História Jovens Titans - Fora de Série - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Asa Noturna, Garfield, Justiça Jovem, Novos Titãs (Teen Titans), The Flash
Personagens Asa Noturna, Ciborgue, Estelar, Mutano, Ravena, Terra
Visualizações 18
Palavras 1.802
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - Desilusões


Fanfic / Fanfiction Jovens Titans - Fora de Série - Capítulo 14 - Desilusões

Eu confesso, te amo em segredo."
-
-
-
MUNDO ALTERNATIVO, PÁTIO DE TREINAMENTO.

Estelar anda de um lado para o outro preocupada com a conversa que teve com Ravena.

*Eu deveria ter percebido desde o início, mesmo que ela tenha se afastado dele.. Eu não deveria ter visto ele além de um bom amigo.. *-disse em pensamento.

Dick a vê de longe e percebe seu nervosismo e preocupação.

*Eu preciso mantê-la feliz, mesmo com essa situação toda.. Eu não tive culpa, talvez eu tenha sido o culpado mesmo, não sei... Mas não posso vê-la nesse estado. *

Dick se vira e se assusta com Cyborg.

Dick - Cyborg, que susto..

Cyborg - Eu deveria me importar..?

Cyborg olhou para Estelar de longe, ela viu que Dick estava ali também, constatou que ele havia a observado. Ela se vira para longe e abraça seus joelhos.

Cyborg - Cara se continuar com essa mania, sua situação vai piorar.

Dick - Do-do que está falando?..

Cyborg - Você está matando essas meninas por dentro, deveria se envergonhar, ou no mínimo se afastar até saber o que é certo a fazer.

Dick - O que é você sugere? Por acaso quer que eu vá embora e a deixe?

Cyborg - A partir do momento que você as tratou com segundas intenções, você passou a ser o motivo mais importante da vida delas. Salvou a vida das duas e agora está fazendo com que se matem do pior jeito possível.

Dick - Talvez seja verdade.. Mas eu não..

Cyborg - Eu tô falando como seu amigo, não dê mais nenhum passo, a ponte está bamba prestes a cair, ou você toma cuidado...

Dick - Ou eu perco as duas..

Cyborg se retira, Dick olha para Estelar e se retira também.

Estelar olha para o céu, imaginando se desde o início fosse diferente. Ela avista uma pequena luz, ela estranha e se levanta para ver melhor. Ela decide voar para mais perto e cada vez mais ela vê uma luz que se transforma em várias estrelas brilhantes. Estelar estende sua mão para apanhar uma delas, porém, ela se engana e as luzes se escurecem. Ela fica sem reação e quando tenta fugir algemas galáticos prendem suas mãos. Ela voa o mais rápido possível para perto da Torre, Dick acaba vendo e junto com Cyborg tenta salvar Estelar.
Eram tamareanos que não deixaram de ganhar a disputa, Estelar quase consegue fugir até que Dick a vê e grita, infelizmente os tamareanos a veem e ela não consegue escapar.

Estelar - DICK!!!!!

Dick - ESTELAR!!!!

Estelar é levada embora.

MUNDO ALTERNATIVO, FLORESTA.

Ravena escuta um eco, era de Estelar, porém ela não ligou. Ela caminha mais um pouco e sente que alguém a persegue.

Ela voa, Garfield aparece e tenta achar ela, mas é surpreendido.

Ravena - O que você pensa que tá fazendo?

Garfield - Primeiramente, oi Garfield tudo bem? E segundo, nunca mais faça isso!

Ravena - Então nunca mais me persiga.. - disse meio com ar de competitiva.

Garfield - Então.. Você vai aonde?.

Ravena - Não é da sua conta.

Garfield - Escuta.. Acha que você pode sair por 6 meses, voltar como se nada tivesse acontecido, quase matar a Estelar e depois ir embora de novo?

Ravena - Er..Sim.

Garfield - Negativo!

Ravena - Antes que você vá embora finalmente, diga porque está aqui?

Garfield - Porque.. Porque sim! Devo te levar de volta.

Ravena - Ata... - disse indo embora.

