1. Spirit Fanfics >
  2. Jung Hoseok - Colega de Quarto >
  3. Netflix, Não foi Dessa vez

História Jung Hoseok - Colega de Quarto - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Oi pessoas, tudo bem?

Não tenho o que dizer mas, desculpa os erros e boa leitura.
🌻♥

Capítulo 6 - Netflix, Não foi Dessa vez


Fanfic / Fanfiction Jung Hoseok - Colega de Quarto - Capítulo 6 - Netflix, Não foi Dessa vez

Coloquei a senha da porta do apartamento e na outra mão estava uma sacola com pão ocidental. Comi kimchi na companhia do incrível Taehyung. Não sei o porque mas eu fiquei tão solta perto dele. Conversamos sobre sua família, sobre a minha, e descobri que eles tem 24 anos. 

Sinceramente, de minha parte, desconfiava de que ele tinha apenas vinte.. seu rosto era tão jovem. Não que ele não seja, mas ele aparentava ser mais. Tiro meus sapatos, pois sei que é costume fazer isso aqui na Ásia, e também seria falta de respeito com Hoseok, mesmo que ele tenha isso comigo.

— Cheguei. — Falo baixo, esperando que Hoseok não esteja em casa.

— Onde foi? — O olho e o mesmo estava sentado no sofá com o celular nas mãos.

— Bom dia. Foi lá embaixo comprar algo. Aproveitei e já tomei meu café da manhã la.

— Conheceu Tae? — Ele se levanta vindo até a mesa onde coloquei a sacola.

— Sim. Ele é seu amigo? — Abri a sacola lhe dando visão do que comprei.

— Você comeu isso lá embaixo? E como pagou?

— Bem... Taehyung disse que seria por conta da casa, ja que sou nova aqui.

Hoseok ficou calado e se sentou. 

— Quer que eu faça café?

Ele acsente com a cabeça e eu faço o mesmo depois. Procuro nos armários uma panela e o coador.

— Onde... — Me viro e encaro seu corpo que estava em frente ao meu, se esticando para pegar a panela no mais alto armário, que com certeza eu não alcançaria.

Meu rosto queimou naquele momento, que me deu a visão de seu pescoço lindo e aquela boca maravilhosamente desenhada. Uma das mãos dele pegou a panela enquanto a outra estava encima da pia ao lado de meu quadril. Prendi a respiração quando ele pousou a outra do outro lado de meu corpo, colocando a panela na mesma. 

Seus olhos estavam me encarando de uma maneira que não tinha visto ainda. 

— Por que está vermelha?

Ele se aproxima mais de meu rosto com um sorrisinho em seus lábios, me provocando a ficar mais ainda.

— Eu... 

Tampo meu rosto com as mãos, sem olhar mais em seus olhos. Admito que isso foi difícil. Meu coração estava batendo como um tambor e minha respiração ofegante. Como ele podia me deixar desse jeito, só de chegar perto? Eu sei, ele é lindo, gostoso e tem uma boca que... Mas! Ele é um sem graça que prefere a companhia do seu gato do que a minha, com certeza!

Não posso me apaixonar assim tão rápido, tenho o Taehyung para me fazer melhor todas as manhãs!

Quando tiro a mão do rosto ele ainda estava ali, mas foi se afastando e depois se sentou na cadeira. Me viro imediatamente de costas e coloco a água na panela ligando k fogão.

— Eu já volto! 

Corro para meu quarto fechando a porta e dando um enorme suspiro. Meu Deus! O que foi isso??!

14:26PM

Hoseok havia saido. Avisou que voltaria quase na mesma hora de ontem e afirmou ir sair com seu amigo, o mesmo de ontem. Será que esse amigo era o Taehyung? O acontecimento de mais cedo na pia não saía de minha cabeça.

Noi saiu do quarto de Hoseok onde passava a maioria do dia miando e me olhando. Lembrei que tinha que colocar sua comida. Droga, justo quando estava evitando aquela maldita pia! Vou até lá devagar e abro o armário de baixo com meu rosto vermelho.

— Por que estou assim! Ele só chegou perto e pegou a panela, nada de mais! 

Puxo de uma vez o pacote de ração e vou até o quarto de Hoseok. Não tinha percebido da última vez, mas era um pouco sem graça seu quarto. Tinha pouca iluminação, a cama também era de casal, só que com excesso de travesseiros. A porta da sacada era fechada e tampada com uma cortina cinza assim como o pano que forrava a cama.

O seu closet era grande e as portas eram de correr com um grande espelho. Que sorte a dele acordar e ver aquela maravilha todas as manhãs. Seu cheiro inebriante estava espalhado por todo o cômodo e me fazia soltar suspiros. 

Por que estou assim? Será que estou gostando do meu colega de quarto? Isso é um absurdo, não posso! Me abaixo e ponho no potinho de Noi sua comida. Em seguida, vou rapidamente pegar um copo de água e coloco a mesma no outro. Deixo a porta do quarto entreaberta para caso Noi queira sair de la e me sento no sofá.

Pego o controle que estava na mesinha de centro e ligo a TV. 

— Tem Netflix pelo menos.

Me levanto e procuro no armário milho de pipoca. Escuto a porta bater e vou até ela. Olho pelo olho mágico, uma menina muito bonita. Seu cabelo era castanho claro e tinha os olhos escuros. Estava com uma blusa verde um pouco folgada, um short jeans e uma bolsa de couro em seu braço. Segurava em sua mão um copo de café talvez, com um canudo (foto da capa).

Abro a porta um pouco incomodada, quem é ela?

— Oi... — Digo e ela me olha com as sombrancelhas levantadas de espanto.

— Quem.. você é? 

 

 

 

 

Continua?


Notas Finais


E ai, gostaram? Obrigada por estarem lendo!
Até a próxima.
🌻♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...