História Júlia e Infinite - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 4 - O ataque


Fanfic / Fanfiction Júlia e Infinite - Capítulo 4 - O ataque

POV’S Infinite on

Três meses depois que o Sonic e a Resistência nos derrotaram, eu e Infinite sumimos do mapa. Nos cantos escuros da cidade em recuperação, nós nos escondemos de quem podia nos querer mortos se nos achassem vivos. Júlia agora era considerada uma traidora, mas isso não a abala. Eu sei que posso sair das sombras, diferentemente de Júlia: eu perdi minha máscara logo após ser derrotado. Eu também posso sair da cidade, mas Eggman poderia estar atrás de nós, afinal, Júlia ainda tem o Rubi Fantasma dele. Nós só saíamos de nossos esconderijos à noite, quando tudo estava escuro o suficiente para nos escondermos.

Um dia, nós estávamos andando entre os prédios, e de repente, sirenes começaram a chegar perto. Nós saímos correndo, e elas começaram a ficar cada vez mais altas. Nós subimos em um dos telhados usando a escada, e olhamos em volta, e achamos as luzes azuis e vermelhas que estávamos procurando. Os policiais estavam correndo até onde os dois estariam se ainda estivessem no mesmo caminho. Então, nós olhamos novamente para as luzes, e vimos elas indo para onde estávamos, e sabíamos que se não saíssemos, seriamos pegos. Nós pulamos de prédio em prédio, mas chegou uma hora que chegamos em um beco sem saída.

Policial: Infinite o Chacal e Júlia, não se mexam! Coloquem as suas mãos no ar!

Júlia (cochichando): (Olha para o lado e depois para Infinite.) Vai. 

Eu olhei para a parede, e vi uma escada.

Infinite: Mas e você!?

Júlia: Vai!

Eu corri para as escadas e subi correndo, e ouvi um rugido alto. Quando olhei para trás, vi um monstro de fumaça negro atacando os policiais. Eu saí pulando de prédio em prédio, e conforme fui passando, vi vários carros de policia detonados, e vários corpos de policiais no chão. Depois de uma semana fugindo da polícia e nos escondendo, nós chegamos no laboratório do Doutor.

Eggman: Júlia, Infinite, que surpresa ver vocês aqui. Agora, saiam!

Infinite: O quê?

Eggman: É isso mesmo que vocês ouviram. Saiam daqui! Eu não preciso mais de você- (Júlia agarra a parte esquerda do bigode de Eggman e o joga no chão.)

Júlia (pisando nas costas de Eggman): Não. Nós não demoramos oito dias para chegar aqui para depois sermos chutados para fora. Eu matei trinta policiais e tivemos que enfrentar o Sonic para chegarmos aqui, então você não vai nos expulsar daqui.

Eggman: T-tudo bem! Eu deixo vocês morarem aqui!

Júlia: Foi o que eu pensei. (Levanta Eggman usando sua magia.) Ah, e nem perca tempo chamando seus robôs, meu Rubi Fantasma ainda funciona.

POV’S Júlia off

Quebra do tempo

POV’S Infinite on

Eu acordei depois de ter um pesadelo, saí do meu quarto e vi o Doutor conversando com a Júlia, o Metal Sonic e o Portal, um robô que ele inventou. Ele é parecido com o Sonic, mas a parte branca dos olhos é preta, a parte central do corpo é rosa, ele tem dois parafusos gigantes nas bochechas, e os tênis dele são roxos.

POV’S Infinite off

POV’S Sonic on

Eu estava correndo por aí, e pensando na Júlia. Já faz cinco anos desde que ela partiu meu coração, foi para o lado do Eggman, e sumiu junto do Infinite. Então, eu rapidamente parei quando vi fogo.

Sonic: Um incêndio!? É a cidade!

Júlia: É sim, Sonic. Tudo graças a eu e os outros... estamos tomando esse mundo para nós mesmos.

Sonic: Jú! Você tá bem!

Júlia (com voz fria): E aparentemente você também está ótimo.

Sonic: (Chacoalha a cabeça.) Mas você só incendiou a floresta. Como isso indica que vocês vão dominar o mundo?

Júlia: Ah, isso é só uma demonstração de nosso poder... (O Rubi Fantasma dela brilha.)

! O Rubi Fantasma!

Júlia: Nós vamos queimar o resto do mundo e dominá-lo. Mas para que isso aconteça... primeiro você tem que morrer.

Sonic: Jú, você tem que sair dessa! Esse rubi tá te controlando!

Júlia: ...

Parece que eu não tenho escolha... eu ataquei Júlia com um Spin Dash, mas ela bloqueou com a espada dela. Ela me atacou sem dó, a menina que eu antes conhecia sumiu agora. Ela me cortou várias vezes, e eu quase não conseguia me levantar.

Júlia: Infelizmente, eu tenho que me livrar de você... mas antes... eu acho que vou brincar mais um pouco... (Sonic, no chão de barriga para baixo e com o olho esquerdo fechado e com a bochecha e luvas direitas com sangue olha para ela.)

Infinite: JÚLIA!

Ela olhou para o lado, e viu o Infinite.

Infinite: Nosso trabalho aqui acabou. Vamos embora.

Júlia: Hmph. (Olha para Sonic antes de sair flutuando.)

Eu me levantei com muita dificuldade, e andei até a oficina do Tails lentamente, e sentia lágrimas caindo no meu corpo todo cortado enquanto andava. Lá, ele chamou uma ambulância e eu fiquei internado no hospital, já que os cortes eram muito fundos.

POV'S Sonic off



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...