Garfield - Garota, volte aqui agora mesmo!

Ravena - Desculpa papai.. Mas eu faço o que eu quiser.. - disse voando para longe.

Garfield fica no vácuo e decide seguir Ravena secretamente. No ar Ravena é surpreendida por Marceline.

Marceline - Oi.. Voando sem rumo.. - disse voando de costas.

Ravena - Tá bom.. Porque estão atrás de mim?

Marceline - O alface mutante eu Não sei.. Eu encontrei você por acaso.. - disse meia safada.

Ravena - Ah.. E pra onde está indo com um violão vermelho? - disse meio sarcástica.

Marceline - Se não tivesse se afastado tanto saberia que eu sou vocalista de uma banda agora. - disse convencida. 

Ravena - Uau.. Então além de tudo, você toca e canta.. 

Marceline - Mostraria pra você, mas tenho que poupar para a festa de hoje.. 

Ravena - Um.. sempre rolezeira.. 

Marceline - Mas é claro. É você, porque não vem comigo?.. 


Ravena - Eu sla.. 

Marceline - É melhor do que ser perseguida a noite toda por aquele idiota.. 

Ela aponta para baixo e Ravena o vê. 

Ravena - Er... Eu topo. 

Marceline - Boa escolha. 

Elas voam até a festa. 

MUNDO ALTERNATIVO, TORRE. 

Dick - Isso não pode tá acontecendo?! - disse andando de um lado para o outro. 

Cyborg - Cara, reclamar não vai adiantar nada. 

Dick - Será que você não entende??!! A Estelar foi levada sla pra onde! 

Cyborg - Uma hora alguém viria atrás dela.. Era esperado de acordo com a história dela. 

Dick - Mas o pior é que eu fui culpado... 

Cyborg - O pior mesmo.. É que não tem como você salvá-la sem ajuda. 

Dick - E quem iria me ajudar?.. 

Cyborg - Achei que seria óbvio.. Rachel. 

MUNDO ALTERNATIVO, FESTA. 

Marceline e Ravena se divertem muito, elas provam bebidas, tiram fotos e até dançam. Até que Marceline é chamada para ir ao palco. 

Marceline - Aí... Eu tenho que cantar pra esse povo.. Mas eu volto já. - disse empolgada é deu um beijo na mão de Ravena que estranhou. 

Marceline subiu ao palco. 

Marceline - Essa música vai para uma pessoa, ou meia pessoa que eu conheci a um tempo atrás.. Ela é muito descolada e acima de tudo.. Ela é única e com certeza se vocês a conhecessem como eu, jamais iriam sair de perto dela.. 

Ravena ficou nervosa. 

Marceline - Vamos lá acompanhem!.. 

---- Você é um mistério que ninguém nunca desvendou.. 
---- Você é o mundo que com certeza desabou.. 
--- É a coisa mais linda que já pude ver... 
--- Mas ainda falta algo, pra conquistar você.. 
--- Você me julga, me irrita, me evita.. 
--- O que você quer afinal?... 
--- Somos tão parecidas, sem almas com malícia.. 
--- Conexão surreal... 
--- Eu sempre serei rejeitada, mas acima de tudo, amarei você. 
--- E por mais que o tempo venha te levar... 
--- Estarei bem aqui... 

Ravena a ouvia e ficava nervosa, Marceline estava se declarando, algo literalmente complicado. Ela vai parar dentro da floresta, assim que Marceline percebe ela continua seu show meio decepcionada. 

Garfield - O que foi aquilo.. 

Ravena o percebe e o joga em uma árvore. 

Ravena - Olha aqui... É melhor você ficar de boca fechada! Não quero que ninguém saiba disso! 

Garfield - Ca-calma.. Eu não iria fazer isso, ao menos que me pedisse. 

Ravena o olha profundamente e o solta. 

Garfield - Vai sair assim de novo? 

Ravena - Porque não volta pra Torre e me deixa em paz? 

Garfield - Eu não volto sem você, mesmo que não goste de mim. 

