais rápido possível! - desliga o celular na cara do fotógrafo - esse idiotas pensam que podem fazer isso! Não comido, não com Molly Parker! - bradou.

Ela entra no carro e direge até o colégio.

[...]

Léo, um menino mais fofo, gosta de fazer amizades novas, e ama seus desenhos, ele ja estava no colégio, pois era muito responsável, e sempre chegava antes nos lugares, e ele era o que cuidava de seus dois irmão mais novos. Ele tem cabelos pretos, olhos azuis fortes, usa um estilo de roupa mais formal, roupas sociais e tal.

(Léo) parece que nós fomos os primeiros a chegar... - fala para Max, que estava boiando.

(Max)o que você disse? - fala saindo dos devaneios.

Max, um cara mais "cabeça dura" meio medroso, e meio deb mental, ele é moreno, careca, de olhos verdes, bem bonito. O melhor amigo de Léo.

(Léo) volta pra terra Max! - Léo ri com a cara que tonto que Max faz.

(Max) mas uai! Eu... eu tava... ah, sei lá - gesticula com a mão e da risada meio atrapalhado.

Molly que já tinha chegado na escola, esbarra em Max.

(Molly) oh garoto! Olha para onde anda! Idiota - bufa.

(Max) ei, eu não tenho olho nas costas para saber que você estava atrás ruivinha! - cruza os braços, ele por dentro estava a olhando e dando risada com a cara dela.

(Molly) ruivinha oh caralho! - empurra ele e passa pelo mesmo.

Molly revirava os olhos, e dava passos largos e pesados.

(Max) oxente! Esse menina e meio idiota!

(Léo) não fale assim, deve ter acontecido algo sei lá! - ele se vira e abre o armário correspondente ao dele.

(Max) ah cara, não vem defendendo ela não! - olha para Léo, pensando que ele estava do lado de Molly.

(Léo) não estou defendendo ninguém! Só quero que pare de falar mal dos outros! - se vira para ele.

(Max) tá okay né! - revira os olhos.

Derrepente Elliot estava correndo pelo corredor e bate contra Léo.

(Elliot) ah, cara desculpa ai! - fala meio ofegante pois estava correndo.

(Léo) não tem problema cara, er... esta atrazado? - pergunta, pois ainda faltava 30 menutos para a aula começar.

(Elliot) sim, estava procurando a diretoria! Quero falar com a lya!

(Léo) quer que eu te mostre? - fala calmo e meigo.

(Elliot) se não for atrapalhar! Quero sim!

(Léo) não, não vai, vem! Max, depois a gente se vê, okay

(Max) ta falou! - max caminha até a lanchonete.

Léo começa a andar, e Elliot o seguia, queito, pois estava meio cansado.

(Léo) Sou Léo! - sorri e entende a mão para Elliot.

(Elliot) Sou Elliot, prazer - aperta a mão de Léo.

(Léo) prazer e todo meu! - ele sorri e olha para frente, e coloca as mãos nos bolsos, ele queria puxar assuto mais não sabia como.

(Elliot) a diretora e chata? Sabe, tipo aquelas velhas gordas, e tal - ele faz uma careta que faz Léo rir.

(Léo) não, ela até que é bem legal, conheço a lya, ela é a única diretora legal que eu conheço!

(Elliot) ah, tá, tomara, por que, nenhuma diretora e nem professora gosta de mim! - coça a nuca.

(Léo) por que? - fala intrigado.

(Elliot) sou muito chato! Eu encho o saco das professoras e professores, e sou cliente VIP da diretoria! - ele da um sorriso zombeteiro.

(Léo) entendi - ri - você me parece legal!

(Elliot) aparências enganam, se me conhecer melhor você vai querer me matar!

(Léo) séria impossível - ri.


Continua....


Notas Finais


Então pessoas gostaram ?vamos ter mais personagens mais mais tudo!
Vocês querem que eu continue?
BJS E TCHAU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...