Ravena - Eu não tô te ignorando por você.. É só que... - ela vira a cabeça e começa a lembrar de Dick. 

Garfield - Vem comigo... 

Garfield e Ravena vão até uma árvore perto do rio e começam a conversar. 

Ravena - Eu imagino como seria se não o tivesse conhecido, se eu morresse naquela noite, talvez eu não seria um peso.. Isso se ele ainda tem algum sentimento por mim.. 

Garfield - Acredito que se tivesse morrido, não teríamos nos conhecido, todos nós... Sem você, é igual um buraco negro como diria a Estelar... 

Ravena - Talvez não... Talvez você diz isso por ser um garoto idiota.. Um garoto idiota que derrete o coração por qualquer uma.. 

Garfield - Acredite.. Eu já passei por essa situação, mas eu nunca me fiz frio, os sentimentos por mais que não sejam correspondidos como queremos, eles são essenciais para tudo.. Não interessa quem os magoo.. Eles foram testados para serem de alguém que realmente vá valorizar eles para sempre.

Ravena - Como foi a sua experiência?.. 

Garfield - Bom... Tinha uma garota, loira, de lindos olhos azuis, brava mas um amorzinho quando estava bem.. Eu a conheci por acaso, ela estava voltando para o reino das rochas, nos conhecemos... A gente deu nosso primeiro beijo exatamente aqui... O problema que apesar de tudo.. Eu fui visitá-la e é parte estava com outro cara... - disse virando para o lado com a cabeça baixa. 

Ravena - Você ainda pensa nela não é?... - disse o olhando de trás. 

Garfield - Eu não vou mentir.. É sim.Terra era uma garota incrível... 

Ravena - Talvez não o suficiente pra reconhecer que o melhor ela perdeu.. - disse meia feliz. 

Garfield derrama uma lágrima e se vira para Ravena. 

Garfield - Mas e você?.. Qual é a sua com aqueles dois?.. 

Ravena - Dick... Ele... Ele fez a escolha dele, e está claro pra mim... Talvez eu tenha precentido que eu não deveria ter cedido aquela noite... Por causa dela... 

Garfield - E a chupa - chups? 

Ravena - rsrsrs, que apelido mais adorável. 

Ravena - Bom... Eu a conheci quando a verdadeira fera me atacou... Acontece que apesar de tudo, por mais que eu tente não machucá-la... Ela acaba se matando... Ela sabia na época que eu Dick éramos juntos.. Mas.. Eu sinto que ela está perto do que precisa, mas ela fica tentando justo comigo.. Ela é uma garota incrível e se eu fosse homem eu pegava, como diz ela... Mas talvez ela tenha que descobrir sozinha... 

Garfield - Bom... Quem não iria gostar de você?... 

Ravena - Como assim? 

Garfield - Sabe Rachel... Eu já disse antes que devemos guardar nossos sentimentos para as pessoas certas.. Desde que eu vi você.. Eu acabei tendo uma certeza... 

Ravena viu que os olhos de Garfield brilhavam falando aquelas palavras, ela estava no fundo do poço.. Depois de Dick e Marceline.. Ela teria Garfield.. Logo ele, o garoto que apesar de muitas vezes se manter por perto, fingia muito bem em frente as suas ligações COM Dick e se fazia presente nos momentos com Marceline. Como ela não notava? Era uma brincadeira boba ou uma boa mentira pedindo "Eu quero te fazer feliz como ele fez e te divertir como ela a fizera" 

Garfield se aproximava de seu rosto. 

Ravena - Bom... Tenho certeza de que você vai encontrar a garota certa... E como dizia... Apesar de tudo, eu não vou esquecê-lo... 

Garfield se sentiu tão pesado. 

Garfield - Bom... Vamos voltar para a Torre então?... 

Ravena - Tudo bem.... 

TORRE. 

Cyborg - Gar, Rachel! Ainda bem que chegaram! 

Dick aparece por trás. 

Dick - Precisamos conversar... 

Ravena o olha com cara meio triste meia brava. Garfield a olha e fica sério. 

 


Notas Finais


CONTINUA...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...